História Midnight Killer - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Amor, Assassino, Bangtan Boys, Bts, Crime, Exclusão, Hoseok, Imagine, Jimin, Jin, Jungkook, Mistério, Morte, Namjoon, Perseguição, Policia, Taehyung, Yoongi
Visualizações 170
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi meus bolinhos, sei que passou muito tempo desde que não postei capítulo. Bom durante este tempo eu fui de férias e não parei um segundo em casa e diguemos que eu sou a preguiça em pessoa e adormeço na hora. Ainda assim agradeço muito pelo apoio e me desculpem pela demora.
Amo vocês muito!

Agora sem mais demoras vamos pro capítulo que hoje as coisas vão esquentar!

Capítulo 16 - Guns and Roses


Fanfic / Fanfiction Midnight Killer - Capítulo 16 - Guns and Roses

Escutei o alarme de meu celular tocando, quando virei para o desligar reparei algo pesado sobre minhas costas e ao olhar de canto é que pude me aperceber.

Jungkook estava ali, dormindo calmamente com um de seus braços à volta de minha cintura enquanto o outro, sobre o travesseiro ao lado de seu rosto.

Sorri observando cada detalhe de seus rosto. Seus olhos fechados, sua boca entre aberta e sua pele extremamente delicada.

Uma de minhas mãos foi até seu rosto, o acariciando com a ponta de meus dedos logo arrancando uma reação do maior. Um sorriso se formou em seus lábios e quando me dei conta seu corpo já estava sobre o meu e seus olhos me encaravam profundamente.

-Bom dia! - Falei

-Bom dia. - Depositou um selo em meus lábios - Durmiu bem?

-Sim e você? - Sorri

-Perfeitamente, depois daquilo tudo...

Percebi o que queria dizer e corei de leve. 

-Eu preciso de ir. - Falei empurrando o garoto 

-Não quero que vá. - Fez bico ao se sentar na cama

Enrolei o cobertor em meu corpo e me coloquei de pé. 

-Já faltei dias suficientes, daqui a pouco sou despedida. - Caminhei até o banheiro

-Um dia não faria diferença... - Deu de ombros

-Jungkook... - Olhei pela porta e voltei para dentro

-Tudo bem, mas quando voltar iremos sair.

Sorri me olhando no espelho e no momento seguinte fechei a porta indo tomar banho. Fiz minha rotina diária normalmente e fui até meu trabalho sem tomar pequeno almoço.

Abri a porta do escritório e pude ver Momo me olhando com uma cara um certo desconfiada. 

-Bom dia. 

-Bom dia... - Respondeu 

Reparei que Momo estava meio estranha e resolvi perguntar. 

-O que tem? - Pousei minha bolsa na cadeira

-Faltou esses dias todos por causa dele?

Fiquei algum tempo em silêncio, sabendo muito bem de quem a garota se referia. Não queria admitir por mais que fosse a verdade e isso a deixaria com nenhum agrado.

-Ai ai S/N... Você o conhece assim tão bem para se abdicar do seu próprio trabalho, praticamente. 

-Momo eu... Conheço o suficiente Jungkook e foi sem querer... 

-Sem querer? S/N, algo de errado tem naquele garoto e você sabe muito bem que quando eu digo é porque é verdade.

-Talvez você esteja errada. - Falei séria 

-Como ousa? - Se levantou da cadeira - Está querendo brigar comigo só por causa dele?

-Não estou brigando, você que está se stressando por besteira!

-Eu me preocupo com você! - Respondeu quase gritando - Mas você parece não querer saber...

-Momo eu não quero brigar com você... 

-Nem eu... 

-Me desculpe. - Fui a primeira a falar

-Não precisa, eu sei o que é estar apaixonada e compreendo mas tenha cuidado, algo não está certo sobre ele. 

-Eu irei ficar mais atenta, não se preocupe. É prometo não faltar mais ao trabalho a menos que seja necessário... 

-Essa é a S/N que eu conheço... Agora vamos ao trabalho.

Ambas sorrimos e de seguida nos sentamos de frente para nossos monitores, começando a focar logo em nosso trabalho. 

