História Meus vizinhos(Block B) - Capítulo 9


Escrita por: e _zico_1992

Postado
Categorias Block B, IKON
Personagens B.I, B-Bomb, Bobby, Chanwoo, Donghyuk, Jaehyo, Junhoe, Kyung, P.O., Personagens Originais, Taeil, U-Kwon, Yunhyeong, Zico
Tags Block B
Visualizações 18
Palavras 2.037
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Chapter - 09



Ken - Já chegou todo mundo agora vamos embarcar e ir até um bairro que uns amigos me falaram.
Hee - Você já conheceu Hongdae Aura?
Aura - Já, com minha tia.
Estavamos entrando na estação conversando animadamente estavam Eu, Hee, Somin, Sook, Ken, Bobby, B.I, Chanwoo, Junhoe, Jinhwan, Yunhyeong e Donghyuk.O mêtro estava bastante movimentado e tivemos que ficar em pé dentro do vagão do mêtro.Chegamos no tal bairro que estava tão movimentado quanto o mêtro, assistimos apresentações de artistas solos e covers que tinham ali perto, e ao inves de irmos a uma casa noturna, ficamos em um bar que estava bastante cheio, havia vários outros jovens ali, Sook e Somin eram amigas de Hee, todas eram bastantes simpáticas, e estavamos nos dando muito bem nas ultimmas semanas,  Sook e Somin estudaram com o grupo do Zico no primeiro semestre do ano passado, para minha surpresa eles não tinham uma fama muito boa, Somin me disse que os odiava mas não contou o motivo de seu ódio, tinha um DJ ali no barzinho, e tocava músicas que eu gostava, eu estava gostando de ter a campania deles, eles tinham uma energia muito boa e alegre e faziam de tudo para fazer eu me sentir a vontade.
Somin - Aura, vamos comigo no banheiro - Ela diz bem alto proxímo ao meu ouvido já que a música estava alta.
Aura - Claro.
Eu vou até o Ken e aviso que vou no banheiro o mesmo concorda e eu e Somin fomos procurar o banheiro.Assim que achamos, adentramos o mesmo que estava até que em bom estado para um banheiro de bar, e também estava vazio, eu e Somin fizemos nossas necessidades e então saímos dali.
Ken - Demoraram!
Diz um pouco alto perto do meu ouvido.
Aura - Impressão sua, não demoramos.
O mesmo sorri e então pergunta se eu queria beber algo, peço para que ele traga um copo de vodka com limão para mim, não demora muito para que o maior retorne com nossas bebidas.
Bobby - Aura está tão parada, quase não está dançando.
Aura - Não gosto de dançar.
Chanwoo - Não foi o que pareceu da ultima vez que ela saiu conosco.
Hee - Nenhuma de nós está no pique de dançar.
Ela me cutuca e eu concordo.
Ken - Eu sei uma música que se a Aura ouvir ela não consegue ficar parada.
Ele pisca para mim e corre em direção ao DJ que estava tocando no bar, o mesmo fala algo no ouvido do homem que concorda sorrindo, Ken volta e então sorri de lado.Derrepente começa a tocar Toxic - Britney Spears, essa música tocou na minha formatura do ensino médio eu nunca dancei tanto quanto naquele dia, isso me fez rir baixo, Hee então me olha sorrindo e então corremos para o centro da pista de dança, eu dançava a mesma coreagrafia que dancei na formatura e Hee me acompanhava junto com Somin e Sook, estavamos atraindo olhares de muitas pessoas porém não estavamos ligando muito, Ken junto com seus amigos apenas nos olhavam.Depois que a música acabou começou a tocar Bang bang bang - BigBang algumas pessoas se juntaram a nos e ali ficamos dançando uma música atrás da outra até que ficassemos cansadas, algo que demorou bastante.
