História Mi Otra Mitad - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Sou Luna
Tags Karol Sevilla, Ruggarol, Ruggero Pasquarelli, Sou Luna, Soylunaenvivo, Valentina Zenere
Visualizações 47
Palavras 1.924
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiii TUDO BEM MIGOOOS?? Comigo tá tudo bem graças a Deus!
Nesse capítulo talvez não tenha focado tanto na história, mas eu achei bem importante e todas as karolistas e karolistos vão se indentificar.
Desculpa pelos erros ortográficos e vamos lá!

BOA LEITURA! ❤

Capítulo 2 - Karolista Hasta Después Del Fin


Fanfic / Fanfiction Mi Otra Mitad - Capítulo 2 - Karolista Hasta Después Del Fin

 Depois de ter tomado meu café, eu sai do hotel para dar um passeio por São Paulo… Fui com Alejandro meu maquiador, ele é incrível tanto como profissional, tanto como amigo não trocaria ele por nada. Estavamo andando pela cidade.

   - Vamos aonde Karol? - ele disse

 - Não sei, me diz você - estavamos conversando normalmente quando…

- Karol?! É você mesmo?! - uma menina apareceu derrepente, como eu andei treinando português consegui entender o que ela disse… 

 - Sim, sou eu! - falei abrindo um sorrindo, era uma karolista 

 - Meu Deus eu não acredito que é você mesmo! Sério eu amo você com todo meu coração! - os olhos dela começaram a encher de lágrimas e eu não sabia o que fazer, eles são tão fofos amo muito 

 - Que lindaa! Te amoo maas! Não chora se não vou chorar também - falei abraçando ela 

 - Meu Deus, você ta muito boa no português! Te amoo Karool - escorreu uma lágrima pelo olho dela e eu sequei, já estava ficando emocionada é tão lindo o amor que os fãs tem por nós 

 - Qual o seu nome? Você é muito linda! - falei e os olhos dela brilhavam tanto, o sorriso dela ia de orelha a orelha  

- Meu nome é Bruna, obrigada mas você é muito muito linda Karol, sério eu não sei explicar o que to sentindo agora - ela tava quase pulando de alegria -Pode tira uma foto comigo Karol? 

- É claro que posso, seria uma honra - falei sorrindo e tiramos a foto 

 - Eu tenho um FC no insta pra você Karol, se chama KarolzitaFC me segue por favor, te amo muito! - sério dava pra ver o quanto ela estava feliz, e é tão boa a sensação de saber que você faz alguém mais feliz 

- Vou seguir óbvio, anota ai Alejandro - falei - Me passa o seu Insta particular também 

 - É sério isso?? Claro que passo, meu Deus! - ela me passou e eu anotei - Karol meu sonho sempre foi conhecer você, e sempre acreditei que "Todo lo que quieras lo podrás alcanzar" - ela cantou o pedaço da minha música favorita de Soy Luna "Valiente" e ela estava coberta de razão 

 - Você está corretíssima, mas agora eu tenho que ir okay?? Eu te amo muito também, depois te chamo no Insta 

 - Claro, obrigada por tudo Karol você é a melhor do mundo mundial, Te amooo! - dei um último abraço nela e fui embora, mas antes ela me avisou que iria no show e iria sentar na primeira fileira           

                                                [...]

 Depois de ter feito umas comprinhas com o Ale voltei para o hotel coloquei a roupa que costumo ensaiar e fui pro local do show. Cheguei lá umas 8:42 ensaimos bastante para nos acostumar com o palco e tudo mais. Quando foi umas 13:00 começamos a nos prepararmos e tals, pois hoje teria dois shows um 15:00 e outro 19:00, estou bem ansiosa afinal o público daqui é sempre muito animado.

 Eu ainda estava com a minha roupa, mas já estava maquiada e cabelo tudo pronto. Hoje de manhã quando conheci aquela fã e ela me disse que viria no show eu tive uma ideia. Desci até la embaixo na recepção e pedi para os seguranças da porta não deixarem ela sair quando o show acabar e que ela aguardasse ali até todos saírem. Despois subi para cima de novo e quando estava prestes a entrar no meu camarim alguém me parou. 

