História Middle Secret! - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias League Of Legends
Personagens Ahri, Syndra
Tags Blank, Faker, League Of Legends, Peanut, Skt
Visualizações 111
Palavras 1.482
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como uma rainha do drama, não poderia faltar isso na história, mas relaxa que vai ser maneirado. Khay não é do tipo chorona, vai ficar tudo bem, relaxa.

Boa leitura ♥

Capítulo 11 - Namorada



Três dias após colocar meu número no telefone de Faker, estava um pouco confusa por não ter recebido um simples "Olá". Será que ele não quer me ver? Ah claro, ele é o grande "Rei da Mid Laner" e quem sou eu? Esquece.
- O que aconteceu? Você parece bem confusa - Lily perguntou curiosa. - Perdeu cinco seguidas...
- Eu não consigo me focar, só é uma fase ruim - murmurei. 
- Agora você é uma jogadora profissional, não deve deixar essas coisas te afetar.
- É eu sei. Vou ir dar uma volta, daqui a pouco volto - falei e me despedi.
Estava vestindo uma camiseta de Los Hermanos, um casaco imenso, short e uma sandália.
Tenho andado tão "na Disney" que simplesmente não consigo focar em meu jogo. Lily tinha razão, se ele não quer falar comigo, o que tenho que fazer é respeitar e viver minha vida, não é mesmo?
Peguei um táxi qualquer na porta de nossa casa, assim pedi para que me levasse em alguma Lan House ou coisa do tipo. Precisava respirar fundo e ver pessoas novas.
- Obrigada! - agradeci.
"Space" era o nome do local. Lá parecia ser uma Lan House bem famosa, ficava de frente para um Shopping. Muitos jovens com uniforme escolar jogavam, mas não possuía muitas garotas. Entrei, conversei com um atendente e consegui arrumar um computador. Estava atraindo alguns olhares, mas acredito que eram meu traços ocidentais. 
Não poderia logar em minha conta original pelo simples fato de estar "chamando atenção". Decidi criar uma conta nova por ali mesmo e começar a jogar. O nick ficou como "More More" fazendo referência à famosa frase "Saudade da Morena".  Joguei as três partidas contra bot e coloquei RP em um cartão pré pago que vendia pela loja. Não sabia ao certo o que comprar, mas então peguei Lux com sua Skin Ultimate. 
- Olá, está aprendendo jogar? - um garoto se aproximou gentiu (e com um péssimo inglês).
- Na verdade só criando uma conta nova - ri. 
- Meu nome é Yamato! Sou japonês, mas passo maior parte do tempo aqui na Coreia. Se quiser jogar - o garoto parecia gentil.
- Meu nome é Khayra. Claro que sim, estou acabando aqui.
Assim o Japonês pegou um computador ao meu lado e ficamos jogando em conta nível baixo. Ganhamos sete seguidas, ele ficou bem surpreso com meu desempenho e então começaram a aglomerar em frente ao nosso pc. 
- É hora do almoço... - falei calmamente. - Vou comprar alguma coisa para comer aqui no Shopping, daqui a pouco retorno. 
- Okay, Khay-chan - o garoto falou com um sotaque Japonês tão fofo. Meu Deus. - Vou com você, um segundo.
Assim o garoto me acompanhou. Atravessamos a rua, até que então o shopping parecia bastante movimentado por garotas adolescentes e eu perguntei sobre ao Japonês.
- Ah, pelo que entendi a Yeri do Red Velvet está fazendo uma sessão de fotos por aqui - murmurou despreocupado. - Quer ver?
- Nunca vi uma Idol de perto. Vamos... 
Assim seguimos aquela multidão e lá estava a tão famosa "porta da esperança" lotada de seguranças. Olhei de uma pequena parte do vidro, lá estava a garota sorridente fazendo pose ao lado de alguém. Como a belíssima curiosa nata, dei um jeitinho de entrar na Loja de CD onde ela fazia a tarde de autógrafos e fingi comprar alguma outra coisa. Conseguimos entrar (vantagens de ser mais velha), lá estava ela com uma roupa combinando com a pessoa ao seu lado. Engraçado, ele se parece com o...
- Não creio, é o Faker - Yamato falou surpreso. - Não sabia que ele era do tipo que gostava de acompanhar a namorada em todo lugar.
- Namorada? - perguntei surpresa. - Entendo.
Assim olhei para o casal em nossa frente, nesse momento Yeri pareceu nos perceber e deu um sorrisinho acompanhado com um pequeno aceno. Dei um sorriso amarelo, até que o seu "querido" namorado colocou o olhar em mim. Parecia surpreso. Uma hora a verdade vem à tona. 
- Vamos Yamato - pedi.
- Mas é o Faker... Vamos tirar uma foto com ele, por favor. 
- N-Nã...
- Nada disso, vem comigo. 
O Japonês me puxou pela mão e caminhou em direnção à Sang-Hyeok.
- Olá, nós somos grandes fãs - o garoto parecia nervoso. - Gostaríamos de tirar uma foto com você.
