1. Spirit Fanfics >
  2. Meus dias >
  3. Max

História Meus dias - Capítulo 13


Escrita por:


Capítulo 13 - Max


Fanfic / Fanfiction Meus dias - Capítulo 13 - Max

Esse é meu dog, Max!

Max, nasceu no dia 31 de dezembro de 2016


Ele é carinhoso, mas as vezes me arranja sem querer por causa das unhas dele que são grande pra PORH ;-;

Ele nunca saiu de casa, mas eu quero soltar ele por aí... Num quero mais por causa do coronavirus.

Max é bem teimoso, só quer brincar, mas quando ver uma pessoa que nunca viu só para de latir se mostrar água pra ele.

Se eu tivesse um sítio, juro que teria tanto animal lá que dava pra dizer que era zoológico. Max com 3 anos, tá desse tamanho, ele tem um irmão minutos mais velho porém, ele é cinza.

E se chama lampião, faz muito tempo que não o vi. Lampião já nasceu bravo, mordia todo mundo, só vivia estuprando minha perna, porém, as vezes ele era carinhoso. Lampião num tinha medo de nada, só queria morder, ao contrário de Max que tem medo até do próprio reflexo. 

Peguei um espelho pequeno pra ele, e o coitado saiu na maior carreira com medo após ver o próprio reflexo. Ele tem medo até de celular.

A raça desses dog é caçador, Max já caçou um Timbu! 

As vezes quando está em tempo de festas, fica tendo os fogos de artifício, que dá dó de ver meu dog com medo.

Já faz tempo que num teve chuva aqui, e teve um dia que choveu muito que parecia que a casa ia cair. Aí, fui ver meu dog e lá estava ele... EM CIMA DO DIABO DA PRATILHEIRA! Mano, meu currículo trancou! Fiquei com um medo tão grande de aquela pratilheira cair e ele se machucar.

Na primeira vez que mainha comprou biscoito pro meu cachorro, parecia que eu tava ganhando um cachorro pela primeira vez. 

Eu tava assim oh:

"Mãe.... A SENHORA VAI COMPRAR O QUE ESTOU VENDO MÃE?!.... Me sinto orgulhosa! Estou orgulhosa de ti mãe!"

Quem me deu Max, foi meu pai. Nuncae senti tão feliz, Max é meu melhor companheiro nessa casa.

Aliás, antes de eu ter Max, teve uma época que eu tive outro cachorro, que morreu com 16 anos aproximadamente.

O nome dele era galego, toda vez que olho pra Max, eu me lembro de galego. Aí vc pergunta pq... Por que, os dois são iguais. As vezes chamo Galego em vez de Max. 

A única diferença é que, Max tem uma pinta no pescoço, Galego tinha uma pinta na cabeça que nem Lampião.

Galego foi meu primeiro cachorro, me lembro muito bem do dia que eu ganhei ele... Eu era ainda um bebê/criança! Eu tinha uns 3 ou 4 anos por aí, e fiquei me escondendo atrás de meu irmão, pois era minha primeira vez vendo um cachorro. Quando ganhei Galego, ele já era grande, ganhei de meus avós... Nesse dia, galego ficava me cheirando, e balançando o rabo todo animado, foi ao que nos tornamos amigos.

Eu era a única, que conseguia colocar coleira nele, eu vivia a maior parte de meu dia com ele.

Era um tempo, que eu amava. Hoje dia, ele não está mais entre nós porém, ele foi enterrado no meu quintal perto de uma árvore.

Hoje em dia, eu fico só com Max.... Enfim, Historia de meus cachorros :D

Depois conto sobre Nino



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...