História Miantrya-Season 1 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 348
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hoi!! Aqui temos a primeira fanfic de minha autoria. Espero que gostem!!

Capítulo 1 - Primavera-Parte 1


Fanfic / Fanfiction Miantrya-Season 1 - Capítulo 1 - Primavera-Parte 1

➸POV's Maya.
Minhas mãos passavam por entre bolsos, carteiras e bolsas. Guardava tudo o que eu conseguia na aljava das flechas, passei por uma mulher com uma cesta de pêssegos e peguei um, mordendo um pedaço do mesmo. Uma coisa boa de se morar em Miantrya era a baixa vigilância e vista grossa. Mãos grandes e quentes agarraram meus ombros e deixei escapar um sorriso.
-Kilorn, Kilorn. -Me virei para o homem de barba grande, alto e moreno, ele era bonito, mas estava casado com minha irmã, Lisa.
-Maya Morgan, precisamos voltar para casa AGORA.-Ele me puxou pelo braço, fazendo o pêssego escapar da minha mão e cair no chão.
-Ei, meu lanche caiu no chão!-Protestei, mas ele apenas bufou e revirou os olhos.
Chegamos na casa de madeira e pedras. Uma casa simples na parte pobre da cidade, mas era aconchegante.
Lisa estava agarrada com minha mãe, as duas choravam. Um carro preto com uma rosa branca no capô estava estacionado. Um homem de ombros largos e óculos escuros me esperava.(Autora-Chan:O FBI ACHOU A MAYA, SANTO CRISTO!!!)
-Senhorita Morgan-Ele disse, sua voz soava grave e séria-Você virá conosco, suas malas estão no carro e sua família já deu permissão.
Olhei para minha mãe. Ela fez um "sim" com a cabeça e entrei no carro. A primeira vez em um automóvel encheu meu corpo de adrenalina e nervoso, me dando uma sensação de borboletas no estômago. O homem fechou a porta e se sentou no que parecia o banco do motorista, dando partida. Eu observei a casa e a minha família ficando mais longe de mim a cada momento. Lágrimas saíram dos meus olhos. O que havia acontecido?

✥POV's Maximus.
Eu esperava Leffrey voltar com a menina. Um sangue prateado não poderia ser deixado de lado, ainda mais se fosse da Casa dos Archery. Uma sensação de sentimento culposo cresceu em mim, uma sensação de culpa extrema e de grande dor. Eu tossi e bebi um pouco do chá em cima da mesa. A princesa Maya estava vindo, e eu, o feiticeiro, não esperava o que iria acontecer.




Notas Finais


Capítulo curtinho;-;...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...