História Meus Demônios - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 9
Palavras 1.919
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Magia, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - O começo: Nova missão


Desde a eternidade, seres humanos acreditam que de alguma forma, independente de qual, existe seres divinos olhando, cuidando e influenciando suas vidas, mesmo que com exceções, anjos e demônios vagam para todos os lados, Taehyung, anjo destinado, influencia a vida de inúmeros humanos sempre disposto a fazer o seu melhor, o anjo é alegre e brincalhão, apaixonado por todos os seres vivos, amador da mente e dos sentimentos humanos, uma nova missão é entregue.

Cantarolando alguma canção pop popular entre os humanos, Taehyung caminhava até o vestiário, teria uma nova missão e estava mais que animado, com seu traje de cor clara o anjo contava os passos até o anjo guia;

“Cupido”

Confuso, Taehyung sorriu sarcástico.

“Cupido?” - encarou o anjo guia” Tem certeza?”

“Sim” - Sungjin sorriu calmo, mostrando apoio ao amigo.

“Quem são?” -Taehyung perguntou sobre o casal.

“Jungkook e Jimin, amigos desde infância, Jungkook é apaixonado por Jimin há um tempo, já Jimin… Bom, há algo nele” -Sungjin explicava calmo.

“Algo?” -Perguntou confuso.

“Não sabemos, apenas você pode mexer nos fios”

“Obrigado, farei o meu melhor” -Continuou sorrindo enquanto olhava a cidade de cima, libertou suas asas e voou até a cafeteria onde os amigos conversavam animados.

“E aí o namorado dela era gnomos! Gnomos! Eles precisavam de uma nova rainha e então se juntaram para fingir ser um humano, depois que ela descobriu isso não aceitou o pedido de casamento, claro, mas o gnomos começaram a atacar ela, e então o irmão dela apareceu para salvá-la! Sério, Jungkook, você precisa ver!” -Jimin explicava animado sobre o desenho que assistiu na noite passada fazendo movimentos com os braços para que o amigo pudesse imaginar melhor, enquanto isso ele estava com a cabeça deitada em sua mão sorrindo bobo para o amigo.

“Parece que você realmente gostou desse desenho!” -Jungkook finalmente disse algo e tomou seu café.

“Eu amei! É simplesmente genial!” -Se empolgou mais uma vez “Poderíamos marcar de assistir juntos, o que acha?” –Propôs.

“Acho uma boa ideia, que tal hoje à noite? Você pode dormir lá em casa “-Sugeriu baixo com medo do amigo negar.

“Perfeito, mas agora eu preciso ir, estou atrasado para a aula, te vejo hoje à noite!”-Pegou sua mochila e saiu apressado.

Jeon respirou fundo, se sentia nervoso perto do amigo, não sabia se algum dia teria uma chance, mas estava disposto a tentar.

Após alguns minutos Jungkook se encontrava mais nervoso que o normal, fazendo planos para a noite e foi o sinal da faculdade que o despertou, recolheu suas coisas e caminhou até a sala de aula.

Ao final da tarde, encontrou Namjoon na saída que lhe desejou boa sorte.

"Não faça nada você normalmente faria “-Aconselhou o amigo.

"Obrigado pelo apoio Hyung, mas eu não sou tão ruim assim “-Jungkook disse frustrado.

“Como conseguiu chamar ele para passar a noite na sua casa?” -Perguntou curioso ”O Jungkook que eu conheço não teria coragem”

“Acho que não posso ficar nessa por muito tempo, sei que talvez ele não goste nem um pouco de mim da forma que gosto dele, mas não aguento mais guardar isso, ele precisa saber como me sinto.”

“Eles crescem tão rápido…” -Namjoon fingiu chorar.

Ao chegar em casa avisou seus pais que Jimin dormiria ali aquela noite, os mesmos apenas sorriram.

A campainha tocou e Jungkook sentiu seu coração pular uma batida.

“Eu atendo!” -Gritou do andar de cima, descendo as escadas correndo.

Respirou fundo e abriu a porta, Jimin segurava um travesseiro e sorria largo

“Oi, entra” - Suas mãos suavam frio.

“Obrigado.” Se aproximou de Jungkook e logo a Sra. Jeon apareceu para cumprimentá-lo. “Boa noite, Sra. Jeon “-Sorriu tímido.

