História Meus Quinze Anos - MILEVEN - - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Eleven (Onze), Mike Wheeler
Tags Coisasestranhas, Finn Wolfhard, Jane Hopper, Jane Ives, Lumax, Michael Wheeler, Mileven, Millie Bobby Brown, Strangerthings
Visualizações 140
Palavras 323
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui está o terceiro babys 💕

Capítulo 3 - Um Jantar Especial


Fanfic / Fanfiction Meus Quinze Anos - MILEVEN - - Capítulo 3 - Um Jantar Especial

Hopper havia pedido para que eu me vestisse bem, peguei um vestido preto longo de estrelas de prata ( midia) eu havia ganhando da Kai, sim, eu revi ela nesses dois anos, inclusive Hopper prometeu convidá-la para minha festa de, de Debutante, isso. 

Chegamos em um restaurante, logo vi Will, Joyce e Jonathan lá , eu estava começando a querer que o Hopper e a Joyce se casassem, sério, entramos no restaurante, depois do jantar seguimos no restaurante, Quer dizer Jonathan saiu, segundo ele, foi vê a Nancy,  Joyce ficou com O Hopper e eu e o Will ficamos conversando de coisas aleatórias.  

Reparei que um carro parou em frente o restaurante mas não liguei muito, continuei conversando com o will, até que. 

 - que merda é essa? -Mike falou com a voz alterada, mas se esforçado para não gritar em meio ao um lugar público-  não vão falar nada?

- Mike eu posso explicar - disse Will totalmente nervoso, e eu? Eu não entendia o porque daquilo, Mike aparentava está sentindo o que eu senti no dia que vi ele e a Max, pera, ele tava sentindo aquilo?! - 

- Mike ... ? - o chamo, ele me olha e cai algo do olho dele, ele sai, eu sinto uma tristeza forte, e sai água dos meus olhos, dessa vez o motivo não era ciúme da Max, não era brigar com o Hopper, não era eu usando demais dos meu poderes, não era nada disso, não era uma dor, não era raiva, não era nada, eu só sai de feliz para triste do nada, eu nem sabia o motivo, só estava triste, me levanto, olho para Hopper na intenção de que ele entenda sem eu precisa de falar, eu não entendia o que acontecia, como eu poderia explicar? Ele balança a cabeça que sim, sorrio e agradeço a Deus mentalmente, saio e vou para casa de pé mesmo, não era tão longe assim. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...