História Millionen von Sternen -Taekook (Short Fic) - Capítulo 1


Escrita por: e IDWBYA

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 10
Palavras 1.016
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - O garoto dos olhos de estrelas


Fanfic / Fanfiction Millionen von Sternen -Taekook (Short Fic) - Capítulo 1 - O garoto dos olhos de estrelas

Jimin suspirou novamente, não era a primeira vez que mentia para seu pai, mas jurava ser a última. Mesmo tendo premetido á sí que seria a última vez, sabia que não seria nem a metade. Sabia também que seu pai iria acabar descobrindo, só não entendia por que estava fazendo aquilo, mesmo sabendo que seu pai irá o descobrir.

 Kim Taehyung chega em casa, olha no relógio e senta no sofá, ligando a TV. Esperando por um Jimin que provavelmente estaria passando por detrás do sofá. Assim ficou, esperou por horas. Olhou novamente no relógio, depois se levantou e foi ao quarto de Jimin, viu que seu filho não estava lá. Se preocupou. 

 Jimin estava em uma festa, já estava bêbado demais para voltar para casa. Sabia que seu pai iria pirar ao ver bêbado e exalando o cheiro de álcool.

 Mas ele não ligava, não queria saber. Só queria saber de Yoongi, que naquele momento estava beijando uma qualquer pela casa. Jimin estava cansado, precisava tomar uma atitude sobre Yoongi. 

 O moreno sentado ao lado de Jimin, nem sequer nãoericou a bebida que estava à sua frente, só se preocupava com as decisões que seu amigo iria tomar. Se preocupava com Jimin, se preocupava com o pai de Jimin - quem nunca vera- se preocupava com coisas demais.

 Sua cabeça cheia de ideias, mas não conseguia pensar, não conseguia agir. Queria levar o amigo para casa, porém tinha medo, medo de que o pai do ruivo achasse que Jeongguk só estava lá pois queria se aproveitar de Park. 

 Mas o que Taehyung não sabia, era que Jeon, era um dos melhores amigos de Jimin e não faria tal coisa nem que o pagassem, ou, se estivesse bêbado. 

 Taehyung decidiu ali, que iria esperar por seu filho, não iria atrás dele pois achava que o filho precisava de um pouco de liberdade, afinal, também fora adolescente. Mas jurava, que se ele chegasse bebado e acordasse com uma ressaca péssima no dia seguinte, não iria o ajudar. Este pensamento parecia ser um pouco egoísta. 

 Jungkook se levantou puxando Jimin pelo braço e saindo daquela casa, ouvindo resmungos do menor. Ele não ligou. Queria tirar seu amigo dali, não suportava o ver naquela situação, bêbado e sofrendo por Yoongi. 

 Colocou seu amigo em suas costas e foi indo na direção da casa do ruivo, que já sabia bem onde ficava, pois sempre ia lá quando Jimin precisava de si para conversar. Ouviu reclamações do amigo como: "por quê me tirou de lá? Jeonggukie você é realmente um chato", "seu idiota, quer que meu pai me mate?" 

 Chegando em frente a casa de Jimin, estava nervoso, iria finalmente conhecer o pai de Jimin, tinha medo de que o pai dele tivesse algum preconceito contra ele. 

 Tocou a campainha apreensivo, esperando ser um velho ranzinza que sairia daquela porta para brigar com si e com seu filho. 

Mas ficou surpreso quando um rapaz jovem atendeu a porta, ele era incansavelmente maravilhoso. Jeongguk, meio sem jeito, murmura um "oi" e sorri meio sem graça, enquanto percebe a tremenda cara de bravo do mais velho.

-D-desculpe incomodar, vim trazer Jimin em casa. - O mais velho o olhou nos olhos, ficou encantado com a tamanha beleza das milhões de estrelas que Jungkook carregava no olhar.

 -Pode entrar - Sorriu esquisito, se sentia esquisito com tudo que viu em apenas um olhar trocado com o mais novo que agora, estava entrando em sua casa com um Jimin fedendo á bebidas nas costas.- Se possível, coloque ele no quarto dele e desça novamente, você provavelmente já deve saber onde é, já que Jimin sempre trás os amigos para cá, agradeço. -sorri 

 Jungkook  achou um pouco rude o jeito do pai do amigo, mas ignorou e seguiu suas instruções. Desceu novamente e esperou por Taehyung, que logo apareceu na sala e o fez sentar no sofá.

 -Quem é você? - perguntou Taehyung vidrado nos olhos do moreno, ele definitivamente os amou. Amou tanto que os queria para si, mas não apenas os olhos, queria a pessoa à sua frente para sí, a qualquer custo.

 -Sou Jeon Jungkook, senhor. - pigarreou- Melhor amigo de Jimin, se me permite dizer. - Jungkook estava tão nervoso, seu coração tão acelerado, sua respiração descompassada. Era a primeira vez que via Taehyung e se sentia assim com ele, não se sentia assim com mais ninguém.

 -Gostei de você - disse Taehyung e o coração de Jeon acelerou mais, achava que podia ter um infarte ali mesmo. Não sabia o que estava sentindo, mas achava que era apenas o nervosismo.- Você é educado, diferente de um dos amigos de Jimin que dormiu aqui estes dias, eu podia jurar ver Jimin olhando para ele direto enquanto jantávamos. Me diga, Jimin gosta deste moço? Yoon... Alguma coisa- Jeon olhou nos olhos de Taehyung e murmurou "Yoongi." -Este mesmo.

 Jeon se sentia tímido perto de Taehyung, mas não entendia o porque. Assim como Taehyung sentia seu coração acelerado, mas sabia o porquê. 

Se não quisesse tanto aquele garoto para si, Jungkook o encantou tanto. Taehyung não sabia explicar. 

 Havia uma frase, que ecoava na cabeça de ambos. "Eu não devia, sei que não devia. Mas quero mais, preciso de mais." 

 Jungkook tentava parar de pensar no que havia sentido ali, na casa de seu amigo, enquanto caminhava para sua casa. Teria certeza de que, não dormiria essa noite. Ficaria pensando, pensando no pai do amigo, que diga-se de passagem não se apresentou. Mas gostaria de pensar no mais velho.

 Taehyung não era diferente, o nome de Jungkook ecoava em sua cabeça, só pensava no olhar do garoto, nos sorrisos que o moreno lhe deu. 

Assim como Jungkook, não durmiria esta noite, pois os dois envadiam os pensamentos um do outro. 

 Era o melhor amigo de seu filho, sabia que não poderia ter nada com ele. 

 Era o pai de seu melhor amigo, sabia que não poderia haver nada com ele. 

 Mas nenhum dos dois escolheu, nenhum dos dois escolheu quem amar.

 E o cupido dos dois se acertaram, e agora, nenhum conseguia esquecer do outro.


Notas Finais


Espero que gostem, me dêm ideias também. Obrigada por ler~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...