1. Spirit Fanfics >
  2. Midoriya Izuku x reader >
  3. Eu e Você

História Midoriya Izuku x reader - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


oi,tudo bom,sim eu sei demorei...
vamo lá?
Só mais um...

Capítulo 2 - Eu e Você


 

-Que delícia...-me afastei um pouco.

-Você...fez de propósito!!-disse atirando a toalha no chão.

–Fiz sim...fala k não gostou?

–Eu não gostei...porque você parou...

–Umm...–inseri 3 dedos devagar.

–Shiii! –puxou o ar pelos dentes cerrados.

–Não e como se fosse a nossa 1ª vez fazendo isso...–empurrei os dedos com força.

–Mais e a 1ª vez...no banheiro...–Voltei a chupa-la de leve, empurrando os dedos cada vez mais rápido–ahh...

Quanto mais devagar eu chupava, mais gemidos ela dava.

–Tenta...não gemer tão alto...

–Ta...m-meio...ummm.... difícil!!

–Se controla, eu ainda nem comecei... –Puxei um dos prendedores com alguma força, o corpo dela veio p/frente, com a mão dentro dela enrolei os dedos e tirei por completo de dentro.

–Só mais um pouquinho...–Fez um bico fofo.

–Um pouquinho...–Tirei o resto das minhas roupas, me posicionei, colocando as pernas dela nos meus ombros–pronta? –Não dei tempo de ela responder e estoquei de uma vez, o som que saiu dos lábios dela foi tão único, que eu tinha que fazer de novo.

–Mmlmiii...

Continuei estocando daquela mesma forma, devagar, e com um pouco de força.

–Achei...que...você...ia se me...xer...–Disse entre os gemidos

– Que feio...–Aumentei mais a velocidade, e os nós dos dedos começaram a ficar brancos. –Ainda quer que eu me mexa?

–Q-quero...–aumentei mais o ritmo dos impulsos, os gemidos dela começaram a ficar altos demais, então abafei o som beijando-a. Levantei ela de onde estava porque a pia estava batendo na parede e fazendo barulho, desci as pernas dela dos meus ombros abaixando até a minha cintura, encostei ela na parede, e estoquei de uma vez, fundo. O resultado foi um gemido engasgado bem fofo, a respiração já estava descompassada e as unhas dela se fincaram no meu couro cabeludo as pernas envolta da minha cintura  apertaram, tirei uma das minhas mãos da cintura, subindo em direção aos seios e apertei fazendo ela puxar os meus cabelos, sorri com isso, ela sempre parecia tão fofa, mas agora o lado pervertido  dela estava aparecendo.... Estoquei mais algumas vezes, subi a mão que estava nos seios e acariciei de leve vendo-a se arrepiar encostei meu nariz no dela, o contato visual que estávamos tendo só tornou tudo mais intenso...mais erótico...mais sensual.

–Você tá bem?!–perguntei vendo-a fechar os olhos.

–Tá preocupado por que? –Ela me olhou.

– Você é mais importante aqui...Se você quiser a gente para...Você sabe...

– Eu sei...a gente pode mudar de posição?

– Se machucou? –perguntei me retirando de dentro dela, colocando-a no chão e examinando o corpo de cima a baixo.

– Não...Só era desconfortável.

–Entendi...-me sentei encima do tapete que tinha no chão, ela entendeu o que eu queria e se encaixou no meu colo. -ummm...-Gemi de leve. –Mais apertado que o normal...

Olhando pra frente a vista que eu tinha dela era incrível, os olhos brilhantes, os lábios mordidos de leve, cabelo arrepiado em direções diferentes, respiração acelerada.

–Confortável? –Perguntei preocupado.

–muito. –Respondeu com um alivio na voz.

Me aproximei e beijei a ponta do nariz dela, descendo em direção a orelha esquerda beijando e mordendo o lóbulo de leve descendo mais ainda em direção ao pescoço me aventurando em todos os pequenos lugares, meu hálito quente batia na pele dela e voltava pro meu rosto, as possibilidades aumentavam a adrenalina que corria pelas minhas veias. Com as duas mãos na cintura dela, empurrei a mesma pra cima, descendo bem devagar, alguns movimentos depois, ela colocou as mãos nos meus ombros e começou a se movimentar por conta própria, respiração cada vez mais acelerada, ela parecia contente por ter tomado o controle. Alguns chupões muito bem dados que ficaram bem vermelhos rapidinho, mordidas dadas com força e a marca dos meus dentes ficou, desci até um dos seios abocanhando-o e chupando com força, as costas dela arquearam, os bicos ficaram tão duros que não resisti a morde-los um pouco.

–Ahmmn...uumhhn...–Gemeu afundando as unhas nos meus ombros. Acelerou mais os movimentos, agora eram rápidos, ritmados e profundos. Uma das minhas mãos foi pro cabelo dela, agarrando-o em um rabo de cavalo e puxando. Com a outra mão a ajudei com os movimentos acelerando-os a uma velocidade que ela não conseguiu sozinha. -Ahh! –Soltou um grito, beijei ela pra abafa-los. Beijos desleixados, mais cheios de tesão.

–Shh...–Disse brincalhão.

–Não...tem graça...–Disse assim que eu desacelerei.

–Vou contar ate 3...–falei no ouvido dela de um jeito suave.

–Que? –Perguntou meio perdida.

–1...2...3! –agarrei a cintura dela com as duas mãos e comecei a movimentar em uma velocidade muito rápida, nos primeiros dois minutos ela não fez sons, mas depois o difícil foi segurar os gritos que ela dava. O suor escorria pelo corpo dela, nossos corpos colavam, o espelho do banheiro estava embaçado, comecei a apertar um dos lados da cintura dela com um pouco de força de mais...Não que ela tenha se importado, com os impulsos cada vez mais rápidos, e potentes logo ela acabou se desfazendo em cima de mim, alguns impulsos longos e lentos depois acabei gozando.

Assim que normalizamos as nossas respirações nos olhamos, ela estava sorrindo, e me olhando de um jeitinho muito sacana.

Que foi bebê? –perguntei assim que ela levantou do meu colo.

–Banho? - falou andando ate o chuveiro e ligou ele.

–Claro!–Levantei,e entrei debaixo da agua quente–Você ta meio vermelha...–Passei a mao na cintura dela e vi a marca das minhas mãos.

–Eu não estou reclamando...

–Umm...

Depois do banho nos vestimos e descemos ate a cozinha para comer alguma 


Notas Finais


Erros?varios.
mais pelo menos eu tentei.
ATE A PRÓXIMA!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...