1. Spirit Fanfics >
  2. Meus dois namorados - (NCT127) >
  3. Teste de DNA.

História Meus dois namorados - (NCT127) - Capítulo 25


Escrita por:


Capítulo 25 - Teste de DNA.


                                                 Jhonny Seo


Eu adorava passar meu tempo com a Bony. Ela tinha uma vibe tão natural, um sorriso bonito e solto e o assunto fluía de forma perfeita com ela. Mas nesse momento todo o nosso clima estava indo por água abaixo, Bony tentava puxar um assunto e outro e eu tentava dar continuidade a conversa mas Sorn parecia totalmente desconectada ao nosso mundo. Ela olhava em volta desconfortável como se quisesse descobrir um modo para fugir. 

Isso não me deixava surpreso em vista que ela sempre arrumava um modo de me evitar, mas eu nunca entendia o real motivo disso. Sorn sempre disse e afimou o quanto gosta de mim e de ficar comigo, mas no último mês inteiro ela tem estado estranha. 

Fiz um carinho em suas costas tentando faze-la relaxar, Sorn me olhou e lançou um sorriso rápido e eu sorri de volta. Bony ficou parada nos olhando, ela tinha uma expressão de curiosidade e confusão em seu rosto. Eu nunca imaginei que as duas fossem amigas. Tinha perdido o contato de Bony e so voltamos a nos falar a alguns dias e Sorn nunca me disse absolutamente nada sobre Bony. 

__Como vocês se conheceram? - Bony perguntou bebendo seu café, o assunto ja tinha sido perdido naquela altura do campeonato. 

__Bom, eu estava fotografando alguns pássaros na rua, o dia tava frio, nublado e bonito e minha câmera focou nessa coisinha linda. Eu me encantei e cheguei junto - Falei descontraído arrancando um sorriso de Bony, mas Sorn cotinuou séria pensativa. Eu ia continuar a história quando Sorn se levantou em um solavanco e meio desajeitada arrumou as pressas sua blusa. 

__Eu preciso mesmo ir agora, não estou me sentindo muito bem - ela passou uma mão no rosto como se limpasse um suor não visível e de prontidão me levantei também.

__Ta tudo bem? Quer que eu te leve em casa? 

__Não Jhonny - ela negou parecendo agoniada e por alguma razão segurou a barriga e fez uma careta atraindo a atenção de Bony também.

__Sorn, deixa o Jhonny levar você em casa, isso que você está sentindo pode ser ruim pro bebê. 

Arregalei os olhos e olhei para o rosto de minha amiga depois encarando Sorn que parecia petrificada no lugar. Bony parecia tão alheia a minha surpresa pois sua frase saiu de forma tão inocente. Mas eu não conseguia entender muito bem o que estava acontecendo ao meu redor.

__Bebê? - Minha voz saiu mais alta que eu esperava, minha dúvida estampada em minha voz. Bony se dando conta e parecendo chocada, colocou uma mão na boca e como se tivesse cometido um pecado se desculpou.

__Me..me desculpa eu..eu Não sabia que você não sabia, ai meu deus, Sorn me desculpa mesmo, não foi por mal.... 

__Sorn, da pra me explicar isso? - falei ignorando todas as palavras de desculpas de minha amiga - Você ta grávida e nem me disse. Eu pensei que tinhamos alguma coisa...

Sorn como se acordasse de um pesadelo passou por mim e deu passos apressados para fora da lanchonete, meu primeiro impulso foi ir atrás dela. Passei pela porta e chamei seu nome, mas a única coisa que via era seus cabelos loiros balançando contra o vento como se estivesse fugindo de um criminoso. Meu casaco foi puxado me fazendo parar, atrás de mim tinha uma Bony com as bochechas vermelhas e ofegante. Ela levantou a mão pedindo para que eu esperasse ela se recuperar. Sorn ja não era mais vista e eu suspirei. 

