História Midnight Kiss - imagine Sunmi - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Lee Sunmi
Personagens Lee Sunmi, YuBin
Tags Festa, Imagine, Lee Sunmi, Orange, Wonder Girls, Yuri
Visualizações 288
Palavras 1.387
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Orange, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo saindo! Espero que estejam gostando de ler, tanto quanto eu estou adorando escrever isso <3

Capítulo 2 - New Moon


Fanfic / Fanfiction Midnight Kiss - imagine Sunmi - Capítulo 2 - New Moon

- Bom dia, (S/n)!
- Ahn?
Eu ainda não havia me recuperado totalmente da festa na noite anterior. Acordei com uma ressaca das brabas..
. Até a luz me incomodava. Me esgueirei até a janela para fechar a cortina.
- Não vai me responder? - disse minha amiga ao telefone, um tanto impaciente.
- Ah sim! Bom dia...
- Aconteceu alguma coisa ontem? Você parece estranha...
- Só estou cansada - e estava realmente, mas não era a única coisa que me distraía.
Ela comentou alguma coisa sobre a viagem que faria com o namorado naquela semana, para "começar o ano com o pé direito".
- E você, (S/n)? Como foi seu início de ano? Promissor?
- Hm... Foi bom, eu acho. Na verdade foi ótimo, apesar de ter deixado uma baita dor de cabeça agora.
- E a festa foi boa, afinal?
Os flashes da noite anterior tomaram a minha mente de imediato. Permaneci muda, tentando me encontrar no meio das minhas memórias confusas.
- (S/n)??? O que foi? - ela riu, de leve - tem algo que queira me contar? Já sei, rolou alguma coisa com aquele cara que você tinha me falado... Ele já estava de olho em você há um tempo né?
- O que? Não, nada disso. De quem você tá falando?
- Você sabe de quem estou falando. De qualquer forma, mesmo que não seja ele, alguma coisa aí tem. Você está muito aérea...
- Ah, da um tempo! - exclamei, um pouco irritada - Eu só tô de ressaca, nada de novo.
- Aham... Como você preferir.
Ela permaneceu em silêncio por alguns minutos, como se esperasse que eu dissesse mais alguma coisa. Depois desistiu e terminou de contar os detalhes sobre a viagem. Despediu-e com um "tchauzinho e feliz ano novo" desligando o telefone e me deixando sozinha com meus pensamentos.
Sunmi... Aquilo só podia ter sido sonho. Mas foi tão real que eu conseguia me lembrar de cada detalhe. O cheiro de se perfume e a textura macia dos lábios fartos. Não, não era um sonho. Sunmi havia realmente me beijado. Mas e agora?
Bem, talvez eu devesse agir naturalmente. Com certeza ela devia estar um pouco bêbada também na hora e talvez nem se lembrasse do ocorrido... Era isso. Eu devia continuar a agir naturalmente.

