História Meus vizinhos(Block B) - Capítulo 8


Escrita por: e _zico_1992

Postado
Categorias Block B, IKON
Personagens B.I, B-Bomb, Bobby, Chanwoo, Donghyuk, Jaehyo, Junhoe, Kyung, P.O., Personagens Originais, Taeil, U-Kwon, Yunhyeong, Zico
Tags Block B
Visualizações 19
Palavras 3.622
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Chapter - 08



Aura - Sabe Satu - Digo fazendo cafuné em sua cabeça - eu não deveria ter bebido tanto ontem, nem ter beijado o B-bomb e o U-kwon...
Satu começa a cochilar
Aura - O que o David diria para mim sobre isso? - Sorrio - "Não te ensinei isso Aura" ou quem sabe "Te orienta sua pevertida" - Digo o imitando.
Aura - Satu, por que eu estou mudando? eu não era assim. - Olho para o mesmo dormindo -  Tão fofo.
Me levanto e então Satu desce do meu colo pulando em cima do sofá e deitando por lá, sigo para meu quarto onde me jogo na cama.
Aura - Preciso de amigas mulheres.
Acabo pegando no sono, quando acordo já eram 20:49, tomo um banho demorado, saio do banho me seco e coloco minhas lentes, seco meu cabelo, visto minhas roupas intímas, visto um vestido preto rodado  que vinha até metade de minha coxa, calço um tênis branco e pego um casaco jeans, passo um batom cor de boca, deixo meu cabelo solto, pego uma bolsa pequena onde coloco meu celular dinheiro e chave do carro, em seguida fecho as janelas e as cortinas do meu apartamento, coloco comida para Satu e saio de meu apartamento, olho para a porta do apartamento do Zico, a porta estava entre aberta, dava para ouvir as vozes dos meninos conversando, penso em entrar porém sigo meu caminho para o elevador, aperto o botão do estacionemento e então a porta se fecha.Eu estava colocando o cinto para dar partida no carro quando um carro preto entra no estacionamento e estaciona na vaga de visitante, do carro desce o U-kwon e uma moça ocidental muito bonita, ela gruda no braço do mesmo e lhe dá um selinho, ambos esperavam o elevador mas provavelmente iria demorar, dou partida em meu carro saindo dali porém enquanto meu carro andava olhei pelos retrovisores e vi o U-kwon olhando para meu carro com uma expressão de certa forma preocupada, porém sigo meu caminho, por fim decido ir a casa de minha tia Naoki, provavelmente ela estava em casa.
Passei um longo tempo conversando com a tia Naoki, jantamos juntas e a mesma disse que eu estava na flor da juventude e que deveria aproveitar um pouco, ela disse que eu era uma linda garota de 25 anos, solteira e que não tinha nada que me impedisse de beijar quantos garotos eu quisesse, porém não contei do que vi no estacionamento, me despedi de tia Naoki entrei em meu carro colocando o cinto e dando partida indo rumo a um conveniência comprar algumas besteiras e também iria em uma papelaria comprar o mateiral para finalizar meus trabalhos da faculdade.Depois de passar em tais locais fui para casa, estacionei meu carro em sua devida vaga, peguei minhas sacolas e entrei no elevador, já no corredor do meu quarto caminhei tranquilamente e quando estava digitando meu código para entrar na minha casa o U-kwon aparece segurando minha vasilha onde antes estava o brigadeiro.
U-kwon - Eu a lavei. - Diz sorridente e tenta me beijar porém eu desvio
Aura - Não fez mais que sua obrigação Kim, passar bem!
Bato a porta de meu  apartamento depois de pegar a vasilha de suas mãos,  trancando a porta e colocando as sacolas em cima do balcão, tiro meus sapatos e os coloco no degrau, começo a guardar as coisa que eu tinha comprado, até que meu celular toca.
Ligação on
Ken - Oi Aura
Aura - Oi Ken, o que aconteceu?
Ken - Nada, liguei para saber se você estava bem e se não gostaria de fazer um passeio noturno comigo e com minha nova moto...
Aura - Desistiu do carro?
Ken - Moto é mais legal mas eai você topa?
Aura - Claro, eu estava sem sono mesmo.
Ken - Daqui a 10 minutos eu to ai.
