1. Spirit Fanfics >
  2. Meus irmãos vkookmin >
  3. Seja forte

História Meus irmãos vkookmin - Capítulo 87


Escrita por:


Capítulo 87 - Seja forte


Fanfic / Fanfiction Meus irmãos vkookmin - Capítulo 87 - Seja forte

Passado algum tempo depois..

Me sentei na cama sequei aonde às lágrimas haviam molhado, respirei fundo um pouco e fui ao banheiro passo água no rosto depois de seca-ló com a toalha pequena volto em meu quarto pego o celular antes de descer.

Abro um pouco a porta deixando uma brecha para espiar e assim que não vejo ele ali saiu de fininho mais quando faltava uns três passos para chegar na escada derrepente escuto alguém atrás de mim.

Sem olhar quem era continuei indo mais rápido mais na metade ds escadas torço o pé perdendo equilíbrio e me vejo cair em camera lenta.

Fecho os olhos esperando o pior acontecer então sou surpreendida por braços me segurando impedindo meu tombo, devagar abri para ve quem é.

Por uns minutos esqueço do que tinha ocorrido e lhe puxo pela nuca selando nossos lábios com um beijo doce, após nos afastar lembro daquela cena deles juntos então saiu rápido dos seus braços.

Jimin-espera maninha

Mary-nã-não Jimin não toque em mim

Digo ríspida deixando-o ali eu não vou amolecer só porquê me salvou de um tombo,  caminhei sem rumo só que queria é ficar sozinha então assim vejo apenas a luz da nossa casa enfim parei e sentei no meio fio.

Abracei minhas pernas olhando fixo para frente e outra vez as imagens deles vêm na mente.

Mary- porquê Jimin.. Porquê não afastou ela ou impediu? será que ele gostou?

Me perguntava isso ao mesmo tempo em que abaixei minha cabeça tentando entender aquilo.

- Mary eh você mesma?

Mary- uh.. ah.. o-oi Han..

Quando ele me vê nesse estado se juntou há mim sentando do meu lado, conversamos um pouco e conto o que tinha acontecido.

Han- eh.. ela meio que me falou mesmo que pegou aos beijos com seu irmão.. mas nos dois sabemos quão maluquinha a Say pode ser né

Mary- uhum..

Han- vêm vamos para minha casa antes que chova

Mary- eh isso séria só o que faltava 

Riu fraca pegando em sua mão e ambos nos levantamos depois disso seguimos para casa dele que ainda não havia percebido que moramos próximos.

[Quebra de tempo umas horas mais tarde]

Han e eu estavamos comendo brigadeiro rindo de uma cena do dorama que assistiamos quando meu celular começa tocar sem parar.

Enviei apenas uma mgs dizendo está bem e que não me esperem acordados porque vou voltar tarde depois desliguei ele.

Han- ainda está brava com seu irmão?

Mary- sim

Han- hm.. e a Say?

Desviei os olhos da tv para ele subindo e descendo meus ombros.

Mary-não sei.. talvez chateada

Han- me responde uma coisa Mary e se eles já estivessem ficando antes mesmo de pega-los como se sentiria?

Mary- traída.. Mais eles estavam ficando?

Han- hm entendo.. não fui eu quem te contei mais sim, eles ficaram bem próximos no começo por causa de você em querer saber notícias suas.. mas depois um dia quando a Say estava aqui em casa e foi usar o banheiro deixando seu celular no sofá ele tocou então eu vi uma mgs dele dizendo que precisavam se ver para conversar 

Meu queixo foi ao chão não sabia como reagir com essa revelação.

Mary-eu.. Eu tenho que ir

Saiu correndo da casa dele voltando para a minha entro gritando o nome do Jimin e assim que ele surgiu vindo da direção da cozinha aproximei do mesmo então lhe dei um tapa no rosto tão forte que estalou.

Jimin- aaiiiin... Porquê fez isso..?

Mary- porquê mereceu e porquê é um traidor

Jimin- espera ai olha se eh por causa do beijo eu..

Mary- CALA A BOCA! isso não tem nada haver com esse beijo bem também conta mais eu descobri tudo Jimin

Antes que ele pudesse falar eis que Taehyung e Jungkook aparecem na sala perguntando porquê dessa gritaria.

Mary- pergunta para ele.. aaah antes de eu subir apartir de hoje fique longe de mim, e agora só Taehyung e Jungkook são meus namorados

Jimin-o..oquê?! hey volta aqui..

Jimin até tenta argumentar e vêm em minha direção para me segurar porém os dois não perminte dizendo para ele deixar que eu fique mais calma depois conversamos.

Me tranco no quarto sentindo uma forte dor pior do que a de antes quando os vi trocando beijos.

Mary- porquê tinham que me traí?

Falei com a voz triste me esforçando para não ser vencida pelas lágrimas já formadas em meus olhos.

Mary- não Mary seja forte não é a primeira vez que passará por isso

Dizia me olhando no espelho com as mãos fechadas em punhos repetia à mim mesma eu sou forte enquanto mantinha o olhar fixo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...