1. Spirit Fanfics >
  2. Meus filhos olharam meu histórico na internet >
  3. Único

História Meus filhos olharam meu histórico na internet - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Sempre coloquem senhas em seus computadores
cuidado com os clickbaits, confiem aqui no vagabundo-san

Capítulo 1 - Único


Esse era um mundo novo para Kota.

Nunca antes ele pensará que o computador de seu pai pudesse ser repleto de coisas como essas… Era inexplicável o que ele sentia vendo isso. Seu Ipad e o celular de sua irmã sempre foram definidos no Youtube Kids—o acesso ao navegador bem limitado—e isso nunca deu ao pequeno Kota de oito anos a ver tamanhas… maravilhas. Hoje foi um dia especial. Seu pai teve de sair rapidamente de casa por uma emergência heroica e a babá estava com dor de barriga… Ou seja; ninguém poderia impedi-lo de mexer na biblioteca de arquivos proibidos que era o PC de seu pai.

Kota – “Putin invoca o camarada Elmo” – era um dos vídeos que aparecia nos vídeos recomendados ao lado do atual vídeo que ele via. O clique do mouse foi rápido, os olhos do garotinho brilhando com tudo que ele via, sua boca não se fechando com os novos achados. Um vídeo psicodélico, com um cara que ele não conhecia, numa linguagem que ele não tinha a menor das ideias e—o Elmo!! De repente, o Elmo começou a dançar ao som de uma música ainda mais estranha que o vídeo, os números do boneco se multiplicando loucamente. Enfim, nos finais dos 50 segundos, Kota ainda não tinha noção do que estava acontecendo… Mas há essa coisa que ele precisa fazer… Ele precisa fazer Eri ver esse vídeo. – Eri! EERRII!! – gritou pela irmã, seus olhos saindo do PC e, sem querer, clicando alguns botões no teclado. Isso fez o vídeo sair e voltar para a aba inicial, reiniciando tudo.

Eri – Que foi? – perguntou sem olhar pro irmão, olhos focados no celular em mãos.

Kota – Vem cá!

Eri – Mas eu já—Ei! O papai disse pra gente não mexer no computador dele. – falou, um susto a pegando de jeito ao ver o irmão ali, o computador ligado.

Kota – Não agora! Você tem que ver isso daqui, sério.

Eri – Isso é errado, Kota… O pa—

Kota – O papai não tá aqui, tá?

Eri – Tá não…

Kota – E a Megan não vai sair tão cedo do banheiro… O que está nos impedindo? Leis?

Eri – Supostamente…

Kota – Você nunca teve curiosidade, Eri? – colocou o antebraço na cadeira, olhando diretamente nos olhos vermelhos da irmã… Nisso Eri não teve como responder, parada e quieta, encarando o garoto. Olhou pra um lado, então pro outro e, já fechando o vídeo de Minecraft que rodava em seu celular, ela correu até a cadeira de lado, trazendo-a um pouco mais próxima da mesa e, consequentemente, da tela do PC. – O que você queria que eu visse? – perguntou em meio de pressa, como se estivesse prestes a cometer um crime irredimível.

Kota – Aqui… Deixa eu só encontrar no Histórico.

Eri – O quê?! Você vai abrir o Histórico do papai?!

Kota – Eh… Eu esqueci o nome do vídeo. Vai ser bem rapidinho. – disse, o mouse seguindo até a caixa de “histórico” e a abrindo. A aba de histórico veio, mostrando os vídeos recentes vistos por Kota… E uma série de outras coisas, essas feitas pelo seu pai. Kota já ia clicar no vídeo do Elmo… Entretanto, sua atenção se prendeu no fundo da página. –… Uh… Eri, você sabe ler isso daqui? – apontou para a língua estranha lá embaixo. Caladinha por um segundo e cerrando os olhos pra ver, Eri apenas balançou a cabeça negativamente.

E Kota clicou naquilo, seja lá o que for.

Partindo disso, um vídeo no Youtube abriu, o nome do mesmo sendo traduzido para japonês pelo tradutor automático.

Eri – “Boi Ben – Não vou dar pra trás”… Hã?

Logo nisso, um vídeo de uma vaca tocando um violão apareceu no meio da noite. Era em uma língua estrangeira, então eles não entenderam nada. Foi… Legal, mas eles só viram os primeiros 30 segundos antes de, com uma face entediada, Kota começou a escrever na barra de pesquisa o nome do vídeo de antes, o do Elmo. Eri não reclamou, apenas ficou lá, olhando. Achando o vídeo certo, não demorou nada para que a pequena de cabelos brancos passasse pelas mesmas emoções que o irmão.

Eri – Mas eu não entendi nada… Só entendi que tinha o Elmo.

Kota – O Elmo dançando não foi legal demais?

Eri – Demais! – bateu uma palma, um sorrisinho na face. – procura mais algum.

Kota – Claro… Deixa eu ver aqui. – rolou pela barra de recomendados, buscando tanto por uma imagem do Elmo, aquela bandeira vermelha ou o cara que apareceu no vídeo. Com 20 minutos, Eri e Kota passaram por vários estágios; dançando ao ritmo de uma música legal com vários personagens de anime, rindo até demais com vídeos de trollagem no Roblox e, antes mesmo que pudessem perceber, Kota fez algo que ele nunca devia ter feito. – “GTA SAN ANDREAS MODS DE ANIME”… As legendas em japonês, assim como o vídeo, estavam fora do entendimento das jovens mentes das crianças. O que eram as manchas brancas? O que significava aquela palavra com soneto estranho começado em "F"?… A comédia estava além deles, mas a vontade de continuar vendo o vídeo ainda estava lá. Enquanto o tempo passava, lentamente, eles iam aprofundando-se cada vez mais no mundo de memes ruins do Youtube, todos fora do entendimento…

… Terminou quando, de repente, Kota levantou-se rapidamente da cadeira e puxou a tomada de energia do PC. Ver o Shrek… Subindo encima daquele cara… E sussurrando aquelas coisas. O rosto de Eri estava travado em puro nojo e a falta tão clássica de entendimento, a bizarrice tendo a pegado pelos pés e consumido-a. Diante desse silêncio, olhando para o chão e olhos quase esbugalhados de tanto susto, Kota apenas falou.

Kota – A gente… Não fala disso pro papai.

Eri olhou da tela negra do PC para seu irmão, acenando violentamente um sim antes de se levantar da cadeira, pegar seu celular e sair do quarto do seu pai—Kota passando pela porta logo em seguida—a porta sendo trancada e, para sempre, essa ocasião ter se tornando um segredo eterno de ambos irmãos…

Seu pai nunca saberia o que o Shrek falou no ouvido do homem deitado.

Mas o Elmo dançando sob a bandeira vermelha foi, de fato, engraçado.


 


Notas Finais


até um outro dia
vagabundo tá sem ideia pra fic principal, um pequeno exercício ajuda gg demais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...