História Minefield - A cada passo uma explosão - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Riverdale, Shadowhunters, Teen Wolf
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Allison Argent, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Clary Fairchild (Clary Fray), Clifford "Cliff" Blossom, Derek Hale, Jace Herondale (Jace Wayland), Jennifer Blake, Lydia Martin, Magnus Bane, Penelope Blossom, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stiles Stilinski, Veronica "Ronnie" Lodge
Visualizações 51
Palavras 849
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Chame a polícia.


Fanfic / Fanfiction Minefield - A cada passo uma explosão - Capítulo 17 - Chame a polícia.

— Não quer ir para casa comigo?

— Não, eu vou ficar aqui... Não quero voltar naquela casa e não posso deixar que a mamãe me veja nesse estado.

— Quer que eu durma com você então?

— Não, Archie. Eu vou ficar bem, quero que você vá para casa. — Archie obedeceu a irmã. A deixou pronta para dormir no quarto de Stiles, não que ela fosse conseguir dormir. Estava esperando o táxi na frente da casa quando um Range Rover branco parou bem na sua frente, a janela se abriu e era Veronica.

— Você perdeu o juízo, garoto? Entra no carro agora.

— Veronica? O que está fazendo aqui? — disse entrando no carro.

— Qual é a parte do "prisão domiciliar" que você não entendeu? — fez aspas com os dedos e deu partida no carro e saiu cantando pneu.

— Como sabia que eu estava aqui?

— Um de seus vizinhos ligou para polícia... Te Viram saindo desesperado... Já estão atrás de você... Vai ter que arranjar uma boa desculpa para dar. — Archie estava calado — É a sua irmã?

— Sim, na verdade meu pai apareceu e veio até aqui..  Abusou da minha irmã quase  a matou de porrada... Eu vim desesperado  quando ligaram... Não saber o que fazer.

— Oh céus! Isso é terrível, ele descobriu que ela é...

— Sim. — a interrompeu antes que terminasse a frase — Por isso ele veio aqui para castigá-la. — enquanto isso Derek e Stiles ainda discutiam: 

— Stiles, sai da minha frente.

— Eu não vou deixar você matar o Jordan.

— Mate os dois então. — Jennifer disse entrando no escritório.

— Jennifer, não me faz fazer isso. — Derek pediu.

— Ande logo com isso e depois dê um fim da ruivinha também... Já deu problemas demais.

— Não! — Jordan se mexeu na cadeira.

— Ora, por que não? Ela está me devendo e depois dessa no mínimo ficará fazendo corpo mole.

— Ela foi abusada e espancada pelo próprio pai, você não tem coração? — Stiles estava indignado. 

— Stiles, tudo bem. Deixe ele me matar você precisa ficar para proteger a Lydia.

— Ninguém vai morrer.

— Ah, tudo bem, deixa que eu mesmo faço. — Jennifer arrancou a arma da mão de Derek e apontou para Jordan.

— NÃO! — Lydia gritou parada na porta do escritório ao ver a cena.

— Agora a festa está completa. — a morena sorriu sarcástica.

— Derek... — Stiles chamou o homem, praticamente suplicando para que fizesse alguma coisa.

— Saiu tão desesperado que deixou as luzes acesas? — Veronica zombou estacionando o carro.

— Na verdade não, não deixei nenhuma luz acesa...

— Será que...?

— Fique no carro.

— Mas Archie...

— Chame a polícia. — ele disse saindo do carro e entrou na casa.

— Filho... Sentiu minha falta? — falou enquanto tentava tapar o buraco em sua perna 

— Seu monstro... Como tem coragem de aparecer aqui depois do que fez com a Lydia? Quase a matou.

— Ela mereceu. Filha minha sendo vagabunda, aliás filha não, ela não mais minha filha.

— Você acabou com nossas vidas. Esse tiro... Devia ter te matado. — O garoto fervia de raiva.

— Vaso ruim não quebra fácil, você sabe.

— Mas eu vou matar você. — Archie não conseguiu se segurar e avançou em cima do pai apertando o pescoço do mesmo.

— ISSO! ME MATA. Aí você vai pra cadeia e eu... Eu fico livre de todos vocês.

— Tem razão... — soltou o pai — Você não merece morrer... Você merece ir pra prisão... Merece que comam o seu cu... Te façam de puta, ou você acha que lá eles vão ter medo dessa sua cara? 

— Você nunca me entregaria.

— Tem certeza? — já era possível ouvir as sirenes da polícia. 

— Seu filho da... — a porta foi arrombada pelos policiais, Archie se afastou do pai para que a polícia pudesse fazer seu trabalho, Veronica correu e o abraçou, ele tinha lágrimas nos olhos, finalmente o homem que causou tanto mal a sua família estava sendo preso.

— Departamento de Polícia de River Hills, em que posso ajudar? 

— Moço, vocês precisam vir aqui na casa do prazer da Jennifer, vai acontecer um massacre se não chegarem rápido.

— Calma senhor, como é o seu nome? Por que está sussurrando? 

— Não importa o meu nome, eles não podem me ouvir senão vão me matar também... Corram, o policial vai ser o primeiro. — Ao ouvir tais palavras de uma voz que não era estranha Alec sabia que algo tinha dado errado na missão de Jordan.

— Xerife, é o caso do prazer, algo está acontecendo na casa, nós temos que ir agora.

— Uni duni tê, salamê minguê o sorvete colorê, o escolhido foi... Você. — apontou a arma pro Stiles.

— Jennifer...

— Cale a boca, Derek. Você está me irritando.

— Jennifer, é sério, ouviu isso? É a polícia. — a mulher parou para ouvir.

— Puta merda. — abaixou a arma e se virou — Vamos desamarre-o. Derek tentou desatar os nós mas não foi a tempo, a polícia entrou. 

— TODO MUNDO PARADO COM AS MÃOS ONDE EU POSSA VER. — Alec gritou entrando no escritório sendo seguido por outros policiais. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...