08 de janeiro/2018 - Segunda

De volta ao trabalho... Estavam todos se preparando na sala de ensaios para o próximo comeback de Sunmi que, aliás, entrou no recinto ja conversando com todos, muito atenciosa. Perguntou como tínhamos passado o recesso e o que havíamos achado da festa. Nesse momento ela me encarou e meu corpo gelou por completo.
Enquanto os outros contavam sobre seus dias fora, Sunmi fixava seu olhar em mim, com os lábios entreabertos num quase-sorriso, parecendo se divertir com a minha reação de dúvida. Seria loucura da minha cabeça? Parecia que ela estava me provocando, de certa forma.
A troca de olhares foi quebrada pela voz do manager, que enchia o saco para que começássemos logo o ensaio. Posicionei-me na sala ainda tentando decifrar aqueles olhos castanhos.

~~~
Mais tarde naquele dia eu estava no vestiário. Precisava de uma ducha gelada depois de dançar por três horas seguidas. Deixei minhas roupas no escaninho e fui pra debaixo do chuveiro. Girei a torneira, sentindo a água cair sobre a minha cabeça que estava fervendo. As vagas cenas do ano novo ainda pairavam em minha mente, quando ouvi uma voz familiar. Sunmi cantarolava Full Moon lá fora. A voz começou a soar cada vez mais alta, até que percebi que ela se aproximava do box.
- Hoje o ensaio foi pesado, não acha (S/n)?
Como ela sabia que era eu ali? Teria me seguido? Não, eu não achei que ela seria esse tipo de stalker. Provavelmente eu tinha deixado qualquer coisa minha do lado de fora do armário. Ou então...
- Nem tanto - respondi. - já me acostumei ao ritmo.
Ela riu.
- É, você pega o ritmo bem rápido mesmo. Que fôlego...
Algo me dizia que ela não estava falando somente do ensaio... Tentei responder alguma coisa, mas achei melhor permanecer em silêncio. Seria péssimo se ela notasse minha voz tremida pelo nervosismo.
Ouvi seus passos se afastando.
- Até mais, (S/n). Não esqueça seu casaco aqui fora...
Ouvi a porta se fechando à distância e soltei pesadamente a respiração que eu nem percebi estar segurando.
Ela tinha conseguido o mesmo efeito sobre mim uma vez, durante a apresentação de Gashina no ano anterior.
Todos estavam em seus lugares no palco. A música começou e logo no inicio fui surpreendida por Sunmi que encurtara de repente a distância entre nossos rostos, quase como se fosse me beijar ali mesmo. Não costumávamos ensaiar assim. Ela se aproximou bem mais na apresentação. Senti sua respiração e prendi a minha, tensa. Continuei seguindo os passos mecanicamente, tentando não deixar que o impacto daquele momento me atrapalhasse durante o resto da coreografia.
Ainda perdida em minhas memórias, sai do boxe enrolada em uma toalha e busquei minhas roupas no pequeno armário no final da fileira. De fato, meu casaco ainda estava jogado em um banco por ali. Depois de me vestir, guardei o casaco e saí do vestiário, em direção à porta principal do prédio. Voltei pra casa absorta nas minhas frustrações.

~
10 de janeiro/2018 - Quarta-feira

A equipe de dancers se reunia para almoçar no pátio da empresa. Sunmi nos acompanhava às vezes. Essa fora uma das ocasiões.
Ela vestia um cropped branco e um short jeans claro, rasgado. As botas escuras de cano curto contrastavam com as pernas muito claras. Seu cabelo estava levemente despenteado e caía sobre seu rosto enquanto ela mexia no celular.
Terminávamos de comer a sobremesa - gelatina de morango - e Sunmi prendia em sua boca uma colher de metal, a qual puxou devagar com uma das mãos, ainda de olho no telefone. Levantou os olhos e me encarou. Deu um risinho de leve enquanto terminava de lamber a colher. Eu estava fisicamente imóvel, mas minha mente viajava muito rápido. Os outros continuavam conversando ao meu redor e, vez ou outra, ela participava da conversa também. Mas seu olhar sempre pousava sobre mim. Na verdade eu não tinha certeza se era uma impressão errada causada pelos meus desejos, ou se ela estava realmente tentando chamar minha atenção.
Observei enquanto Sunmi penteava os fios escuros pra trás e cruzava as pernas, expondo melhor as curvas suaves de suas coxas. Deus, que mulher... Fui salva de meus devaneios por uma mão no meu ombro. Faltavam apenas 15 minutos para o final do horário de almoço. Tive de me apressar para escovar os dentes e chegar até a sala de ensaios.
~
No fim do dia, saía do vestiário em direção à porta, mas lembrei de buscar algumas coisas que havia deixado na sala de ensaios. Ao chegar, me deparei com a porta entreaberta, por onde espiei Sunmi terminando de passar algumas partes da nova coreografia sozinha.
Fiquei ali parada durante algum tempo, me perdendo na visão do corpo que se movia suavemente à minha frente.
- Por que não entra logo, (S/n)?
Me assustei e fui encontrada, provavelmente, de olho arregalados enquanto ela abria a porta e me olhava séria.
- Eu... Eu esqueci algumas coisas na sala.
- Eu sei - ela sorriu - estão ali em cima da mesinha.
Parou por um momento me olhando de cima a baixo, depois entrou novamente, fazendo um sinal com a cabeça para que eu a seguisse.
Terminei de pegar as minhas coisas e arrumá - las em minha bolsa. Senti duas mãos percorrendo minha cintura e um beijo fora depositado na curva do meu pescoço. Sunmi me apertava contra si e deslizava suas mãos para me virar de frente. Segurei seu rosto e beijei - a, agora com mais intensidade, consciência e certeza do que estava fazendo. Ela pulou e entrelaçou as pernas na minha cintura. Virei - me para apoiá - la na mesa, enquanto descia minhas mãos pelo seu tronco. Agarrei os seios com vontade enquanto ela mordia meu lábio inferior. Ela puxou a parte de trás do meu cabelo e lambeu o lóbulo da minha orelha esquerda. Tremi, e ela sorriu vitoriosa. Sunmi parecia se divertir ao me ver completamente perdida em suas mãos.


(Continua...)
 


Notas Finais


Vou tentar postar o próximo capítulo o mais rápido possível! Estou um pouco enrolada com a faculdade mas acredito que o próximo sai até domingo.
Sintam-se à vontade para comentar o que acharam aqui embaixo :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...