História Midnight Land - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Rodrigo "Saiko" Ximenes
Visualizações 8
Palavras 712
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Uma despedida inesperada


[ Voltando para nossos “Heróis” ] 

 

Tawan: Vai fazer quase 3 horas que a gente tá caminhando e não encontramos nada ainda. 

Ycaro: E como você sabe que a gente tá caminhando 3 horas sendo que a gente nem tem relógio e o celular de todo mundo já morreu? 

Tawan: O só vidente, sabia não? 

Meiaum: Vidente não é quem prevê o futuro? 

Tawan: Cala a boca Meiaum. 

Saiko: Tem como calar a boca aí, não tô aguentando esse sol imagina a boca de vocês falando em. 

Meiaum: para de reclamar Saiko, todo mundo tá sofrendo nesse sol. 

Saiko: tá... 

Ycaro: Gente, eu tô ouvindo um barulho... 

Tawan: Que barulho? A gente tá completamente sozinho nesse deserto. 

Saiko: LÁ NO CÉU. 

 

*Depois que todos os meninos avistaram as coisas sobrevoando o céu eles começam a correr para algumas pedras que haviam um pouco a frente deles. * 

 

Ycaro: O que era aquilo? 

Saiko: Não sei... 

Meiaum: Gente eles deixaram alguns papeis caírem... bora vê. 

Ycaro: É... a gente? 

Tawan: A gente tá sendo procurado, por quê? 

Saiko: Mas olha, só fala de algumas características físicas nossas e das roupas que estamos usando. 

Meiaum: Então a gente precisa trocas essas roupas o mais rápido possível. 

Tawan: Vocês notaram que eles estavam voando pra direção contraria que a gente tá indo. 

Saiko, Meiaum e Ycaro: Sim. 

Tawan: Então... será que pra lá talvez exista uma cidade? 

Saiko: Provável, mas é melhor tomar cuidado, porque aquilo que estava voando pelos céus não parecia humano. 

Tawan: é... 

Meiaum: Então bora continuar andando, mas qualquer barulho estranho a gente se esconde. 

Ycaro: Vai ser fácil se esconder, aqui tá cheio de pedra e lá pra frente parece que tem mais. 

 

*Depois de alguns minutos... * 

 

Saiko: Velho, quanto mais a gente anda mais pedra aparece. 

Ycaro: Tô morrendo. 

Tawan: Já tô considerando a ideia de parar de ir atrás desse menino... 

Ycaro: É né, ele me sequestrou... sei nem porque tô indo atrás... 

Meiaum: Pior né 

Tawan: Então gente, talvez seja porque eu peguei isso.... 

 

*Tawan tira do seu bolso um colar que parecia uma lua... * 

 

Saiko: Tawan... 

MeiaUm: A gente tem que devolver isso pra ele A-G-O-R-A. 

Ycaro: Agora faz sentindo o do porquê de ele ter me sequestrado e do porquê dele tá procurando a gente, tudo por culpa desse colar. 

Tawan: É que eu vi o colar brilhando e me atraiu tanto. 

Saiko: Aonde você encontrou ele? 

Tawan: Estava embaixo de alguns dos escombros de uma casa. 

Ycaro: Tomara que quando a gente entregar o colar ele nos deixe em paz. 

 

*Quando Ycaro terminou de falar, ouviu-se um barulho muito forte atrás deles. Eles viraram-se e viram que eram aqueles monstros que estavam sobrevoando o céu antes...* 

 

Saiko: Agora é uma boa hora pra correr, né? 

Meiaum: é... 

Ycaro e Tawan: AHHHHHHH!!! 

 

*Então todos começam a correr... * 

Ycaro: Porque que a gente não se esconde? 

Saiko: Você é imbecil Ycaro? Olha o tamanho daqueles bixos... bem provável que eles conseguem quebrar uma pedra dessa com toda facilidade do mundo. 

Meiaum: Bora falar menos e correr mais, bora? 

Tawan: Gente, porque a gente não entrega o colar pra eles? 

Meiaum: Não! A gente não sabe se isso é só um colar, e se eles vão realmente entregar pra aquele cara. 

Ycaro: É verdade, naqueles papeis não falava nada de um colar. 

Saiko: Galera, bora subir naquela pedra grande ali no topo. 

 

*Todos sobem a pedra com a maior facilidade o mais rápido possível, mas quando o último deles vai subir... * 

 

Saiko: Vem Tawan, segura a minha mão! 

Tawan: Saiko, um deles pegaram meu pé. 

Saiko: Vem aqui ajudar pessoal! 

Meiaum: Tá bom, vem Ycaro! 

Ycaro: Essa pedra tá bambaleando gente... 

Saiko: Gente... a minha mão tá escorregando... 

Tawan: Me deixem aqui... peguem o colar e me deixem.... 

Meiaum: Não Tawan... você tá louco! 

Ycaro: A gente não vai te deixar aqui! 

Tawan: ... 

 

*A mão de Saiko escorrega... deixando a mão de Tawan cair, a única reação de Tawan é jogar o colar fazendo o cair nas mãos de Saiko. No mesmo momento que a mão de Saiko solta a mão de Tawan a pedra desliza e começa a cair na direção da muralha... * 

 

Tawan: GENTEEEE! 

Saiko, Ycaro e MeiaUm: TAWANNNN! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...