Quando deu 3:30 da manhã o tal bar fechou, fomos embora contrariados já que queriamos ter ficado mais tempo, mas tinhamos um grande problema, o mêtro já tinha fechado e abriria as 6:00 horas da manhã, e não tinhamos dinheiro para pagar taxí.Foi ai que tivemos  a ideia de ir a um a conveniência comprar bebidas, assim fizemos e então ficamos sentados em uma calçada onde tinha mais alguns jovens que esperavam o mêtro abrir.A essa altura do campeonato estavamos todos bêbados e ficavamos cantando e dançando parecendo doidos.
Assim que o mêtro abriu - com muita dificuldade -  nós fomos para suas respectivas casas, cheguei em meu apartamento por volta das 7:12 o porteiro até perguntou se eu estava bem e eu respondi que sim.Já no meu apartamento eu apenas coloquei meu celular para despertar, tomei um longo banho gelado, e por estar quente, eu liguei o ar-condionado no ultimo coloquei minhas roupas intimas e me deitei na cama a fim de descansar e acabei pegando no sono usando apenas uma calcinha e eu sutiã.
Por volta das 8:30 eu sou acordada com batidas na porta o que me fez resmungar e levantar da cama murmurando chingamentos em japonês, antes de abrir a porta percebo que eu usava apenas uma lingerie preta, saio correndo para o quarto e então coloco o meu ropão de seda preto com o desenho de algumas flores orientais rosa, e então olho pelo olho magico de minha porta e vejo o Yukwon.Reviro os olhos e então abro a porta vendo o maior me olhar de cima a baixo e sorrir de canto.
Aura - O que quer?
Yukwon - Vim ver se estava bem, você não me atende nem me responde.Fiquei preocupado.
Aura - Estou bem, se era só isso pode ir embora.
Eu tento fechar a porta porém Yukwon impede e entra no meu apartamento e então fecha a porta, eu o encaro incredula e o mesmo me encara com os braços cruzados.
Aura - Qual o seu problema?
Yukwon - Meu problema é que minha amiga está me ignorando, e está se envolvendo com pessoas que não prestam.
Aura - Quem não presta é você.
Yukwon -  Se eu não prestasse, não estaria aqui tentando saber o porque de está estranha.
Aura - Sai daqui - Abro a porta e encaro o Yukwon que não move nem um musculo de onde estava fazendo eu bufar.
Yukwon - Por que derrepente passou a me ignorar, e andar com o grupinho do Ken?do nada!Ken não presta ele está te usando para...
Antes que o mesmo termine a frase eu começo rir de forma alta e irônica fazendo o Zico arregalar os olhos, fecho a porta então cruzo os braços o olhando de maneira irônica.
Aura - Quem quer me usar não é o Ken, é você Yukwon, esse papinho de querer ser meu amigo, se preocupar comigo não cola mais, não confio em você...
Yukwon ri alto
Yukwon - Vejo que o Ken inventou algo de mim, e te colocou contra mim...
Aura - Não - eu o interrompo - Ele não disse nada, você começou a me ignorar depois que te vi no estacionamento com aquela sua namoradinha, então comecei a fazer da mesma forma!
Yukwon - Eu quero sua amizade, sua compania faz bem a mim e aos outros, mas se quiser se afastar de mim eu entendo, mas por favor não se afaste de meus amigos, eles gostaram de você.
Aura - Eu...aish...Yukwon eu não quero me afastar de você mas...não quero ser usada...eu realmente pensei que...esquece... - Suspiro - não vou parar de falar com eles, mas o ideal e nos mantermos longe, pelo meu bem.
Yukwon - Se é isso que quer... - Ele dá de ombros e sai do meu apartamento a passos firmes sem olhar para trás, não vou mentir, senti algo estranho, porém eu me recusava a ir atrás do Kim, tranco a porta e retorno para meu quarto.


