História Mi Renacimiento - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Marco Asensio
Visualizações 270
Palavras 1.157
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus amoressss ❤️❤️

Espero que gostem desse capítulo!! E desculpa se tiver algum erro

GENTE LÊ AS NOTAS FINAIS POR FAVOR!! Obrigada ❤️

Capítulo 2 - Nunca he hecho eso.


Fanfic / Fanfiction Mi Renacimiento - Capítulo 2 - Nunca he hecho eso.

Madrid/Espanha.

Point Off View - Marco Asensio.

Acordei com o barulho irritante do despertador. Eu odeio ter que acordar cedo pra ir trabalhar. Hoje é só mais um dia em que eu tenho que acordar cedo para ir pro treino. Só mais um dia em que eu vou ficar até tarde treinando e vou voltar pra casa cansado. Levantei da cama, fui ao banheiro fazer a minha higiene matinal, vesti a minha roupa do treino e desci. Avistei o meu pai e o meu irmão na cozinha, já tomando café da manhã.

— Bom dia pai! — Dei-lhe um beijo na testa. — Bom dia bro. O elo jeito começaram o café da manhã sem mim. 

— Claro né, demora dois anos pra levantar da cama. — Igor deu de ombros. 

Eu já tinha terminado o café da manhã. Fui até a garagem, liguei o carro e sai em direção ao CT. 

[...]

Não demorou muito para eu chegar ao CT. Pelo jeito o treino havia começado cedo. Em todo o campo já tinha alguém numa rodinha tacando a bola para o outro e alguns jogafores estavam correndo. O treinador pediu para eu me exercitar antes de eu entrar em campo, o mesmo sempre fala que devemos nos exercitar antes de entrar em campo. Fiquei alguns minutos me exercitando, até receber um “pode entrar em campo” do treinador. 

— E aí Kroos, Isco, Sérgio. — Acenei para os mesmo que estavam na rodinha tacando a bola um para o outro.

— Fala garoto! — Kroos da uma bicuda na bola e a mesma vem parar em minha direção, mas preciso, na minha cara. Todos que estavam ali começaram a rir.

— O seu idiota. Isso vai ter volta Toni Kroos!

Peguei a bola e chutei em sua direção mas a mesma desviou o seu trajeto e foi direto em Isco, acertando sem querer os seu “bem preciso” que ficava no meio das pernas. Isco caiu no chão com as mãos no meio das pernas e desatou a me xingar.

— Desculpa irmão, não era pra aceitar em você! — Eu ri. Confesso que aquela situação foi engraçada.

— Eu te odeio Marco Asensio! — Isco soou com voz de frustração. — VOCÊ VAI PAGAR POR ISSO! — O mesmo me olha com cara de poucos amigos.

[...]

Graças a Deus que já estava de noite e que o treino já tinha acabado, não tava mais aguentando aquilo. Isco ficou o treino inteiro só com a cara de poucos amigos. O treino foi muito divertido até, não foi a mesma coisa de sempre. Nós nos divertimos bastante.

Fui até o estacionamento, peguei o meu carro e fui em direção a minha casa. Tudo o que eu mais queria era deitar na minha cama, ligar a TV e ficar assistindo qualquer coisa aleatória até cair no sono.

[...]

Cheguei em casa e vi meu o meu irmão ensinando o meu pai a jogar FIFA. Uma coisa rara. Meu pai nunca gostou desses jogos, na verdade ele não gosta de nenhum jogo que envolva controle remoto. Ele fala que existe coisa melhor para se fazer do que ficar horas grudado na televisão jogando essas coisas. 

— Quem está ganhando? — Me jogando no sofá. 

— Quem você acha? — Meu pai forá rude. 

— Ei, fica triste não! Um dia você vai ganhar papi mas, esse dia não vai ser hoje!

— GGGGOOLLLLLLL — Igor levanta do sofá com as mãos pra em comemoração. — 5 à 1!