“Boa noite, querido, por favor não precisa de formalidades “-Sorriu- “Venha o jantar está quase pronto ”-Entrou na cozinha, deixando os mais novos sozinhos.

“Não está muito diferente desde que éramos pequenos “-Jimin olhava ao redor da sala.

“É... Já faz um tempo”

Taehyung se divertia com os sentimentos de Jungkook, o garoto parecia explodir de nervosismo e ali seu trabalho não pareceu tão complicado como pensou que seria, Jimin tinha uma amizade forte com Jungkook e não seria difícil aproximar os dois.

“Park Jimin! Quanto tempo!” - Sr. Jeon abriu um largo sorriso ao ver o amigo do filho.

“Boa noite Sr. Jeon “-Retribuiu o sorriso.

“Por favor, Jungkook, ajude Jimin com suas coisas e desçam aqui para jantar.” Disse ao filho que assentiu e pediu para que o amigo o acompanhasse até o quarto.

Jimin estava tão ansioso quanto Taehyung para ver o quarto de Jungkook, ali o anjo poderia sentir vibrações, ligações e traços do garoto através de seus pertences e assim que a porta se abriu ambos aproveitaram cada parte para explorar, Taehyung sentia boas vibrações com as figures actions, diversos sentimentos em sua prateleira de livros, principalmente em uma pilha específica de cadernos em sua escrivaninha.

“Wow, seu quarto é lindo “-Elogiou Jimin assim que entrou e colocou suas coisas na cama do amigo,  olhava cada parte do quarto do garoto, até suas fotos penduradas onde Taehyung conseguiu sentir laços de Jungkook.

“Não é grande coisa “-Disse envergonhado.

“O que são todos esses?” -Perguntou se referindo aos muitos cadernos de desenhos que estavam arrumados cuidadosamente em sua mesa.

“Ah... São apenas desenhos"

“Posso ver?”

“Claro “-Hesitou

Taehyung se sentou ao lado de Jimin na cama do garoto e ali ficaram impressionados com as habilidades de Jungkook, o amigo passava as folhas cada vez mais admirado, até chegar em um desenho específico, que chamou a atenção dos dois

“E o que é esse?” -Virou o caderno para o amigo parado na porta que logo correu para tirar o caderno das mãos de Jimin “Não seja bobo Jungkook, está lindo”

“Não era para você ver esse “-Colocou o caderno de volta à mesa.

“Por que não? Eu já sabia que sou um belo modelo” -Riu

“Venha, meus pais estão nos chamando “-Mudou o assunto e puxou o amigo para fora do quarto.

“Eu não ouvi nada” -Riu mais uma vez do desespero do amigo, assim como o anjo.

Reunidos a mesa, Jungkook não podia estar mais nervoso ainda, seus pais não paravam de puxar assunto com ambos e Jimin estava se divertindo. Não parava de se questionar sobre a ideia de tê-lo chamado para dormir em sua casa, não depois do ocorrido em seu quarto, tinha o hábito de desenhá-lo, mas nunca pensou que ele veria algum.

“Então Jimin, o que está cursando?” -Sr. Jeon perguntou ansioso para a resposta, não o via há tempos.

“Administração “-Sorriu.

“Jura? Isso é ótimo!”

“Sim, eu estou no terceiro ano, mal posso esperar para começar a trabalhar nessa área!” -Respondeu animado enquanto Jungkook apenas observava a conversa.

“Jungkook sempre fala de você, deveria dormir aqui mais vezes!” -Sra. Jeon disse animada.

“Sério?” -Jimin perguntou sorrindo e encarou o amigo ao lado que mantinha a cabeça baixa.

“Eles estão exagerando” -Riu nervoso.

O jantar passou com mais conversas que Jungkook gostaria que nunca tivessem acontecido, e após ajudar sua mãe com a louça subiu para o seu quarto acompanhado de Park que se divertia cada vez mais, poder saber mais sobre Jungkook era algo que Jimin sempre quis, depois que voltou para Seul estava ansioso para reencontrar o amigo e descobrir o que tinha feito todo esse tempo, e para sua surpresa Jungkook se fechou e se tornou ainda mais tímido.

