História Milk Sweet (vkook hibrido) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga)
Tags Ciumes, Dona, Drama, Gatinho, Kawaii, Taegi, Taekook, Vkook
Visualizações 249
Palavras 1.623
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura, espero que gostem!

Capítulo 16 - Então você quer brincar? Vamos brincar.


Fanfic / Fanfiction Milk Sweet (vkook hibrido) - Capítulo 16 - Então você quer brincar? Vamos brincar.

        ​                                                                    POV -Yoongi.

Aquela peste me paga, eu não acredito! Ele tirou sangue meu! Uma coisinha tão pequena..., e os dentinhos. -Sorrio irônico e suspiro deitado na minha cama- Gostei dele..., percebo que o Tae se irrita com tudo que eu faço, pode ser porque eu sou descolado, e ele um chato, no começo pensei que seu irmão era só quieto e talvez chato como ele, mas vejo que o menor é bem mais interessante.

Mas você ainda me paga..., biscoito.

 

                                                   Xxx

Ao levantar da minha cama vou para sala onde já vejo os menores, sim, menores, afinal que eu saiba eles tem dez anos ainda, logo vão completar doze, mas eu tenho 14, essa bendita idade onde os híbridos tem seu primeiro cio, e putz grilo, é como se tivesse trinta nego chutando meu saco, obrigado de nada, sorte que já passou faz um tempo..., eu só não sei o que vou fazer quando chegar meu cio de novo..., meu primeiro cio já foi complicado, nem me pergunte mas, em base eu sofri bastante até aceitar uma ajudinha de uma velha amiga, não que eu tivesse sentimentos românticos por ela, mas ela é especial para mim e eu confio nela, mesmo assim eu confesso que  ficaria tímido se não estivesse com tanta dor, ah, e eu sou bi..., pelo menos eu acho eu..., realmente não sei ainda, mas não que eu me importe.

Xxx

Eu estava sentado em um dos sofás, nos temos dois aqui em casa, mas como os viadinhos ali estão sempre juntos, estão abraçados em um só sofá, e eu me instalei nesse outro aqui, estou vidrado na tv com o controle na mão, passando os canais na procura de algo legal, mas consigo sentir o olhar vibrante de alguém sobre mim.

Está me comendo com os olhos é ser?

Inicialmente pensei que era o Tae com sua implicância sobre mim, mas ao notar com mais atenção percebo ser o..., biscoitinho, não consigo evitar de soltar um pequeno sorriso de canto, muito divertido, você consegue ficar apenas mais interessante para mim Kookie... -Passo a língua pelo meu lábio inferior-   Eu nem consigo mais prestar atenção na tv, seu olhar é tão intenso sobre mim que posso sentir meu pescoço queimar com a sensação desconfortável, mas ainda assim não deixa de ser exitante. 

O que é afinal? Bravinho porque chateei seu irmão, Kookie?  Não tenho culpa dele dar chilique por nada, sério ainda não sei o que eu fiz que o incomoda tanto, mas apenas me irrito por ele ser um chorão, se eu estou te incomodando que venha me falar na cara bebê, porque si não ai que eu vou provocar mesmo, e o quanto mais te incomoda mais eu acho divertido, é uma pena que agora eu esteja tão interessado no biscoito..., ele tem potencial para ser um ótimo novo brinquedinho..., afinal não é ele que disse que queria brincar? Kk, tudo bem se ele for o brinquedo? Se isso também incomoda seu maninho será um bônus para mim.

                               Xxx

   POV -Narrador.

Quando Jin chama os garotos para o almoço Kookie e Tae vão disparados ate a cozinha onde se encontrava o Jin.

_Jinjin, Jinjin! Podemos acordar a anjinha/ Yami-chan agora??!

Eles falam animados em conjunto e Jin afirma achando graça.

_Podem sim pequenos.

Logo quando os pequenos acordaram, Jin os avisa que Yami estava muito cansada então provavelmente dormiria até hora do almoço, e apenas esse horário poderiam acorda-la, então lá vão os dois.

Ao ver sua gentil dona dormindo o entusiasmo era grande, eles pulam na cama da mesma que aperta seus olhos e suspira se virando sonolenta.

_Anjinha, acorde! ><

Kookie exclama não muito alto, mas não recebe uma resposta, então os dois se olham fazendo um biquinho angustiado, abraçam a maior ficando assim por um tempo até Taetae sussurrar no ouvido dela.

_Omma Jin já fez o almoço.

Então ela abre apenas um olhinho espiando e os dois sorriem.

_Yah! Acorde anjinha/Doninha.

Novamente eles exclamam juntos e sorrindo alegremente vão para cima da maior enchendo seu rosto de beijos por inteiro, ela rindo se rende tentando fugir de alguns beijos dos menores que a sufocavam de amores.

_Acordei, acordei!

Os dois pequenos dão um salto da cama levantando e olham sua dona ansiosamente, Tae estende uma mão para a maior coçava seu olho direito sentada na cama, Kookie sorri levemente e apoia por um momento o joelho na cama arrumando o cabelo bagunçado da sua dona, ela sorri olhando os dois parando de coçar seu olho e pega a mão de Tae ao mesmo tempo que agradece o Kookie se levantando.