Ligação off
Vou para meu quarto e coloco uma calça jeans rasgada, um moletom rosa bebê e uma regata branca por baixo do moletom, coloco meu celular e dinheiro e meu batom nos meus bolsos e calço meu tênis quando ouço alguém bater na porta.
Ken - Oi babe - Diz sorrindo com uma mochila nas costas e dois capacetes brancos espelhados e com detalhes de dragão - Posso deixar algumas coisas aqui?
Aura - Claro.
Ken - Você tem um pano grande para que possamos sentar?
Aura - Tem um, vou pegar - Vou até o quarto sendo seguida pelo mesmo - Deixe suas coisas em cima da cama ou dentro do guarda-roupa.
Ken - Vou deixar em cima da cama, posso dormir aqui, com você? - Ele coloca o pano dentro da mochila.
Aura - Se não tentar nada - Reviro os olhos, não teria nada demais afinal se eu deixei o U-kwon dormir aqui por que não deixar o Ken?
Ken - Não vou fazer nada que não queira - Ele sorri de forma pevertida e coloca suas coisas em cima da cama, sua mochila fica um pouco fazia porém noto uma garrafa de vinho ali.
Aura - Para onde vamos?
Ken - Dar um passeio pela cidade, depois vamos até um parque onde iremos pedir frango e beber essa garrafa de vinho, esse será meu pedido de desculpas por ter sido um babaca contigo na balada, o que acha?
Aura - Amanhã temos faculdade.
Ken - Eu sei, não vamos beber tanto, você tem taças?
Aura - Tenho - Saio do quarto indo em direção a cozinha e pegando duas taças - Por que não chamou nenhuma das suas putas para ir com você?
Ken - Por que prefiro você, sua compania sempre me agrada, agora - Ele coloca as taças dentro da mochila - Vamos - Ele me entrega um capacete e pega o outro saindo de casa.
O sigo segurando o capacete e fechando a porta Ken entrelaça nossos dedos com sua mão livre - já que a outra segurava o capacete - e começamos a caminhar até o elevador porém sinto um olhar que não era do Ken sobre mim, entramos no elevador e o mesmo aperta o botão do terreo, antes que a porta se fechasse eu vi o B-bomb e o Zico parados na porta do meu apartamento me olhando, olho para o Ken e vi que o mesmo encarava o Zico com um sorriso cafajeste no rosto, já a expressão de Zico e B-bomb era bem séria.
Aura - Por que vocês não se dão bem?
Ken - Nem sei ao certo, tudo começou quando cheguei em Seul, ao que parece eu comi a vadia errada, ele não me reconheceu quando nos encontramos no parque.
Aura - É admiravél a forma de como você fala das garotas que você já comeu, fico imaginando o que você fala de mim.
Ken - Eu falo que você é uma das mulheres que eu mais desejo foder, mas você é muito durona e nunca cede aos meus chavecos.
Aura - Eu cedi uma vez só, e você simplesmente falou que não sentia nada por mim - Dou de ombros sorrindo de canto - mas te agradeço por isso, se não eu seria apenas mais uma que foi pra cama com você, melhor coisa que fiz em minha vida foi não me entregar a você.
Ken - Sei que sente algo por mim tanto quanto eu sinto por você.
Aura - Atração?se é que posso chamar assim - Rio baixo.
Ken - Já pedi desculpa tantas vezes por aquilo, será que nunca vai me perdoar?
Aura - Quem sabe no dia 33 de fevereiro?
Ken - Como ainda conseguimos nos falar? - Ele diz rindo.
Aura - Não sei. - Começo a rir também.
Nós chegamos no nosso andar e então comprimentamos o porteiro e Ken segura minha mão me guiando até sua moto Suzuki GSX-R100 que estava estacionada bem a frente do condominio o mesmo sorri e me entrega a mochila.
Aura - Vejo que sua cor favorita continua sendo branco. - Digo olhando a pintura da moto que era branca com alguns detalhes preto.
O mesmo sorri divertido e coloca seu capacete e sobe em sua moto fazendo sinal para que eu faça o mesmo, arrumo a mochila em minhas costas  e coloco o capete verificando se tinha colocado certo e subindo em sua moto abraçando sua cintura.
Ken - Se importa se eu correr?
Aura - Não.