- Pode tirar querido, vou tomar uma água e já retomamos - Yeri parecia super amorosa. 
- Uma foto? - ele me olhou e fingi que não o conhecia. 
- Essa é Khayra, ela joga muito bem no mid. Sou Yamato, não sou tão bom quanto ela na rota do meio, mas quem saiba eu não sou um Wolf em ascenção? - falou divertido.
- Vamos tirar a foto - falei impaciente.
Assim tiramos a foto a qual estava totalmente séria. Sem dizer nada, me retirei do local e vi o garoto ao meu lado com um sorriso bobo. 
- Não acredito que tenho uma foto com ele - mumurou.
- Quero um copo de Milkshake, só isso. Perdi o apetite.
Caminhamos até o Mc Donald's, comprei um Milkshake e o garoto comprou um dos combos da promoção. Terminamos de comer, enquanto saíamos do local, nos deparamos com o casal 2017 novamente. Eles pareciam ir embora, assim ignorei e entrei na imensa Lan House. 
Jogamos por toda tarde, me sentia mais calma (porém decepcionada) e meu jogo parecia melhor que nunca. Eu estava bem competitiva, mas o que fez tudo isso acontecer era o simples fato de odiar mentiras. 
- Yamato, está anoitecendo e preciso ir embora - falei séria. - Me dê seu número que mando alguma mensagem e jogamos juntos. 
Trocamos nossos números e o garoto se ofereceu para me levar até a Gaming House. Ele tinha uma bela moto. Aceitei a carona e fui deixada na porta de casa.
- Obrigada pela tarde, podemos marcar qualquer dia desses para sair - falei e entrei na casa. 
- Até mais, Khayra - sorriu.
Ao adentrar a casa, as garotas estava olhando mim com um riso preso. Elas viram... Fudeu.
- "Obrigada pela tarde, podemos marcar qualquer dia desses para sair" - Hanabi falou debochada. - Quem é o gatinho?
- Passou a tarde toda com esse Deus grego? Minha amiga... - Lily zombou.
- Bobas! - falei rindo. - Fui em uma Lan House, então conheci esse Japonês lá, quer pra você Hana? - perguntei divertida.
- Tem um Brasileiro que estou interessada - ela disse rindo. - brTT é o nome.
- Não creio, você gosta do brTT? - perguntei chocada e ela concordou.
- Meu sonho de consumo. 
- Japonesa safada - Lily falou rindo.
- Vamos criar uma campanha "Um Crush Para Lily" você está precisando - Hanabi disse rindo.
Ficamos conversando por um tempo ali mesmo na sala, até que Lily foi para o quarto gravar sua stream. Hanabi ficou deitada no celular e eu mandei uma mensagem para Yamato.
"Como está sendo sua noite? Obrigada pela carona. Khayra." - deixei a mensagem.
"Olá Khayra, fiz alguma coisa de errado? Na verdade não mandei mensagem por não saber o que dizer. O que aconteceu que fingiu não me conhecer? Fiquei confuso. Sang-Hyeok." - recebi uma mensagem.
Esse coreano ordinário começa namorar, esconde de mim (não que eu tenha obrigação de saber sua vida amorosa) e ainda quer entender o que houve? Vai se fuder.
"Seguinte: Você não fez nada. É só coisa da minha cabeça, mas de qualquer forma é melhor não mandar mensagens. Obrigada. Khayra."
Se você acha que sou digna de pena, está muito enganado. Três dias caindo de colocação por estar esperando a ligação de um safado que estava ocupado comendo a namorada. O que ue tenho na cabeça? 
Me levantei e decidi jogar algumas ranqueadas. Aquela Khayra deprimida acabou sumindo, ganhei todas que joguei aquela madrugada e estava mais afiada que nunca. 
- Estava vendo seu perfil, ganhou oito seguidas? - Lily apareceu em meu quarto chocada. - Isso se chama "Efeito Japonês"? Saia mais com esse garoto...
- Só deu vontade de jogar com a Lux hoje. - murmurei. - Estou cansada, amanhã é um longo dia.
- Isso é verdade, durma bem. Fui pegar uma água, mas vou retornar pra Stream. Beijos - a garota se despediu e então voltou para o quarto. 
Peguei meu celular, abri na stream de minha streamer (e agora, amigona) favorita.
"Voltei gente, é o seguinte, estava pensando em jogar com algo que alguns de vocês indicaram" - Lily dizia animada.
Acabei dando um donate com a seguinte mensagem "Khayra aqui. Quero Vayne AP mid" escrevi a mensagem sorridente.
- AP mid? a Srta. está querendo acabar com minha conta? - murmurou divertida. - Gostei.
Assim me diverti assistindo aquela linda americana com traços orientais jogando, até que peguei no sono. 


Notas Finais


Olá meus bebês,
esse capítulo foi pra continuar dando um rumo da História.
O que acharam? Faker está namorando uma Idol, Khayra conheceu um Japonês. O que será que vai acontecer agora adiante? Fiquem ligados.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...