-///-

Já era praticamente de noite quando saí daquele lugar. Como sempre nada de novo, sem ser o facto de meu patrão ter pedido um monte de declaração por minhas faltas mas enfim...

Estava agora a caminho de casa pensando na vida, como sempre. Até que meus pensamentos pararam em Jungkook e sem me aperceber um sorriso se formou em meu rosto mas noesmo instante o mesmo sumiu ao se lembrar do aviso de Momo.

Conheço Momo à muito tempo e por mais que custe admitir, ela está sempre... Sempre!

Fiquei com aquele pensamento em minha cabeça até chegar a casa e decidir esquecer aquilo tudo.

Saí do carro e caminhei até a porta, a abrindo de seguida. Entrei na casa e pousei minha bolsa no chão juntamente com meus sapatos que já tinham sido retirados. 

-Jungkook! - Chamei seu nome sem obter qualquer resposta - JUNGKOOK!

Sem êxito acabei por desistir e ir à sua procura. Procurei por todos os cantos de casa e quando entrei em nosso quarto me deparei com um bilhete sobre a cama. O segurei entre meus dedos e o abri. 

Cara Sra. S/N

Sei que tínhamos planos para hoje, quando chegasse mas devido a problemas pessoais não poderei comparecer. Espero que compreenda. Voltarei mais tarde.

Cumprimentos Jungkook


Ri ao terminar de ler a carta devido à sua formalidade mesmo sabendo que era brincadeira mas no fundo fiquei triste, não muito, mas enfim... 

Me joguei sobre a cama olhando pro teto quando a ideia mais louca passou por minha cabeça.

Voltei a me colocar de pé e caminhei até o armário onde começei a procurar por coisas aleatórias e quando dei por mim estava no centro de um monte de roupas incluindo as de Jungkook.

Me estiquei para pegar uma de suas blusas e ao puxa-lá acabei por reparar uma caixa por trás daquilo tudo, bem no meio da escuridão total do armário.

Puxei a caixa com um certo esforço e quando finalmente a tinha em mãos, a joguei na cama. 

A caixa era totalmente preta com uma fechadura enferrujada e velha. Abri a caixa sem qualquer dificuldade mas no seu interior encontrei o que não queria ter visto.

No seu interior também preto pude ver uma máscara totalmente familiar para mim e ao seu lado uma arma prateada gravadas com a inicial K.B.

Minhas pernas cederam quando me deparei com a situação, fiquei de joelhos, de frente para a caixa. Meu corpo tremia e meus olhos marejavam a cada segundo que passava olhando para aquela arma.

Aos poucos fui me afastando da caixa, deixando minhas costas encostar em uma das paredes do cómodo. Peguei meus cabelos, os puxando no mesmo instante. Minhas respiração estava descontrolada e lágrimas corriam meu rosto sem paragem. Fiquei naquele estado por um bom tempo até que me deparei por mim e rapidamente me levantei.

Segui para o andar debaixo e peguei em minha bolsa, calçando meus sapatos, saí da porta numa desparada e entrei em meu carro. Acelerei até um dos únicos lugares que tenho certeza que me acalmaria. 

Peguei em meu celular e ainda com o carro em alta velocidade, digitei o número de Momo no ecrã. 

Não demorou muito tempo para que a mesma atendesse e antes que pudesse falar, fui direta ao assunto. 

-Momo... - Falei chorosa

-S/N? Porque está chorando? - Falou preocupada

-Você estava certa, ele não era quem eu pensava... 

-Se esse filho da puta encostou um dedo em você - A cortei falando primeiro

-Ele me mentiu... - Momo ficou em silêncio esperando que eu continuasse - Eu preciso de ir... 

-O que? S/N me conta melhor... O que... 

Sem esperar mais nenhuma palavra, terminei a chamada e segui meu rumo. 

-Eu moro com um assassino.... 



Notas Finais


E agora? Como será a reação de Jungkook? Será que você morrerá...

Essa foi dramática... Enfim, nos vemos numa próxima vez. Bjos, amo vocês! 💕💕💕💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...