— Não sei nem por que estou perdendo o meu tempo jogando isso! Vou ir dormir que eu ganho muito mais! 

Igor olha para mim, lança um sorriso de canto. Fiz um sinal para ele de “não”. O mesmo começou a insistir, até fez uma carinha de cachorro que acabará de cair da mudança.

— Eu até que poderia jogar com você na verdade, te massacrar nesse jogo, mas eu estou muito cansado. Eu vou dormir, eu tenho que acordar cedo amanhã para resolver umas coisas. — Me despedi do meu irmão e fui para o meu quarto.

Fiquei alguns minutos mexendo no celular antes de ir tomar banho. Peguei o meu celular em que estava no criado mudo e decidi ver algumas páginas de fofocas, só para ver se tinha algo a meu respeito. Avistei uma foto que tinha ali, era foto de uma morena, afinal, uma morena muito linda. Cliquei na notícia só para dar uma olhada. Nada demais.

Kylie Marri: A morena lotou o Levi’s Stadium, só no primeiro dia de Goddess of Redemption Tour! A cantora acaba de voltar para o palco e já está dando o que falar!”

Notei que a sua beleza era radiante. Continham alguns vídeos naquele site. Pelo jeito ela era bem atenciosa com todos os seus fãs. Fui procurar o seu Instagram para ter acesso a mais fotos e vídeos.  Gostei muito dela, a mesma só pelas fotos do Instagram, tentava ser atenciosa com todos os seus fãs, tirava fotos com todos é sempre tentava manter contato com eles. Comecei a seguir a cantora no Instagram. Fiquei mais alguns minutos vendo algumas fotos dela e acabei notando de que ela era amiga do Cristiano, notei por que o mesmo curtia e comentava as fotos dela, e ela fazia o mesmo com as fotos dele.

Voltei ao site, mantive o meu foco em procurar alguma notícia minha. Até que eu achei uma, é aquele ditado: “Quem procura sempre acha”. Cliquei no link e não gostei nem um pouco do que eu vi. 

Marco Asensio: Ex- namorada de Marco Asensio abre o jogo e fala o real motivo pelo qual terminaram. Segundo ela, eles terminaram pois a fama subiu a cabeça de Asensio e o mesmo não estava mais sendo fiel à sua namorada, o jogador só pensava em festas e sempre chegava bebado em casa. Marina também disse em que o mesmo não mediu esforços para continuar a relação de dois anos com a mesma.”

Eu não estava acreditando naquilo. Fiquei alguns minutos lendo e relendo aquela notícia. Eu nunca fizerá isso com ela. Vivíamos de que se a relação não estivesse boa, era para chegar e falar, para poder concertar ou pelo menos tentar concertar. O que mais me deixou bravo foi a partem em que a Marina disse que eu vivia chegando bebado em casa, eu bebia, mas eu não bebia pra cair, só dava alguns goles e parava, afinal, qual é a graça de ficar bebado e acordar com uma puta ressaca no outro dia?! Confesso que estou triste com ela, passei anos confiando em uma pessoa para ela simplesmente me apunhalar pelas costas.

Fiquei mais alguns minutos mexendo no meu celular. Estava procurando se tinha mais alguma coisa ao meu respeito mas a única coisa que eu achava era daquela notícia que a Marina tinha dado para algum jornal frajunto por aí. Coloquei o meu celular no criado mudo, não quero saber de celular até o final da noite. Liguei a televisão e fiquei assistindo um filme que estava passando. Não demorou muito e o sono chegou.

 


Notas Finais


Obrigada pra quem esta acompanho a história ❤️

Obrigada também a minha amiga por estar me ajudando com essa história e por estar fazendo/editando as fotos Obgg meu amor ❤️❤️❤️

Gente, agora vai ter uma meta pra eu postar o próximo capítulo!! 10 COMENTÁRIOS, eu posto o próximo capítulo, então chama as amigas pra ler e comentar kakakakak, desculpa se eu demorar pra postar mas é que eu estou viajando.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...