História Mine - Imagine Chanyeol - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, Personagens Originais
Tags Abo, Alfa, Chanyeol, Chanyeol Ômega!, Imagine Hot Chanyeol, Imagine Hot Exo, Imagine Hot Park Chanyeol, Ômega
Visualizações 572
Palavras 1.177
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa por ser mais um capítulo de sexo kkkkkk

Capítulo 13 - Indeciso;


Fanfic / Fanfiction Mine - Imagine Chanyeol - Capítulo 13 - Indeciso;

XI - Indeciso;


— Desculpa ter feito você tomar um repressor — Chanyeol passou os dedos por entre os cabelos da alfa deitada com a cabeça em seu colo.


Era um dia de provas bimestrais, então ela não poderia faltar. A sua única opção foi tomar um repressor e se contentar com o mal-estar que teria mais tarde. Mesmo tendo ficado sonolenta e com a boca seca, nenhum dos efeitos foi tão grave para que ela não aguentasse fazer as provas e com uma autorização do diretor, sair assim que a última prova acabou.


Ela pegou um ônibus e logo estava em casa, tirando seu uniforme e deitando no sofá. Seu estômago revirava mesmo sem ter comido e seus olhos pesavam, mas o calor que sentia não a deixou dormir. Foi nesse momento que Chanyeol chegou em casa e esquentou as sobras da comida do outro dia e em minutos, ela já havia comido e agora estava deitada no colo dele.


Os alfas não ficam doentes frequentemente, e quando ficam, na maioria das vezes não ficam de cama ou coisa parecida mas um repressor foi desenvolvido para derrubar totalmente um alfa, então não era espero outro efeito que não fossem aqueles.


— Você precisa descansar… vou te levar lá pra cima — Antes de o garoto tentar se levantar, S/n o segurou no lugar. Os braços da menina o prenderam no sofá e ela se esfregou em seu peito puxando ele para si enquanto fechava os olhos manhosa.


— S/n… Você não está com frio? Você está fervendo de febre — Ele passou as mãos pelo rosto avermelhado da mais nova — Eu deveria ter pedido uma permissão para o diretor… daí você poderia fazer a prova outro dia… Me desculpa, S/n.


— A culpa não é sua… — A garota puxou mais daquele aroma de baunilha que lhe fez ter vontade de se levantar dizendo que estava bem, apenas para o cheiro dele ficar tão doce como quando estava pulando de alegria — Meu cio já está acabando mesmo… quando o efeito passar nem vamos poder aproveitar — Ela fez um biquinho com os lábios o ouvindo rir.


— Ora… a gente pode fazer sexo mesmo quando um de nós não está no cio — Chanyeol passou os dedos sobre a pele do braço de S/n.


— Não estrague meus motivos para ficar manhosa — Ela riu contra a camisa dele e acabou desabotoando um de seus botões passando os dedinhos neles — Chanyeol… você está excitado? Seu cheiro tá tão doce…


— Eu só estou feliz — Ele lhe beijou o topo da cabeça — Eu tenho uma alfa, que às vezes é fofa, as vezes é manhosa. Ela gosta de me provocar fazendo ciúmes com outros professores, ela me acorda no meio da noite falando que precisa de mim e me compra chocolate quando come o meu — Chanyeol olhou para cima e suspirou como um apaixonado. — Quando ela me marcou eu pensei que eu nunca iria conseguir ser feliz porque mal conhecia ela, mas depois que eu a conheci, eu percebi que talvez, não fosse tão ruim ter sido marcado por minha aluna de biologia, mas algumas vezes é sim tão ruim quanto pensei.


— Hm? — A outra levantou a cabeça.


— É, sim! O seu uniforme é muito curto e quando você cruza as pernas só piora a minha situação!


•∆•


— Chanyeol… eu só preciso dormir —  A garota resmungou enquanto o mais velho lhe beijava as costas e resmungou quando mordeu seu pescoço.


— Eu só estou te beijando, não tô fazendo nada demais — O mais velho riu puxando a alfa mais para si.


— Chanyeol… por que você está tão excitado? Sonhou comigo, foi?


— Eu não disse que estava excitado — A respiração dele falhou e seus olhos se fecharam mordendo o pescoço da garota com um pouco mais de força, fazendo marquinhas que ficariam ali por mais alguns dias.


— A marca no seu pescoço faz eu sentir o mesmo que você, então assim como você estava passando mal comigo de manhã, eu estou estou excitada com você agora.


— Então você está excitada, alfa? — a menina riu de como a voz dele praticamente suplicava por sua atenção — Porra, eu acho que seu cio ainda não acabou — Chanyeol estava tão manhoso e necessitado que sua voz quase falhava.


— Porra, Channie — Ela se virou para ele e beijou o garoto puxando seus lábios e entrelaçou as pernas as dele esfregando seu pélvis no garoto. — Você fica tão bonito quando está manhosinho — Ela mordeu-lhe o lábio inferior e Chanyeol tentou segurar um gemido involuntário quando as unhas da alfa passaram sobre a marca em seu pescoço — Eu acho que prefiro o bebê Channie ao Daddy Yeol — Ela sorriu presenciando aquele momento de fraqueza que lhe fez agir como o ômega que ele era.


— De novo, alfa — Chanyeol enfiou a cabeça na altura dos seios da menor.


— Quer que eu te chame de bebê de novo, Channie? — As mãos passaram pelo pescoço e lhe levantaram o queixo para olhar seu rostinho avermelhado mais uma vez enquanto ele concordava com a cabeça.


— Chanyeol… o que fez você ficar assim? Hein, meu bebê? — Era engraçado como ele mudava da água pro vinho. Ora queria dominá-la e depois estava todo manhoso pedindo para ser chamado de “bebê”. Chanyeol era uma graça de um ômega indeciso. Não sabia se queria dominar a sua garota ou se queria que ela o dominasse.


— Você estava se mexendo muito, alfa — Um lindo sorriso surgiu antes de um selinho ser deixado nos lábios da mais nova — Deixa eu foder você, alfa? Eu prometo que você vai gostar — “Aish, que menino fofo”


— Eu sei que eu vou gostar, bebê… e esse não é o problema — As pernas entrelaçadas dos dois se esfregavam tentando amenizar a agonia centralizada em suas intimidades.


— Então qual é? — Ele se esfregou nela mais uma vez na esperança de conseguir mais de seu calor corporal, sendo que ele já tinha todo ele.


— É que você está de castigo, ômega. — Chanyeol gemeu de frustração com a frase.


Um castigo para um ômega, também era um castigo para seu alfa, mas a mais nova sabia que uma hora não aguentaria e seria ela a implorar por ele, mas até lá, ver o rostinho vermelho de Chanyeol e ouvi-lo gemer baixinho se esfregando em seu corpo era apenas o que ela queria.


— Eu pensei que meu castigo fosse ter que dar aula hoje — Ele bufou irritado e fechou os olhos mordendo os próprio lábios.


Sua boca se abriu e ele forçou a pélvis contra a outra, que poderia ter um orgasmo apenas olhando para aquela cena. Ver Chanyeol tão exposto, era tão bonito e excitante que ela nunca cansaria de vê-lo daquele jeito.


— Porra Channie… Foda-se o seu castigo, me faça gemer tão manhosa quanto você, ou eu não vou ser tão piedosa da próxima vez.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...