O anjo estava fascinado pelos dois, tinham uma ligação especial, algo puro e admirável, mas ao procurar por mais fios, Taehyung achou algo incomum, o fio vermelho não estava conectado em Jungkook, Jimin não estava destinado ao Jungkook, o anjo encarou aquilo confuso, como assim não estavam destinados? Tempo depois de conferir que o fio no mindinho de Jimin não estava no de Jungkook decidiu procurar então nos fios do mais novo, o fio de Jeon também não estava ligado em Jimin, Taehyung seguiu o fio e ao se virar não o viu mais, a ligação sumiu, já a de Jimin continuava o caminho para algum lugar, mas o de Jungkook… Quem estava destinado ao Jeon?

"O que está fazendo?"-Jimin perguntou quando percebeu que Jungkook arrumava travesseiros e cobertores em um colchão no chão.

"Arrumando onde vou dormir, você pode dormir na minha cama “-Respondeu óbvio sem tirar a atenção do que fazia.

"Jungkook, não precisa disso, sua cama é do tamanho perfeito para nós dois. “Disse deitando na cama do amigo de forma espaçosa.

"Não seja bobo, não tem espaço para duas pessoas aí"

"Então acho que terei que dormir colado em você"-Riu ao perceber a expressão do amigo.

"Você tem certeza?"-Perguntou ainda com medo da ideia.

"Não seja bobo, Jungkook, somos amigos, não somos?"-Se sentou na cama encarando o amigo.

"Somos"

"Então deite aqui comigo, vamos assistir um filme!"-Jimin sugeriu

"Que tal assistirmos aquele desenho que estava me contando mais cedo?"

"Ótima ideia!"

Taehyung observava tudo atentamente, a forma como Jimin conversava com Jungkook, tudo era muito real, por que não eram destinados?

O anjo estava distraído com o desenho, e o futuro casal também, se não fosse por Jungkook continuariam ali o resto da noite e madrugada.

"Jungkook-ssi, esta tarde e amanhã temos aula “-Disse assim que acabou o episódio fazendo o amigo arrepiar com o apelido.

"Não podemos ficar mais um pouco? Só mais um episódio…"-Pediu manhoso

"Desculpe, se eu chegar atrasado amanhã Yoongi Hyung me mata"-Riu ao pensar no amigo de faculdade.

"Yoongi? Pensei que vocês não conversavam mais…"-Se ajeitou na cama e encarou Jimin que pensava sobre o assunto

"Não é tão simples assim…"-Hesitou olhando para baixo “Ele não é tão simples…"

"O que você quer dizer?"

"É difícil explicar, eu e ele somos amigos, em três anos nos tornamos muito próximos, ele confia em mim, assim como confio nele, mas às vezes ele parece distante e às vezes ele simplesmente não fala comigo, eu queria poder me aproximar mais e ajudá-lo “-Encarou Jungkook “Sei que a vida dele é ocupada e que passou por muita coisa, mas isso não vai me impedir de entrar na vida dele e espero que ele se esforce tanto quanto eu…"-Terminou e percebeu que Jungkook estava de cabeça baixa expressando tristeza “O que foi, Kook?"

"Nunca terei chance, não é?"-Perguntou ainda cabisbaixo.

"Hum?"

"Eu não terei chance com você, não é Jimin Hyung?"-Encarou os olhos confusos do amigo enquanto uma lágrima caía sem sua permissão.

"Jungkook, o que você está dizendo?"-Perguntou ainda confuso.

"Eu devia saber"-Riu triste não conseguindo encará-lo-"Eu deveria saber que nunca teria chance com você Jimin Hyung, todo esse tempo esperando você voltar para Seul, esperando poder reencontrar você e dizer não só que senti sua falta, mas que me permiti amar alguém que não sente o mesmo, me desculpa Hyung. “Escondeu o rosto inchado com as mãos já não conseguindo segurar as lágrimas então se permitiu chorar até que o nó em sua garganta sumisse.

O anjo apenas observava a confissão de ambos, não poderia fazer nada, estímulos, sensações, nada mudaria o que Jungkook estava sentindo, Taehyung sem perceber se aproximou do mais novo e tocou seu ombro tentando consolar, mesmo sabendo que Jungkook não veria, nem sentiria, mas antes que percebesse já estava tentando ajudar e ali estava o fio vermelho, no mindinho de Taehyung, o anjo então ao perceber o fio em seu dedo logo se afastou, o que aquilo estava fazendo ali? Ao acompanhar o destino do fio se afastava aos poucos, assustado, mas em segundos achou o fim no dedo de Jungkook.

Jungkook estava destinado ao anjo, e o anjo a Jungkook.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...