1. Spirit Fanfics >
  2. Milan >
  3. Quattordici

História Milan - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei.

Boa leitura.

Capítulo 14 - Quattordici


Fanfic / Fanfiction Milan - Capítulo 14 - Quattordici

- Para ambos.- Sua mão pousou em minha barriga.

   ...

 Acordo ouvindo uma movimentação no quarto, quando abro meus olhos vejo que Zlatan anda de uma lado para o outro.

     - Oque houve?.- Pergunto ainda sonolenta.

   - Tenho Que volta pra Milão, Max se envolveu em uma briga na escola. Helena não dá conta de dar uma bronca e acaba sobrando pra mim.- Pude ver que ele estava bem irritado.

    - Tenha paciência, ele é só um garoto.- Tento passar calma pra ele.

    - Max já vem dando trabalho a um tempo, preciso tomar a frente disso.- Ele terminava de fechar a mala.

    - Eu até irá com você até o aeroporto mais sei que você vai me impedir.  

 - E você está certa, repouso mocinha.- Me deu um selinho e se afastou novamente.

  Observo ele terminar de juntar suas coisa e o acompanho até a porta.

    - Vou te esperar em Milão, me ligue pra qualquer coisa.

  - Nós encontramos em breve grandão.- Fico nas pontas dos pés para beija-lo.

   Com isso o vejo partir. De tudo que passamos nunca imagine que ele teria esse lado, de preocupação com a família. Não somos exatamente uma família mais essa criança pertence a ele também.

  Que eu não tenha mais nenhuma surpresa. Volto ao quarto e me deito outra vez, estava com muito sono.

    Pov Zlatan.

  Não demora muito pra mim chegar a Milão, minha cabeça fervilha. Max  não é nenhuma criança pra está aprontado uma dessa.

    Quando chego em casa vejo que Helena já está aqui com eles. Respiro fundo e entro.

   Os encontro sentados no sofá, Maximilian fica ainda mais branco ao me ver, se é que é  possível.

    Me sento no sofá e encaro ele.

  - Vamos!, começe com a explicação.- Digo firme.

   - Ele brigou com um dos colegas de classe dele, está suspenso por duas semanas.- Helena me comunica.

   - E por que?, qual foi o motivo que te levou a brigar Maximilian?, eu sei que não sou um exemplo. Mas gostaria de saber o por que disso agora.- Eu já está impaciente.

   Ele não dizia nada, seu olhar nem estava junto ao meu.

   - Maximilian!, eu estou falando com você.- Já estava ficando nervoso.

   - Fala Max.- Vin incentivou o irmão

     - Me diga você Vin, por que seu irmão brigou?.

   - Tinha uns meninos falando que você estava namorando uma menina que tinha a nossa idade, por que tinha fotos suas com ela saindo de um hospital. Max ficou muito bravo.

    Isso ms desarma. Olho pra ele que se mantém com a cabeça baixa.

     - Isso é verdade?.- O questiono.

     - Sim.- Suspiro.

   - Eu nao estou namorando uma menina da idade de vocês. É  verdade que estou com alguém que logo vocês vão conhecer.- explico a eles.

     - Não foi só isso.- Max falava.

   - Disseram também que foi por causa dela que você deixou a minha mãe.- Encaro Helena que se mantém estética também.

   - Isso não é  verdade, eu e a mãe  de vocês já explicamos o por que de termos nos separados.

     - Eu nao quero conhecer ela. Eu quero ir embora mãe.- Ele encarava a mãe dele.

 - Max, não foi assim que educamos você. Seu pai e eu agora somos livres para estar com quem quisermos.- Helena tinha um tom rude com ele.

   - Ela não é a minha mãe.- Ele me olhava com raiva.

    - É obviu que não Maximilian, ela não vai tomar o lugar da mãe de vocês.

    Ficamos em silêncio total, não imagine que chegaria a essa situação, meu filho não querendo conhece a pessoas com quem estou me relacionando.

  - Seu pai está certo, quando chegar o momento se vocês conhecerem ela vocês serão muito educados.

     - Tá bom mãe, ta bom.

    - Eu espero que seja a última vez que você arranja confusão por qualquer coisa.- Digo mais calmo.

    - Não vou fazer mais pai, prometo.- Sorrio fraco.

    - Bom, os meninos vão ficar aqui por esse fim de semana, tenho que resolver algumas coisas.- Helena diz se levantando.

    Sigo ela até a porta.

    - É realmente verdade?, essa menina está grávida?.- Me questiona sem que os meninos ouçam.

      - Sim.- Digo apenas.

      - Você realmente caiu no golpe do baú em, Fracamente Zlatan.

    - Isso não é da sua conta Helena.

     - Não, não é, mais é da conta dos meus filhos. Muito cuidado com eles.- Diz e vai embora.

    Volto pra sala e eles ainda estão com cara de reus que estão indo pra berlinda.

  - Vamos melhorar essa cara, ninguém aqui está de castigo ou algo do tipo.- Digo me sentando.

     - Vamos conhecer ela quando pai?.- Vim pergunta.

     - Acho que esse fim de semana mesmo.

   - Tomara que ela seja legal.- Vincent de longe eo mais fácil de lidar.

   - Vocês vão gostar dela.

 Logo engatamos em uma conversa paralela ao problema já resolvido. Senti falta de ter esses momentos com eles.

      Pov Gabriela

      Eu estava entediada, comi tudo que tinha na geladeira, rodei todos os canais de tv e ainda sim não passavam das três da tarde.

    Como eu preciso trabalhar, essa coisa de repouso não é pra mim.

   Resolvo manda uma mensagem pra Zlatan.

  "Correu tudo bem com a bronca?".- Envio.

   "Sim, na verdade Vicent está animado pra te conhece".

   "Max não?".- Fico apreensiva.

   "Max tem o meu gênio com a aparência da mãe, você vai Se entender com ele''.

    " Não sei não, ainda não consigo ligar com você".

   " Ontem a noite você me pareceu bem a votade com o meu gênio".- Apenas ignoro sua malícia.
  
    " Patrick me avisou que faltam poucas cenas para terminar o filme, após isso vou tirar um tempo de grandes filmagens, que o bebê vai crescer nessa barriga".

   " Ler isso me alegra''.

   " Nós encontramos em breve".- Envio a última mensagem e fico olhando o jardim.

    Vou ter que realmente da um tempo na minha vida pra cuidar desse bebê. Nunca me imaginei sendo mãe.

    Isso com toda a certeza vai ser uma bagunça.

    Ouvi a porta de abrir, quando me levanto vejo Patrick entrando.

   - Olá.- comprimento ele.

   - Oi, vamos fazer alguma fotos pra Bazar, vai ser aqui mesmo. Já que você não pode ir muito longe.

    - Ok, quando vai ser?.

   - Agora, Vai ser feita na piscina. A equipe já está lá fora esperando pra entrar.

    - Meu Deus, porque não me avisou mais cedo.- Brigo com ele.

   - Foi de última hora, sua aparição nos jornais não foram de tudo ruim.

     Vejo a equipe toda entrar e logo me aproximo deles. Pelo menos isso vai ocupar minha tarde.

 
   
  
  
      


Notas Finais


Para as leitoras que me pediram no pv uma continuação de 'Um Dia' assim que eu encerrar Milan vamos ter continuação. Já estou trabalhando nela.


Vish Max não que conhecer nossa bibi. Helena calminha né? Isso me fez ter medo.

Até breve.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...