História Michael Myers é Meu "Amigo"! - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Halloween
Tags Halloween, Michael Myers, Romance, Vampiro
Visualizações 32
Palavras 1.283
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - "O Halloween Homicida"


Fanfic / Fanfiction Michael Myers é Meu "Amigo"! - Capítulo 3 - "O Halloween Homicida"

《 Mellynda ON 》

Chego Em Casa e Vou Direto Para a Cozinha, Coloco o Gatinho No Chão e Procuro Algo Para Ele Comer, Reviro Os Armários e Nada.

- Hmm...Será Que Você Gosta de Sangue? - Pergunto a Mim Mesma, Até Que Percebo Oq eu Havia Acabado De Falar. - Ahh, A Burrice Bateu Em Mim Hoje! - Digo Batendo a Mão Na Testa.

Procuro Na Geladeira e Acho Uma Caixa de Leite, Pego e Coloco Em Um Potinho, E o Gatinho Vai Correndo Até o Pote.

- Humm...Qual Nominho Eu Devo Te Dar? - Falo Colocando a Mão No Queixo. - Gasparzinho? É, Gasparzinho! - Digo Me Abaixando e Fazendo Carinho Na Cabeça Dele.

O Bom Desse Gato é Que: ELE É MUITO PELUDO.

- Acho Melhor Eu Ir Dormir...Quero Muito Rever o Michael! - Falei Dando Pequenos Pulinhos de Alegria e Logo Subindo Para Meu Quarto. 

| Dia Seguinte; No Colégio |

Lá Estava Eu Sentada Tendo Que Ouvir Uma Professora do CAPETA Falar Mil Coisas Ao Vivo e a Cores Pra Mim, E eu Só Estava No Mundo da Lua Pensando No Michael Myers, Eu Estava Literalmente Contando Os Segundos Do Relógio Para Ir Vê-lo, Até Que o Sinal da Escola FINALMENTE Toca.

Pego Rapidamente Minha Mochila e Saio da Sala, Vou Até Um Canto Escondido e Me Teletransporto Para o Sanatório Smith's Grove, Entro No Sanatório e Dou de Cara Com o Doutor Sartain.

- Mellynda Myers! Que bom que Compareceu! - Disse Ele Com um Pequeno Sorriso. - Michael Ficou a Noite Inteira Acordado Só Esperando Você Aparentemente. - Falou Ele Pegando Gentilmente Em Meu Braço e Me Puxando.

O Michael Me Esperou? Olha Só!

- Ele Sempre Dormia Normalmente, Mas Depois Que Você Entrou No Quarto Dele Ele Não Dormiu! - Diz Ele, E Noto Que Estávamos No "Pátio Aberto" Do Sanatório.

- Certo...E Onde Ele Está? - Perguntou Olhando Ao Redor.

- Ele Está Bem Ali Sentado, Parece que Quando Você Chegou Ele Passou a Observa-la, Como Está Fazendo Agora. - Ele Diz, E eu Olho Para Michael, Que Me Olhava Fixamente.

- Michael! - Digo Indo Até Ele, E Sentando Ao Seu Lado No Banco. - Oi! - Falo Animadamente. - O Doutor Sartain Me Falou Que Você não Dormiu, É Verdade? - Perguntei O Olhando, E ele Fica Em Receio, Mas Faz Um 'Sim' Lentamente Com a Cabeça. - Oh, Pelo Visto a Segurança Daqui é Rígida. - Falo Olhando Seu Pulso, Que Continha Uma Corrente.

Olho para Sartain, Ele Parecia Intrigado Com Meu Jeito Com Michael e O Jeito Que ele Me Trata, Provavelmente Ele Pensou Que Michael Iria Me Estrangular Ali Mesmo.

- Eu Sinto Uma Leve Tristeza Em Ver Você Assim Michael, Ver Você Preso. - Digo Olhando Seu Pulso, E Sinto Ele Colocar a Mão Em Meu Ombro. - Mas Enfim, Vamos Falar de Uma Coisa Mais Interessante! - Digo. - Quer Saber Quais São Meus Poderes? - Sussurro Baixo Só Para Ele Escutar, E Vejo Ele Fazer Um 'Sim' Com a Cabeça.

Sinceramente, Estou Gostando Muito de Falar Com o Michael.

- Hmm...Meus Poderes São: Velocidade, Teletransporte, Voar, Imortalidade, Metamorfose, Super Audição E Alguns Outros Que Não Sei Como Explicar ou Dar Nome. - Falei Contando Os Dedos, O Olho e Vejo Suas Sobrancelhas Levantarem, Indicando..."Surpresa"?

Olho Novamente Para Sartain e O Vejo Conversar Com Aquele Repórter, O Aaron, E eu Ouvia a Conversa Deles.

- A Única Que Consegue o Fazer Ter Reação é a Garota Que Está Ao Lado Dele, Aparentemente Eles Estão Conversando. - Disse Sartain.

- Eu Não Sei Pq Te Tratam Como se Fosse Um Bicho Indecifrável, Eu não Vejo Oq Eles Vêem! - Digo Cruzando Os Braços.