O mesmo liga a moto e então acelera seguindo pela avenida, fazia tempo que eu não andava de moto, a ultima vez eu estava junto ao David, Ken andava em alta velocidade e parava de vez em quando em alguns semáfaros que apareciam pelo caminho, eu via as luzes da cidade apenas como alguns borrões coloridos, eu segurava firmemente na cintura do Ken que a cada momento ia mais rápido e eu sentia um certo frio na barriga, mas ao mesmo tempo uma sensação de liberdade.Depois de alguns minutos ele para e estaciona em frente a um parque onde quase não tinha pessoas, desço de sua mota e retiro o capacete arrumando meu cabelo e mesmo desliga a moto fazendo o mesmo.
Ken - Onde quer ficar?
Aura - Que tal ali - Aponto para um local de frente a um lago que tinha no parque, o lugar onde iriamos ficar era em baixo de uma árvore e quase não tinha movimento.
Ken forra o pano no chão e coloca sua mochila em cima do pano, em seguida ele pega seu celular e pede uma porção de frango, me sento em cima do pano fitando o lago iluminado pela lua e pelos postes de luz que tinham ali perto, algo que eu gostava aqui na Coreia do Sul era que podiamos pedir comida onde estivessemos, depois de fazer o pedido e ele se sentar ao meu lado sorrindo e me entregando uma taça e enchendo de vinho, ele pega outra e faz a mesma coisa.
Ken - Que fique claro que isso é um encontro e ao mesmo tempo um pedido de desculpa - Ele diz dando um gole no vinho.
Aura - Jura?nem reparei - Começamos a rir.
Ken - Como pode?
Aura - O que?
Ken - Você tinha tudo para me odiar, me ignorar...mas não, você faz tudo ao contrário, apesar de suas birras, esporros, chutes xingamentos, continuamos nos falando, um alfinetando o outro.
Aura - Eu não quero te odiar, e vou continuar sendo sua amiga ou sei lá o que.
Ken - Por que ?- Seu olhar estava atento sobre o meu rosto.
Aura - Foi graças a você que aprendi que não posso ter tudo que quero, e também você beija muito bem.
Ken - Você me acha um galinha não é?
Aura - Acho, mas estou me tornando algo pior que você - Fecho os olhos e me deitando no pano colocando minha taça de lado e fitando o céu noturno.
Ken - Quem te disse isso? - Ele diz com a voz seria.
Aura - Ninguém.
Ken - Te conheço a anos, pode não aceitar, mas somos amigos, quem disse isso Aura?
Aura - Eu mesma tirei essa conclusão...
Ken - Só porque você beijou o Zico, Taeil, B-bomb e U-kwon não significa que você seja uma "galinha"ou sei lá o que, você beijou algum deles, digo...tomou a iniciativa?
Aura - Não, eles que me beijaram, minha tia disse a mesma coisa, mas eu sempre retribuia, não sei o que dava em mim.
Ken - Então Aura! você é S O L T E I R A e pode pegar quem quiser,  e foram apenas os beijou ou vai me dizer que...
Aura - Não - Me sento novamente e Ken faz o mesmo - Você sabe que eu só faria isso com alguém que eu confiasse e amasse, mas sei lá, nossos beijos eram intensos...
Ken - MAS NADA - Ele me deita ficando por cima de mim - aproveite enquanto não namoramos sério.
Aura - Idiota - Começo a rir alto do seu coméntario.
Ken - Agora é serio, não deveria pensar assim...você é uma das garotas mais linda, inteligente, divertida e fofa que conheci, e se eu pudesse não deixaria nunca você pensar nesse tipo de besteira.
Aura - Falou bonito.
O celular de Ken toca era o entregador, Ken vai até o homem paga o frango e então retorna com o frango em suas mãos.
Ken - Eu sou muito original, quem traria uma garota para um encontro ao ar livre?
Aura - Super original comprar frango e vinho.
Ken - Eu sei.
Comemos o frango e bebemos o vinho enquanto conversavamos sobre as coisas mais idiotas do mundo, eu estava com a cabeça encostada no ombro de Ken rindo até que o mesmo vira meu rosto e quando estava prestes a me beijar meu celular toca.
Ligação on
"Onde você está?"
Desde de quando lhe devo satisfação? - Olho para Ken que me fitava com um sorriso malicioso enquanto passava a mão em minha coxa, mas eu rapidamente a tiro de lá o encarando incredula.