_Não tem de que mademoiselle.

Ele responde sorrindo cerrando um olhinho com apenas uma orelhinha levantada, enquanto a outra repousava em seus fios negros, ela sorri risonha com os olhinhos um pouco inchados por ter acabado de acordar e aperta a mão do Tae com carinho enquanto segurava agora a de Kookie com a mão livre.

_Mademoiselle, Kookie? -Ela ri adoravelmente ao ver do menor que ainda sorrindo encara o chão timidamente-

Sim, hihi.

 Então eles se dirigem a cozinha como uma adorável família feliz, mas antes, ao chegar na sala Yami vendo o açuquinha distraidamente assistindo qualquer coisa na tv o cumprimenta chamando sua atenção.

_Ah, bom dia cubinho!

Ela sorria adoravelmente como de costume e Suga ao rolar seus olhos ate ela abre seu doce sorrindo pulando da cama, ele corre ate ela e a abraça sem se importar com os menores mau humorados logo do lado, ela solta as mãos de seus híbridos para poder abraçar o pequeno o que não melhora nem um pouquinho o humor dos menores, então assim a abraçando Suga deixa seu olhar rolar ate o do Kookie, e também deixa escapar um pequeno sorrisinho o vendo assim tão de perto, incomodado, e é claro, não precisou nem olhar para o Tae, sabia que o mesmo com certeza havia notado sua ´´olhadinha`` e provavelmente não se agradaria com a mesma.

Quando todos se acomodam a mesa, dessa vez comem sem muitas confusões, apenas algumas olhadas como motivações de pequenas provocações, ao terminarem de comer Namjoon infelizmente tem de sair para o trabalho, Kookie na hora deixa suas orelhinhas caírem sobre os fios macios de seu cabelo claramente aborrecido, pediu para o Nam ficar um pouco mais porém o mais velho não podia, afaga os cabelos do menor e vai embora, Jin propõem que todos veem um filme junto então todos vão para sala com exceção a Yami e ao Tae, pois Yami se oferece a lavar a louça e Tae como um bom gatinho insiste em ajudar sua dona com isso.

 

                                                                              ​POV -Yami.

Quando eu disse que iria lavar a louça Tae anda atrás de mim insistindo em me ajudar, mas ele queria mesmo é lavar toda a louça sozinho haha, eu digo para o menor que esta tudo bem, e ele secando e guardando as coisas para mim já era mais do que o suficiente, ele sorri do seu jeito adorável, retangularzinho e os olhinhos brilhando. Taetae esta crescendo e ficando cada vez mais adorável..., eu fiquei preocupada no começo, ele estava muito machucado, Não fisicamente, mas sim em seu coraçãozinho..., ele aguentou tudo sozinho e eu sei que foi pelo seu irmãozinho..., porque ele acha que tem o dever de o proteger, mas não só por isso, ele realmente se importa e ama seu irmão, um cuida do outro, um salvando o outro..., eu diria que o sentimento que eles tem um pelo outro é do mais puro e adorável, eu tenho sorte de ter meus pequenos e amáveis híbridos, fui acostumada a ser sozinha..., mas não é mais assim, meu sonho é ter uma família grande e para mim já está mais do que perfeito, eu, meus híbridos, o omma Jin, o Mon, e o açuquinha também, afinal o Jin é como uma omma pra mim, se ele o adotou é claro que eu recebo bem o cubinho como da família, eles poderiam implicar menos com ele, eu sei que também é um bom garoto, mas por enquanto as coisas estão bem difíceis, eu sei que eles dariam um chilique se eu falasse algo sobre o Suga..., ah, eu realmente queria que o relacionamento entre eles melhorassem, mas tudo bem, quem sabe o tempo não os tornem amigos né? Só espero que o jeito rude de ciúmes dos meus híbridos não façam ele achar que não é amado, e que isso não afete o Tae também..., ele está a cada dia melhor, mas bem, sempre me preocupo com meu pequeno, claro, e com seus chiliques, mesmo que grande parte só seja birra, eu espero que a nossa família se una cada vez mais, porque eu não imagino mais minha vida sem essa bagunça <3               

      Xxx

_Nhaa, obrigada por me ajudar amorzinho.

Eu coloco minhas mãos em volta de suas bochechas e me inclino dando um selinho nos lábios do menor que cora, era realmente adorável, as vezes eles são tão fofos que da vontade de apertar..., é como se eles nunca fossem crescer..., mas eu prefiro não pensar muito nisso...

_Anjinha

Kookie aparece correndo atrás de mim logo depois de mim separar meus lábios do Tae, o olho e ele faz um biquinho esperando um beijo.

_Eu também

Ele diz voltando ao seu biquinho e eu dou risada me virando para ele, me inclino para ficar mais em sua altura e faço um leve bico imitando o menor que se encontrava um pouco distante ainda, então ele coloca uma mão em meu ombro no intuito de se aproximar, mas na hora quem selou meus lábios não foram o pequeno biquinho do Kookie num perfeito formato.

 

​Quem roubou meus lábios foi o açúcar.

 

 

~~​Continua...

 

 

 


Notas Finais


Comentem o que acharam ;D e ate o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...