[...]


Com as provas se aproximando, eu tive a brilhante ideia de convidar o Zico para vir estudar comigo, afinal eramos colegas de classe e eu estava com certa dificuldade na máteria.Se passou 1 semana desde de minha conversa com o Yukwon, não aconteceu nada de diferente durante essa semana, ele me ignorava enquanto pegava a maioria das mulheres da faculdade, eu ligo todo santo dia para minha avó, sinto falta dela a cada dia, perdi o contato com o David, tento não andar muito colada com o grupo do Ken e também com o do Zico, para evitar discussões, e também não quero correr o risco de beijar nenhum deles.
Depois de tomar um banho gelado, seco meus cabelos e os deixo solto mesmo, coloco minhas roupas íntimas combinando na cor rosa  - algo que se tornou frequente - coloco uma regata simples branca e um short de malha preta com uma listra nas laterais branca, e então ligo o ar-condiconado no ultimo, ultimamente Seul parecia o nordeste brasileiro de tão quente, saudades frio.
Vou para a cozinha lavar as louças do almoço enquanto Satu dormia tranquilamente no balcão que ficava entre a sala e a cozinha, Zico chegaria as 14:30, já eram 14:15.Termino de lavar as louças e enquanto o Zico não chega eu começo a revisar a máteria, lendo alguns livros.
[...]
Nunca pensei que estudar com o Zico fosse tão difícil, além de não conseguir prestar atenção em nada vire e mexe eu tinha que tirar a mão dele da minha coxa, pra minha sorte - ou azar - minha tia veio aqui em casa me ver, ela até conversou um pouquinho com o Zico.
Por volta das 18:38 minha tia foi embora e o Zico também foi embora.
Depois que fiquei sozinha, eu finalmente pude entender o conteúdo da prova, até que recebo uma mensagem do Taeil.
Mensagem on
Tae:Aura?
Tae: Está ocupada?
Me:Não, já terminei de estudar...
Me:Aconteceu alguma coisa?
Tae:Me esqueceram em casa sozinho...
Me:Você está trancado?
Me:Quer que eu chame o porteiro?
Tae:Não...é que todo mundo saiu e me deixaram aqui sozinho...
Tae:P.O me mandou uma mensagem dizendo que eles tentaram me acordar mais meu sono é muito pesado.
Me:Nossa, onde eles foram?
Tae:Em um bar com algumas meninas...
Tae:Aura não gosto de ficar sozinho, estou chateado por terem saído sem mim.
Me:Pode vir aqui pra casa, podemos assitir um filme ou até mesmo ir até esse bar.
Tae:Prefiro assistir algum filme, sempre que eles saem com meninas eu fico de vela.
Me:Odeio ficar de vela...mas pode vir aqui para casa, não estou fazendo nada mesmo.
Tae:Já estou indo.
Mensagem off
Em menos de dois minutos ouço leves batidas na porta assim que abro vejo o Taeil, apesar de ser o mais baixinho do grupo eu era pouca coisa menor que ele - sou uma anã - mas algo me chamou atenção, sorri e dei espaço para o maior entrar em casa, o mesmo retira os sapatos e adentra minha casa.
Taeil - Licensa...espero não atrapalhar, mas é que me acostumei a ficar sempre acompanhado.
Aura - Que isso, adoro sua compania...mas você está estranho...cadê seus óculos?
Taeil - Eu comprei lentes ontem, eu vou entrar pro time de basquete da faculdade, e seria estranho participar de um jogo usando óculos, mas estou muito estranho?
Aura - Não está bonito, mas desde de que nos conhecemos eu sempre lhe via de óculos - Sorrio e me sento no sofá junto com ele.
Taeil - Confesso que eu também estranhei quando vi você usando óculos...mas me diga! como anda a vida, você me abandonou, digo nos abandonou, anda meio afastada de mim e dos meninos.
Aura - E-eu...afastada?não, vocês que se afastaram...
Taeil - Sim se afastou, no começo eu até pensei que foi culpa minha...pelo o que aconteceu no parque...mas ai eu lembrei que não fui o único - Ele sorri sem jeito.
Aura - Me afastei de vocês mais por causa do tempo, que anda corrido.
Taeil - Ah sim...
Aura - Mas e você o que tem feito ultimamente?
Taeil - Estudado...e também ando trabalhando, de atendente em uma cafeteria perto da universidade.
Aura - Olha!que bom, também ando trabalhando bastante.Está com fome?
Taeil - Não...
Aura - O que acha de assistirmos um filme?
Taeil - Ótima ideia!mas um filme de que?
Aura - Que tal "A coisa" aquele filme de terror?
Taeil - T-terror?eu não gosto muito...
Aura - Uma comédia romântica?
Taeil - Pode ser...
Aura - Vou fazer pipoca
Passamos a noite conversando e assistindo filmes de ação e luta, Taeil era uma ótima compania, o mesmo que contou que Yukwon andava meio triste e todo dia saia com uma garota diferente e que vivia perguntando por mim.Como estava tarde eu pedi para o Taeil dormir lá em casa, o mesmo aceitou, arrumei um colchão ao lado da minha cama - o mesmo se recusava a dormir na mesma cama que eu.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...