 - Karol eu sei que quase nunca conversamos mas… Quero mudar isso afinal, nos vemos todos os dias e vejo que você é uma pessoa muito divertida e simpatica… - era a Gio, eu também sentia que ela era especial, como se já fossemos amigas a anos 

 - Claro Gio, obrigada por não acreditar nos boatos… Você também me parece muito especial, parece que somos amigas a anos e quase nunca nos falamos… Estranho… - falei dando uma risadinha no final 

 - Verdade, mas agora vou te deixar sozinha porque não sei você, mas eu amo ficar um tempo sozinha antes do show - ela me deu um abraço e saiu correndo para o seu camarin

 Entrei no meu e comecei a colocar o macacão preto que fica por baixo de todas as roupas e depois coloquei a primeira troca de roupa. Depois de me arrumar tudo, estava pronta para o show, era mais ou menos 14:40 e já dava pra ouvir o barulho do público. Comecei a fazer o que sempre faço antes dos shows…

 Deitei no sofa do camarin e olhei para o teto e comecei a pensar, agradecendo a Deus que fez meus sonhos realidade, a minha querida avó que se não fosse por ela não estaria aqui hoje, a meu irmão e toda minha família no México por todo apoio, pela minha mãe que está sempre me acompanhando e nunca me deixa sozinha e é claro por todos os karolistos pois sem eles nada disso seria possível, eles me fazem mais feliz e os amo de todo o coração. Sendo assim quando olhei no relógio era exatas 15:00, agora os bailarinos entrariam e eu teria um tempinho pra me preparar totalmente. 

 […] 

 Show está sendo incrível, eu amo tanto o público brasileiro, todos os gritos, aplausos, eles cantando junto, dançando e é claro ver o sorriso no rostinho de cada um deles não têm preço. Agora a Ana ( Jim ) e o Jorge ( Ramiro ) estavam cantando Hanny Funy e eu estava me trocando o mais rápido essa troca de roupa é uma das minhas favoritas, o macacão preto, com branco em cima e pontinhos coloridos e a “saia”, agora seria de patins e iremos cantar modo amar. 

 […] 

 O Show já terminou e nesse momento estávamos todos pulando no palco e os fãs jogando os presentes e cartazes no palco, eu pegava o máximo que podia. Esse show foi incrível, todos os fãs se divertiram muito com a gente e eu amei. Fui pro meu camarim tirei toda a roupa do show e coloquei um short, um moletom que cobria todo o short e um tênis AllStar preto.

 Sai do camirim e dei uma olhada se não tinha mais ninguém e estava tudo fazio todos os fãs já foram, agora era 17:00. Desci na recepção e lá estava ela Bruna juntamente de uma mulher que suponho ser sua mãe.

 - Karol?? - assim que ela me viu seu sorisso já foi de orelha a orelha, eu me aproximei e ela levantou do sofá que estava sentada. 

 - Oi tudo bem? Eai, gostou do show? - perguntei sorrindo também 

 - Foi incrível, pergunta pra minha mãe eu fiquei pulando igual louca e quando você entrou no palco eu pirei sério, os momentos lutteo também foram incríveis melhor casal da vida, la vida es un sueño foi muito lindo e parte mais divertida que eu dancei muito foi Footloose. - ela não parava de falar, dava pra ver sua felicidade, tentei ignorar a parte em que ela citou um casal chamado lutteo

 - Meu Deus você gostou mesmo, fico muito feliz é tão bom saber que você faz outras pessoas sorrirem até quando estão mais triste - ela concordou comigo - Que falta de educação a minha, você deve ser a mãe dessa menina linda 

 - Sou sim, meu nome é Ana - ela também estava sorrindo, dava pra ver que estava feliz por cumprir um sonho da filha. 

 - Então Bruna eu tenho uma proposta! - falei e os olhos dela brilharam e seu sorriso ficou mais grande se isso for possível - É bem importante e vou precisar da altorização da sua mãe 

 - Fala logo, tô asiosa!!!!! 