"Não deve, mas está em má compania e eu me preocupo afinal somos amigos."
Estou bem P.O obrigada por se preocupar.
"O U-kwon disse que vai dormir com você..."
Não vai não. - Acabo falando um pouco alto e então ouço alguns chiados como se alguém tivesse pego o celular.
"Aurora, esse cara vai dormir com você? é serio isso?esse pevertido?"
Sim ele vai, afinal somos amigos e amigos as vezes dormem juntos, Ken pode até ser um babaca mas é meu amigo, agora passe para o P.O quero me despedir dele.
"Eu não estava me esfregando com aquela menina que viu no estacionamento, aquela garota era..."
 - Antes que ele terminasse eu o interrompo -
Não me interessa quem ela era, foda-se ela e você.
"Precisamos conversar sobre nós...eu gosto de você...gosto muito"
Foda-se  - Ouço novamente chiados e percebo que o P.O pegou o celular de novo.
"Tome cuidado, amanhã nos vemos" - Sorrio.
Ligação off
Ken - Aish, eles mal te conhecem e já parecem seus primos tarados.
Aura - Primos?tarados?
Ken - Sim, porque irmãos não iria combinar, primos se pegam, irmãos não!
Aura - É estranho isso, eu os conheci a tão pouco tempo e parece que nos conhecemos desde de quando eu era pequena.
Ken - Verdade, Aura uma das minhas vadias me mandou mensagem e...
Aura - Pode ir por que comigo você não vai conseguir nada.
Ken - Serio?
Aura - Sim.
Ken - Vamos, vou te deixar em casa, e de lá eu vou pra uma casa noturna encontrar com ela e meus amigos.
Aura - Não precisa eu vou de...
Ken - Não, que tipo de cara leva a menina para um encontro e a deixa voltar para casa sozinha.
Rio um pouco alto já que o mesmo tiverá dito na cara dura que iria se encontrar com outra.

[...]


Hee - Serio as vezes o Bobby ronca, e não me deixa dormir.
Rimos alto enquanto caminhavamos pela faculdade, Hee e eu conversavamos a mais de uma hora  desde de a festa do amigo do Ken que aconteceu a uma semana atrás, foi uma das melhores festas que eu fui, e também fazia algumas semanas que eu mal falava com o Yukwon e o mesmo não fazia tanta questão de falar comigo, eu ficava magoada cada dia mais com ele...Hee  e eu estavamos nos tornando amigas tinhamos várias coisas em comum, e uma delas  é que ela e o Bobby eram amigos mas viviam se pegando, assim como eu fazia com o Ken.Estavamos andando normalmente distraidas quando um ser pula na nossa frente do nada fazendo nós duas darmos um pulinho para trás.
Zico - AURA - Ele me abraça - Não te vi mais cedo e não tive oportunidade de falar com você na aula - Ele sorri - os meninos estão te chamando para ficar conosco na hora do almoço, e agora também - Ele olha para Hee e sorri - vou rouba-la um pouco se importa?
Antes que Hee e eu pudessemos responder o Zico começa a me puxar para o lugar onde estava os meninos, enquanto ele me puxava eu grito um me desculpa para Hee e aceno fazendo a mesma rir e responder com um "Mais tarde nos falamos", assim que chego no grupinho - que estavam no meio de uma discussão sobre quem era o mais bonito - Zico tenta falar com eles mas acaba entrando na discussão também fazendo eu revirar os olhos, alguem me pega no colo parecendo um saco de batatas e começa a correr logo percebo que era o Bobby acompanhado de Jinhwan começo a rir daquela situação os maiores riam parecendo duas crianças que roubaram um doce, olho para trás percebendo que os meninos ainda discutiam mas logo o Zico percebeu que eu não estava mais ali e olhou para o Bobby e Jinhwan que já tinham me colocado no chão e nós andavamos tranquilamente.
Bobby - Ken pediu para irmos te chamar para que fosse almoçar conosco, alias - ele abraça meu ombro enquanto andavamos - poderiamos sair qualquer dia desses. 
Eu rio alto 
Aura - Não sou tão fácil assim.
Bobby - Eu sei, mas sabe, gosto de ter amizades coloridas com garotas.
Jinhwan  - Serio que você tá paquerando a garota que tem o apelido de Sakura Haruno?