__Jhonny - Ela disse num fio de voz se inclinando para a frente numa tentativa de respirar. Me senti culpado e segurei seus ombros a guindo até um banco que tinha ali perto. Bony se sentou e gesticulou coisas que eu não consegui compriender até falar - Eu pensei que você soubesse.

__Que ela está grávida? Não, eu realmente não fazia idéia..Droga. então foi por isso que ela mudou tanto esses dias - Falei desanimado. Bony pareceu pensar por breves segundos.

__Tem certeza que não é o pai? - Ri em descrença

__Eu não sei nem com quantas semanas ela está.  Ela não me disse nada Bony - Falei ainda mais indignado. 

__Ela está com 3 meses. Estavamos conversando sobre isso antes de você chegar. Ela me disse uma história de que o pai não queria assumir mas ja tinha resolvido isso com ele. 

__Como é? O pai não queria assumir? Essa criança não é minha então. Ela nunca chegou a falar a palavra "grávida" perto de mim - Balancei a cabeça cada vez mais inconformado. Bony ficou calada me observando.

__Está triste? - Sua pergunta me fez suspirar.

__Na verdade, nem tanto. Eu so estou chateado, ela não teve a decência de vir até mim e dizer "Olha, eu estou grávida e o filho não é seu então não podemos ter mais nada" eu vim aqui e fiquei feliz em ve-la pagando papel de otário. O pior de tudo é que, estamos juntos a quase 5 meses, se ela tivesse dito que esse filho é meu eu teria acreditado. - Bufei.

__Você não é o único que vem se sentindo decepcionado com a Sorn. Muitas coisas aconteceram entre nós duas - ela começou a falar e eu me sentei ao seu lado. Fazia frio então, tirei um dos meus casacos e dei a ela ja que ela não usava roupas que esquentavam tanto. 

__O que rolou? - Bony deu um longo suspiro e encarou o chão. 

__Nós eramos muito próximas. Aquele clichê de melhores amigas que nunca se desgrudam mas....ela se afastou gradativamente conforme eu fui ficando mais próxima dos meus namorados. Tudo começou porque ela era amiga deles e foi assim que nós conhecemos. Ela me deu vários conselhos para não me envolver com eles e eu pensei que ela estava exagerando sabe? Mas eu percebi como ela se sentia incomodada sobre meu relacionamento com os dois....e ficava ainda pior quando o assunto era Jaehyun. Então ela parou de falar comigo de vez de uma hora para a outra.

Eu prestava atenção nas coisas que Bony dizia, olhando seu rosto tristonho e fiz um carinho na lateral de seu rosto. Ela fechou os olhos dando um risinho e segurou minha mão mas me assutei quando ela me encarou com seus olhos abertos. 

__O que foi? - perguntei assustado. Ela parecia está vendo coisas além do que eu podia ver pois seus olhos estavam perdidos, Bony se levantou do banco e andou de um lado para o outro parecendo chocada - Você ta me assustando. 

__Jhonny, uma coisa acabou de me vim a mente...e ela não é nada legal. 

Depois disso nos saimos juntos. Fomos em um café e passamos a noite toda conversando e eu descobri coisas através de Bony, assim como ela descobriu coisas através de mim. Ela me falou tudo o que aconteceu na amizade dela com Sorn e seu comportamento suspeito e eu falei como a conheci e como ela agia estranho as vezes e chegamos a uma conclusão; que não tinhamos certeza, mas que machucava muito nós dois. 


                                             Jung Jaehyun


Estava arrumando algumas coisa do trabalho. Joguei uma das peças de moto no fundo da oficina e sequei o suor na testa. Fazia um tempo que o trabalho não ocupava minha mente desse jeito, eu adoro trabalhar com motos e isso me deixa mesmo satisfeito. Meu telefone tocou em cima da mesa ao lado de varias ferramentas e óleos de motor. Quando peguei o mesmo o nome de Sorn piscava na tela e eu quase revirei os olhos. Joguei o celular na mesma denovo e ignorei totalmente a existência dela. 