 - Filha calma deixa ela falar - a mãe dela deu uma cutucada nela e eu dei uma risadinha

 - Então eu quero propor que você fiquei aqui comigo até o outro show acabar, você vai poder ver todo o bakestage, os camarins e vai poder ver o show com outro olhar, o que acha? - falei a olhando com asiedade

 - Você tá brincando comigo né? Só pode ser, eu devo tá sonhando só pode, eu não acredito nisso Karol - ela tava uma pilha de emoções, dava pra ver na sua cara - É óbvio que eu aceito, meu Deus eu não acredito - ela começou a pular e eu comecei a pular junto com ela 

- Só que temos que ver se sua mãe autoriza - falei ficando séria

 - É óbvio que ela autoriza, se ela não autoriza sabe que eu não falo mais com ela - ela disse lançando um olhar ameaçador para mãe, mas dava pra ver que era tudo brincadeira.

 - Pode claro que pode - a mãe dela falou fingindo medo, todas começamos a rir. 

- Pois então vamos logo que daqui a pouco eu tenho que me preparar para o próximo show - puxei as duas pelos braços e subimos no elevador. 

 […] 

 Já tinha mostrado tudo no meu camarin e no da minha mãe, agora estava na hora de ir no camarim do elenco. Bruna não conseguia para de sorrir, disse que estava muito animada pra falar com o elenco.

 Entramos pela porta onde estava com a placa escrita Elenco De Soy Luna, era um corredor bem grande a primeira porta do corredorestava escrito Ana e Malena. Respirei fundo sabia que elas não gostava de mim, mas sabia que não rejeitarim una fã amorosa. 

 Bati na porta e alguém começo a destrancar e percebi que Bruna estava tremendo um pouco, entendo ela se eu tivesse a chance de poder falar com a Selena eu estaria exatamente igual. A pessoa abriu a porta e era a Ana. 

 - O que você tá fazen… - ela parou assim que percebeu a fã ao meu lado - É uma fã? Não estou entendendo nada… - ela estava com uma cara de interrogação, Malena apareceu atrás dela perguntando o que estava acontecendo e eu já comecei a explicar

 - Bom ela é uma fã que eu encontrei por acaso na rua e como eu sabia que ela viria ao show pedi a um dos seguranças não a deixasse sair até que todos saíssem, eu quero que ela conheça todo o bakestage, que veja o próximo show com outros olhos, que ela possa falar com todos os ídolos dela, que ela realize o seu sonho, afinal eu também tenho sonhos e consegui os cumprir e agora quero ajudar outras pessoas nem que seja apenas com palavras ou com uma música, quero que elas acreditam que tudo é possível, e que nossos sonhos são muito poderosos. - Male e Ana ficaram com uma cara de espanto como se não acreditassem no que estavam vendo, elas devem achar mesmo que eu sou uma bruxa

 -Meu Deus Karol! Eu te amo! - Os olhos de Bruna estavam brilhando cheios de lágrima e ela me abraçou tão mais tão forte e eu a abracei de volta, eu acho que esse nosso encontro na rua não foi por acaso, talvez Deus teve um motivo pra querer que isso acontecesse, eu não sei qual, talvez essa menina que eu estou abraçando agora já sofreu muito, talvez ela ja passou noites chorando pensando que seus sonhos eram impossíveis mas Deus deu um jeito de mostrar pra ela que não, não era impossível e eu fico muito feliz por saber que eu fui parte de talvez um dos dias mais especiais da vida dela.


Notas Finais


O que acharaaam???
Eu meio que me fiz na Bruna digamos assim, pq seria um sonho se isso acontecesse comigo, e uma mensagem que a Karol passa muito pra mim e eu pego e agarro como toda a minha força é que TUDO É POSSÍVEL, SEUS SONHOS PODEM SE TORNAR REALIDADE, é claro que não vai cair do céu mas basta você lutar e se dedicar que um dia você chega lá!!!

Eu espero que tenho tenham gostado BEIJÃOOO e COMENTEM!! ❤❤ ~JuuhLove


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...