Bobby - Aura só bate em meninos que são maldosos e pevertidos.
Jinhwan - Igual você?
Bobby - Para de estragar meus esquemas.
Rio baixo e retiro seu braço que até então estava em meu ombro.
Aura - Tenho coisas mais importantes do que sair contigo.
Bobby - Como o que?
Aura - Comer, dormir, não fazer nada.
Jinhwan - Com todo respeito Aura seu apelido deveria ser Hinata porque - Ele aponta para meus seios fazendo eu rir - são grandes, mas é estranho mulheres orientais tem o peito pequeno.
Aura - Tenho decedência brasileira.
Bobby - Adoro brasileiras.
Olho para trás e então noto que os meninos corriam em nossa direção, Bobby também olha para trás e então começa a correr,  fazendo eu rir daquela cena e antes que eu possa ir até o Zico, Jinhwan me pega no colo - assim como Bobby fez a pouco tempo - e começa a correr.
Aura - Eu tenho pernas, e sou rápida correndo.
Jinhwan - Mas te carregar da mais emoção e também - Ele apalpa meu bumbum eu começo a me debater.
Aura - YAAA SEU PEVERTIDO 
Bobby - Não aperta a bunda dela!
Paramos de correr e Jinhwan me coloca no chão e eu chuto seu tornozelo, estavamos ao lado do grupo do Ken o mesmo conversava com Chanwoo mais assim que me vê vem até mim e dá um selar em minha bochecha.
Ken - Oi Aurora, o que estava fazendo perto do Zico?
Aura - Eles são os meus amigos, e eu estava conversando com eles...
Bobby - Não estava não, eles estavam no meio de uma discussão sobre quem era mais bonito.
Jinhwan - E eles só foram te chamar para você decidir quem era mais bonito.
Aura - Huh...
Ken - Não esperaria menos daqueles palhaços.
Aura - Não fale assim deles.
Ken - Aura a realidade e que eles só estão se aproximando de você porque sabem que você e eu temos algo, e caso não se lembre eu e Zico nos odiamos.
Aura - Sempre pensando que o universo gira ao seu redor.
Ken - Você vai defender garotos que conhece a poucas semanas ao invés de defender o cara que você conhece a anos?
Ken está certo, ele pode ser um galinha, pevertido, mas no fundo é uma boa pessoa - se assim posso dizer - mas por outro lado, em pouco tempo junto aos meninos, eu sentia que nos conheciamos a muito tempo.
Aura - Ta - Reviro os olhos e o mesmo sorri.
Donghyuk - Você vai fazer algo depois que sair da faculdade?
Aura - Não
Bobby - Poderia ir conosco na quadra de basquete.
Ken - Sempre nos reunimos lá, e seria bom você se familiarizar conosco.
Hee - Verdade, é bom que eu vou ter com quem falar.
Aura - Tenho que ir trabalhar no petshop da minha tia...
Ken - Então poderiamos dar uma volta a noite, todos nós.
Aura - Por mim tudo bem, não tenho nada melhor para fazer.
Bobby - Nós podiamos ir de mêtro até uma casa noturna ou sei lá.
Ken - Casa noturna de novo...adorei a ideia.
Hee - Mas amanhã temos aula...
Bobby - Não vamos virar a noite lá.
B.I - Se não for pra ficar até tarde eu nem vou.
Aura - Eu aguento ficar lá até umas 5:30 que é o horário que eu me arrumo para ir para faculdade, mas amanhã as aulas não seriam a noite?
Ken - Sim vão ser a noite
Aura - Então não vai ter problema algum.
Ken - Otimo, agora ninguém conta para o grupinho do Zico se não ele vai aparecer por lá e estragar a noite.
Jinhwan - Ciúmes Ken?
Ken - Sim, não gosto daqueles idiotas perto da Aura.
Aura - Não brinca, niguém nunca percebeu...
Bobby - Temos que marcar um ponto de encontro.
Hee - Que tal, a estação de mêtro ao lado de Hongdae?
Aura - Otimo não fica tão longe de mim.
Ken - Fica perto de praticamente todo mundo.
Jinhwan - Que horas?
Aura - 22:30?
Bobby - Então as 22:30 na estação de mêtro?
Ken - Sim, agora vamos almoçar que eu estou com muita fome - Ele segura minha mão e começamos a andar rumo ao refeitório.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...