Após tirar o macacão sujo e pegar minhas coisas fui direto para meu apartamento e de Taeyong. Considerando que as coisas entre nós já não estavam mais tão boas eu pensava em logo alugar um lugar para eu ficar. Bony voltou mudada e eu sabia que ela não iria ficar mais com nós dois.

Mas isso não significa que eu vou desistir fácil. 

Abri a porta do apartamento, imaginei que estava vazio pois a essa hora Taeyong estava no trabalho mas dei de cara com minha linda Bony sentada no sofá, assistindo a TV confortável. Suas pernas pequenas e rechonchudas cobertas por uma coberta e seu cabelo arramado. Não sabia o que ela fazia aqui, mas me fazia bem ve-la. 

__Oi - ela disse sorrindo - Não queria ficar sozinha no meu apartamento. Acho que desaprendi a fazer isso. 

__Tudo bem, você sabe que pode ficar aqui o quanto quiser - Me sentei ao seu lado ousei a fazer um carinho com meus dedos em seu rosto. Afastei uma mecha de cabelo a colocando atrás de sua orelha e dei um beijinho em sua buchecha. 

__Eu falei com Sorn Hoje. 

Sua frase me desestabilizou totalmente, minha calmaria foi para o espaço e em questão de segundos meu coração começou a bater forte. Bony me encarou, ela parecia estudar minha reação e eu engoli em seco tentando me normalizar denovo. 

__Nossa, sério?  - falei parecendo indiferente - Faz tempo que não falo com ela - menti na cara dura. Bony se remexeu e ficou de frente para mim. 

__Sério? Você acredita que ela me disse que está grávida? 

Estalei meu pescoço ainda mais nervoso e me levantei do sofá ficando de costas para ela. Eu sentia um suor fino aparecer em minha testa e apoato tudo que estava evidente. Abri a geladeira e fingi procurar algo ali dentro.

__Caramba, que doidera. Nunca imaginei que ela engravidaria tão nova. 

__Pois é - Ouvi sua voz ao longe - O pior...foi o que aconteceu hoje. Descobri que ela e meu amigo Jhonny tem ou tinham um rolo e ele não sabia da gravidez dela. 

Isso sim me chamou a atenção, fui até perto de Bony de novo, agora super centrado em que ela dizia. 

__Ele não sabia? Porque ela não contou? - perguntei mais interessado do que deveria.

__Eu não sei. Ela saiu correndo sabe? Não entendemos o porquê. Mas Jhonny disse que eles estão juntos a quase 5 meses, daria super pro filho ser dele, mas ela disse que não é. Quer dizer, ela não negou então ele tomou uam decisão.

__Qual? 

__Ele vai amanhã na casa dela e vai leva-la a um consultório para fazer o teste de DNA. Parece que hoje em dia ja da pra fazer esses testes antes do Bebê nascer. 

Fiquei pensando naquilo, uma felicidade súbita crescendo dentro de mim. Eu estava a mais de 5 meses se ter nenhum relação sexual com Sorn, por isso sempre defendi que as datas não batiam e aquela louca estava me fazendo de trouxa. Agora tinha mais de 80% de chance de eu descobrir que não sou o pai do Bebê. 

__Jae? - a voz doce de Bony me chamou - Você ficou paralisado, o que foi? 

__Am? Ah, nada..é que esse lance da Sorn me chocou muito. Caramba..ela enlouqueceu mesmo. E você? Vai dormir aqui hoje? - mudei de assunto e Bony sorriu.

__Acho que sim - Cheguei perto dela e deixei um beijo em sua testa. 

__Pode ficar na minha cama se quiser, eu vou tomar banho.

__Ta bom.

__Linda - Falei sorrindo genuinamente alegre. Bony sorriu ainda mais de volta. 

A casa vai cair pra você Sorn. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...