1. Spirit Fanfics >
  2. Meus irmãos >
  3. Capitulo 8

História Meus irmãos - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Sei que sumi por um tempo e me desculpem por isso
Mas já voltei ta

Capítulo 8 - Capitulo 8


Fanfic / Fanfiction Meus irmãos - Capítulo 8 - Capitulo 8

**capítulo 8**

S/n pov on***

- acho que agora e minha vez- meu pai fala desfazendo o abraço e voltando a se sentar

Eu volto pra meu lugar também e presto atencao no que ele fala 

- orochimaru realmente tinha um filho, seu nome era Akira, Akira yakushi, ambos pai e filho trabalhavam pra mim faziam parte da equipe de pesquisa sobre parte mecânicas em humanos- ele fala e eu seguro meu braço direito entendendo porque ele conseguiu fazer aquele braço tao rapido- eles estudavam formas do corpo nao rejeitar a máquina e de fazer o mecanismo fácil de usar, que nao fosse pesada pra o usuário, esse tipo de coisa, Akira era o mais empenhado nesse projeto, havia um novo material que batisamos de adamantium era perigo e instável por isso eu nao deixei ninguém utiliza-la e a deixei guardada mas Akira não desistiu de tentar, eu sabia que se fizéssemos próteses com aquele material iria revolucionar nossa pesquisa pra outro patamar e isso seria incrível, mas eu nao colocaria em risco a vida de ninguém por isso nao usei mas Akira entrou no meu laboratório e pegou o adamantium sem a minha permissão e usou o que foi uma catástrofe, houve uma explosão tao forte que o prédio quase desabou, nao havia nem como recuperamos nenhum corpo pois tudo foi pulverizado naquele andar só tivermos certeza de que ele estava lá pois achamos um cordão que ele sempre usava que foi dado pela mãe antes de morrer e ele jamais tirava o colar, orochimaru nao quis saber ou ouvir uma explicação e me culpou pelo que houve, você tinha acabado de nascer e eu tinha acabado de perder a sua mae no seu parto quando ele te levou de mim eu demorou muito pra me recuperar e nunca perdi a esperança de te encontrar de novo minha princesa- ele encerra e eu fico sem reação nao sabia o que falar 

Saio dos meus pensamentos quando escuto um gemido e olho  direção só cara que eu peguei mais cedo 

- você acordou- eu falo me levantando e andando até ele 

- eu subestimei você não acredito que você conseguiu me pegar- ele fala com um sorriso 

-acredite não tive nenhum trabalho com isso, você jamais conseguiria me vencer não à humano no mundo capaz disso- eu falo olhando pra ele de forma fria

- haaa e verdade, você nao e mais humana me esqueci disso, bom o que você quer de mim??- ele pergunta com um sorriso 

- no momento só tenho algumas perguntas mas esta muito tarde vou deixar as perguntas pra amanhã- viro pra meu pai e pergunto- aqui tem um porão certo?

Ele afirma com a cabeca 

-ótimo e pra lá que você vai- falo levantando ele pelo braço- pode me mostrar onde é?

- tobirama- sakumo fala olhando pra o filho e ele apenas acena com a cabeça e começa andar

O sigo levando o homem comigo 

Tobirama abre uma porta e desce as escadas 

Apenas sigo ele 

Ele acende uma luz e vejo o lugar esta um pouco empoeirado mas não me importo com a ponta da corda que sobrou peço a tobirama pra amarrar no teto e assim ele faz 

-amanhã temos um dia longo pela frente- falo olhando pra o homem- vamos nii-san- falo subindo as escadas e trancando a porta ficando com a chave 

Voltamos pra sala mas nao me demorei ali minha cabeca ta explodindo usar o sharingan me cansa um pouco 

Tomo um banho e visto uma camisola vermelha de cetim e caio na cama dormindo logo em seguida 

(...)

Acordo assustada mais um pesadelo olho pela janela ainda esta escuro 

Olho no celular 3:30 ainda 

-preciso de agua- falo pra mim mesmo e saio do quarto 

Descendo as escadas ouço um barulho na cozinha e mantenho alerta 

Vejo a silhueta de alguem mas nao reconheço mas sei que e um homem 

Chego por trás dele o derrubando no chao prendendo-o sobre mim 

- s/n calma, sou eu- o homem fala e a luz da lua entra pela janela me dando visão de tobirama sem camisa 

- que susto voce me deu, achei que fosse um assaltante- eu falo encostando minha testa em seu ombro e me deitando nele sem perceber 

So me dou conta quando sinto suas mãos em minha cintura me assusto mas nao me afasto levanto um pouco pra olhar em seus olhos e nossos rostos ficam a centímetros 

- eu sei que não e certo mas eu estou louco pra te beijar- tobirama sussurra olhando pra minha boca 

- eu nunca beijei ninguém mas também quero beijar você, pode me ensinar nii-san- eu pergunto também sussurrando vendo suas pupilas dilatar com o que eu falei

Ele...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...