História Million Miles of Water - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Red Hot Chili Peppers
Personagens Josh Klinghoffer
Tags Amizade, Romance
Visualizações 2
Palavras 1.162
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii
Capítulo novinho em folha!
Boa leitura!

Capítulo 15 - Four Years in You Never Even Said Goodbye


JOSH POV

Até agora não estava acreditando no que eu fiz, beijei a Charllote, e ela é somente uma amiga! Me sentia um completo idiota por isso, mas tentava não levar pro lado emocional, se é que isso fosse possível.

Estava tentando pensar no que dizer a Charllie, até porque aquela conversa que eu e ela tivemos no carro não estava tão confortável assim para me convencer. Por que eu não disse pra ela o que eu estava sentindo? Melhor, o que eu sentia há tantos anos, 4 anos? Deve ser até mais que isso...

O que eu sentia por ela naqueles anos tinha sido amenizado, pelo o motivo de nunca mais ter a visto, agora que ela voltou para a minha vida e descubro que ela esteve tão perto de mim... É até difícil de acreditar.

John, ela ainda amava muito ele, dá para ver nos olhos dela que ela estava fazendo um puta esforço para esquecer ele e seguir a vida em paz.

Estava imerso nos meus pensamentos quando o celular tocou,era ela:

"Alô?"

- Oi Charllie.

"Tem como você passar aqui em casa ainda hoje?"

- Claro, que horas?

"Na hora que você quiser..."

- Bom, estou ocupado agora - menti - Passo aí daqui 2 horas, pode ser?

"Pode sim"

- Hm, então ok. até daqui a pouco

"Até"

FIM JOSH POV


CHARLLOTE POV

Meu Deus! O que eu estava fazendo? Na verdade, eu não sabia nem o que falar quando ele chegar, pronto! Era tudo o que eu não queria: Uma crise.

Tudo por causa de um beijo.

Mas era impressão minha ou Josh queria falar alguma coisa naquela hora no carro? Bom, não sei, estava bêbada demais e nem sabia o que estava falando, muito menos ficar reparando nas pessoas, mas Josh era meu amigo, conhecia bem ele. Ok, tinha passado alguns anos que eu não havia visto ele, mas sabia quando Josh tentava esconder alguma coisa.

Tantas perguntas passava pela a minha mente, mas não queria pressioná-lo a dizer qualquer coisa, aliás não estava nem conseguindo formular alguma pergunta direito...

A campainha tocou, era à hora.

Abri a porta, era ele:

- Oi - ele disse abrindo um sorriso tímido.

- Oi - abri um espaço para ele entrar.

- O que aconteceu? Algo com o John? Ou com você?

- Com nós.

- Charllote, pensei que tivemos conversado sobre isso ontem.

- Josh, eu estava bêbada, você acha que eu lem... - Ele me empurrou contra a parede e me beijou.

- Escuta - ele ainda disse com as mãos no meus ombros, aquela distância, muito próxima, era perigoso - Já fazia um bom tempo que eu não sentia isso, há 4 anos, foi uma época complicada pra mim... Estava completamente apaixonado por você. Aí você foi embora, meu sentimento por você foi embora junto, você voltou e com ele, trouxe o que eu sentia por você, você começou a namorar com John, tirei o "meu time do campo", até que você e ele terminaram, te beijei e com isso o amor que eu sinto por você ficou maior ainda, não queria, foi mais forte que eu e qualquer outra coisa no mundo. Não venha dizer que vamos ser só amigos porque eu não consigo te ver como uma, e também não adianta dizer que está tudo bem porque não está tudo bem. - Ele me soltou e ficou encarando o chão enquanto eu estava absorvendo tudo que Josh tinha dito, ele era direto, sem rodeios, e eu ficava perdida, sem reação.

- Mas Josh, eu não sei nem o que falar, pois há 4 anos atrás, quando eu fui embora daqui, eu sentia uma atração muito forte por você, tinha medo de me declarar, não sabia o que você ia pensar, fui embora e me arrependi, me arrependi pelo o fato de não ter falado, sofri por isso, mas superei, te vejo de novo e tudo voltou, encontrei em John, um amor que eu jamais tinha sentido antes, foi e está sendo complicado esquecer ele e tudo que vivemos, não quero ficar com você só para esquecer ele e depois te deixar, se eu for estar com alguém, eu quero estar com você por inteira, sem decepções e arrependimentos...

- Te garanto que você não irá se arrepender se estiver comigo...

- Sei que não, me dá um tempo, por favor, só pra pensar.

- Vou te dar o tempo que você quiser, só quero que faça a escolha certa e que depois não se arrependa.

- Sim... - meus olhos estavam lacrimejando e sabia que a qualquer minuto iria chorar, fiquei olhando pra ele enquanto ia embora sem se despedir.

Subi para o quarto correndo, pulei na minha cama e chorei.

Chorei por ter sido uma idiota e ter estragado tudo, o que aconteceu não estava nos meus planos, era algo inesperado, principalmente por parte dele.

- Por um momento pensei que vocês dois iam ficar junto. - minha mãe falou enquanto entrou no quarto.

- Vai começar a me julgar, porque se for, pode começar.

- Não, eu não vou te julgar, eu só vim aqui pra ver como você estava, porque vi a cena lá embaixo e vi como você ficou quando ele foi embora.

- Bom, eu estou b...

- Não vem com esse papo que você está bem porque você não está. Olha, me escuta, se eu fosse você iria atrás dele e agarraria ele, mas como você não é dessas coisas só te digo uma coisa: Siga o seu coração.

- Mas que clichê mãe! Eu vou fazer o que eu senti vontade de fazer ok?

- Como você quiser Charllie.

- Agora pode falar o que você sempre quis falar mãe.

- Eu te avisei Charllote, você não escutou...

- Ok, agora me deixa sozinha, pensar em algo.

- Tá bom.

Minha mãe saiu e eu fiquei lá pensando, fui tomar banho e nunca pensei que a conversa com a minha mãe iria me render uma boa ideia.

Coloquei uma roupa e peguei a chave do carro e saí sem falar com ninguém.

Parei na frente da casa, e já queria voltar atrás, mas também não queria gastar gasolina atoa.

Não era hora para ser covarde Charllote.

Entrei e o encontrei, ele ficou olhando pra mim e me joguei nos braços dele, quando já percebi já estava beijando ele como nunca antes, era um beijo apaixonado.

O clima foi esquentando e eu não estava me controlando para que algo acontecesse, então deixei ele me guiar, já estávamos no quarto dele e enquanto ele tirava a minha roupa ele falava "O que você está fazendo aqui?" ele estava me beijando o meu pescoço, desceu mais um pouco e respondi "Fazendo a coisa certa." Ele olhou pra mim com o seu melhor sorriso no rosto e disse "Vou te fazer a mulher mais amada e feliz do mundo" Ele me deitou na cama, sabia que só dormiria amanhã.


Notas Finais


Josh e Charllote que amor!!!
O que vocês acharam???
Comentem e favoritem!!!
Beijinhos!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...