1. Spirit Fanfics >
  2. Midoriya vilão: My Villain Academia >
  3. O exame de Admissão

História Midoriya vilão: My Villain Academia - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Estou gostando de escrever essa fic KKKk pena que as ideias não vêm do teto, mas enfim kk parei de enrolar. Boa leitura.

Capítulo 5 - O exame de Admissão


Fanfic / Fanfiction Midoriya vilão: My Villain Academia - Capítulo 5 - O exame de Admissão

Uraraka On:

Hoje é um grande dia, confesso que estou bastante nervosa, o que eu vou fazer se não conseguir entrar? Mas enfim, se acalma, só ficar de cabeça fria que tudo vai dar certo. Vamos, você consegue. Estou agora chegando na U.A para fazer o exame de Admissão, a entrada é magnífica, digna de uma escola de alto escalão como essa. Alguém chama minha atenção, um garoto de cabelo verde, ele está usando um casaco preto e uma camisa amarela por baixo, o olhar dele parece frio...o que será que vai na cabeça dele? 

-H...hey você... — Ah droga, falei com ele sem pensar...

-Ah...oi? Precisa de alguma coisa? — Ele me encara um pouco confuso. Caralho mas esse cara é um tes... não! Para com isso... Não quero saber... Lembra, passar no exame de admissão é tudo o que importa. Sem distrações.

-Desculpa, eu só, qual é seu nome? Ah, desculpa de novo, eu sou Ochaco Uraraka. — só perguntando para mim mesma...o que eu estou fazendo?

-Ahahaha, você é engraçada Uraraka-san, eu sou Izuku, Midoriya Izuku, mas pode me chamar de Deku. — Ele vira costas e entra no estabelecimento acenando para mim.

-Boa sorte Uraraka-san, espero que consiga passar. — É verdade...agora eu preciso me focar, é tudo ou nada!


Midoriya On:

Conheci essa garota lá fora, ela é interessante, me pergunto qual é a individualidade dela..hmmmm, ah, é verdade, Bakugou está logo ali, não posso deixar que ele me perceba aqui, Present Mic é quem está nos explicando as "regras" desse exame... Pelo que parece haverão 4 tipos de vilões, no caso são apenas robôs, mas enfim né, eles valerão pontos diferentes, de 1 a 3, o 4° tipo de inimigo é apenas um obstáculo, vale zero pontos então o melhor a se fazer é evitá-lo, pelos vistos eu preciso ter uma certa quantidade de pontos para passar, ou seja, eu preciso destruir esses vilões de mentirinha, não acho que isso vai ser muito complicado, o que mais me preocupa é manter meu disfarce enquanto estou aqui, então melhor não dar muito nas vistas, vou fazer o mínimo, apenas o bastante para ser aprovado. Chegando na minha área de teste vejo novamente aquela garota que falou comigo na entrada, talvez eu devesse ir falar com ela? Me aproximo dela mas antes que possa dizer algo um cara estranho me para.

-O que vai fazer? Vai desconcentrar essa garota num momento como esse? O quão inoportuno você pode ser? Deixe de ser egoísta e deixa ela se focar... — Lida Tenya, irmão do Ingenium, fui avisado que ele poderia estar aqui, honestamente não estou vendo nenhum motivo de preocupação quanto a ele, não parece representar nenhum perigo, é claro, além de ser um pouco irritante, Maas talvez ele tenha razão, vou deixar para lá.

-Tudo bem tudo bem, foi mal aí. — Ele resmunga alguma coisa e se afasta. O exame está para começar, lembra, não se destaque Izuku, não se destaque.


***


Já estamos aqui dentro faz um tempo, estou usando minha individualidade "mímica" para criar armadilhas de corda, obviamente ninguém consegue ver elas exceto eu, afinal, meu poder é minha imaginação, eu atraio os "vilões" até a armadilha e o impacto que provoca a queda deles geralmente é o bastante para finalizá-los, pois nesse ângulo eles batem com a cabeça, onde está o núcleo deles, mas quando não é o bastante, eu dou meu jeito, até agora estou conseguindo me manter na média, esse método que estou usando não chama muito a atenção e é o suficiente para que eu permaneça entre os escolhidos para entrar na academia.

-Ahhhh!! — Ouço gritos de várias pessoas em simultâneo, o que será que está acontecendo? Eu não deveria me importar, mas ainda assim, estou curioso então acho que vou lá. Chegando no local tudo o que vejo é fumaça, mas depois tudo se torna claro, todo mundo está fugindo do obstáculo, o inimigo de 0 pontos, pelo jeito ele é bastante maior e mais forte que os outros, mas faz sentido sendo que ele é apenas um obstáculo, então a ideia normalmente não seria lutar contra ele, bom, não estou procurando problemas então acho que também estou indo ness...espera, ali no meio, é aquela garota...os examinadores não vão fazer nada? Se continuar desse jeito ela vai se machucar feio. Continuo indo embora mas viro para trás de novo após andar mais um pouco, solto um longo suspiro... ahhh, o que eu estou fazendo? Finjo que estou segurando um gigantesco taco de beisebol, pego um pedregulho no chão e jogo no ar, assim que está no meio na minha mira eu bato nele com o "taco", o que faz o pedregulho ir em direção do robô gigante, atravessando sua cabeça e o desativando.

-Bem, isso sim foi um Home Run perfeito. — Eu já sabia disso, mas essa individualidade é incrível, meu poder, é realmente minha imaginação, vou sempre ser grato ao All for One por isso...

-Tudo bem Uraraka-san? — Ela me abraçou por uns segundos mas depois recuou de repente...garota estranha...

-O...obrigado Deku! Eu pensei que fosse morrer... — O tempo acabou, o exame havia terminado e só nos resta esperar os resultados, acho que acabei chamando atenção, mas não pude deixar ela se machucar, mesmo sendo parte da União dos Vilões, não há necessidade de deixar inocentes morrer só porque sim, enfim, espero não arrumar problemas por conta disso...





Notas Finais


Eae como ficou? Mesmo sendo vilão l Deku tinha que salvar a Uraraka né kkk claro que sim, não podia ser de outra forma, espero que tenham aproveitado, até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...