Fico Me "Comunicando" Com Michael Por Algum Tempo, Até Uns Dos Pacientes Do Local Gritar:

- VAMPIRA!! - Gritou, E Eu O Olho Espantada, E Vejo Sartain Com Uma Expressão Séria. 

Enfermeiros Aparecem e Levam o Paciente Para Um Outro Local, Ufa Não Desconfiaram.

Detalhe: Eu estava Parecendo que Estava de Luto.

Eu Estava Com Um Vestido Longo Preto, Botas, e Um Chapéu Preto, Acho Que Até Mesmo o Michael Achou Isso Confuso.

Até Que Vejo Sartain Se Aproximar de Nós, Ele Só se Aproximou Até Uma Linha Amarela, Provavelmente Para Michael Não o Agredir Eu Acho.

- Senhorita Myers, Você Precisa Ir. O Michael...Ele Será Transferido. - Ele Fala, E eu Travo, Sinto Michael Pegar Na Minha Mão.

- Oq? - Pergunto Incrédula, E Vejo Enfermeiros Soltarem Michael e O Levarem Para Longe. - Espera, Pra onde Vão o Levar?!

- Ele Será Transferido, Será Transferido Para Uma Nova Unidade. - Disse Ele, E eu Olho Michael Ser Levado Por Eles.

- Michael..

[ Quebra de Tempo ]

Era Noite E eu Estava Deitada No Sofá da Sala Com o Maior Tédio do Mundo, Até Que Passa Uma Notícia Na TV.

TV:

"Atenção Todos! Emergência de Última Hora! O Ônibus Que Transportava Os Pacientes Do Sanatório Smith's Grove Sofreu Um Acidente! Com Isso, Vários Pacientes Acabaram Escapando, Mas Tomem Cuidado Se Encontrarem Este Paciente! *Mostra Foto do Michael Com a Máscara.* Ele é Bastante Perigoso! Não Saiam De Suas Casas! Tranquem Suas Portas e Janelas Se Não-"

Desligo a TV e Me Sento No Sofá, Michael Myers Solto Ham?

E Advinha Que Dia Era Hoje? 31 de Outubro! Halloween!

Provavelmente Esse Halloween Vai ser "O Halloween Homicida"

Saio De Casa e Me Deparo com Inúmeras Crianças Correndo Fantasiadas e Casas Decoradas, DEFINITIVAMENTE Esse Halloween Não Vai ser Bom.

Ando Pelas Ruas e Vejo Uma Casa Comum Como Todas as Outras, Mas Com Algo Em Diferente, A Janela da Frente...Tinha Sangue.

Michael Passou Por Aqui, Estou Perto.

Ando Normalmente Pelas Ruas Até Chegar Em Uma Rua Completamente DESSERTA.

Caminho Pelo Rua Receosa, Quando Algo Me Empurra Por Trás, Me Fazendo Cair No Chão, E Ouço Uma Voz Falar:

- Oops! - Disse Uma Voz Feminina.

Me Levanto e Olho Para Quem Me Empurrou, Era Uma Garota Completamente Desconhecida Por Mim.

- Oq Que eu Te Fiz Guria? - Perguntei, Mas Quando Olho para Trás Dela Tomo Um Susto.

- Oq Foi Sua Idiota? Pra Onde Está Olhando?! - Pergunta Ela Raivosa.

Antes Que eu Pudesse Falar, Uma Faca Atravessa Seu Peito, Fazendo Ela Cair Morta Em Minha Frente.

Era Michael, Ele Usava Um Macacão Azul e Uma Máscara Branca, Exatamente Como a TV Havia Mostrado. 

- Michael!! - Digo o Olhando Surpresa, E Ele Envolve Suas Mãos Em Minha Cintura e Me Joga Em Seu Ombro, Como se eu Fosse Um Saco de Verdura. - Au! Cuidado Aí Amigo! - Falo com Um Tom Irritado, E Ele Começa a Andar Em Direção a Rua Em Que eu Estava Antes.

Sinceramente, Ele Pegou Uma Data Boa Para Assassinar, Pq Ninguém Iria Suspeitar Dele! 

Mas Ninguém Viu a Reportagem Não? Ué?

O Povo Burro!

- Ei Michael...Se Não For Pedir Muito...Mas Você Pode Me Dar Sua Faca? - Pergunto E Ele Simplesmente IGNORA. - Ahh, Vai Michael! Por Favor!! - Falo Batendo Em Suas Costas, E Vejo Ele Esticar a Mão Para Trás, Me Mostrando a Faca Ensanguentada. - Aww, Merci! - Falei Pegando a Faca.

Olho A Faca Por Alguns Segundos e Depois Começo a Lamber o Sangue Que Tinha Ali, E Logo Depois Vejo Michael Esticar a Mão de Novo, O Entrego a Faca e Ele Me JOGA No Chão.

Detalhe: Estávamos Em Frente à Minha Casa.

- Aí!! - Exclamo Vendo Ele se Afastar de Mim e Ir Até Uma Casa. - Eu Não sou Um Saco de Lixo Pra Me Jogarem! - Falo Me Levantando e Batendo a Poeira da minha Roupa. 


Notas Finais


:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...