História Minefield - SEVENTEEN! - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Personagens Originais, Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8"
Tags Seventeen
Visualizações 79
Palavras 1.790
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - Nineteen - Back To You


O garoto vestido só de preto entrou em sua cafeteria favorita e foi direto para a mesa mais isolada do local. Havia pedido para colocarem ela ali.

Sentou e jogou a mochila ao seu lado. A atendente lhe tratou bem como todas as outras vezes e logo seu chocolate quente e uma grande fatia de bolo estavam sobre a mesa.

Ele pegou seu caderno Verde na mochila e uma caneta, logo começando a escrever mais uma de suas músicas, esta que era chamada pelo garoto de "Don't Listen".

- Hey, posso me sentar com você? - um garoto perguntou assustando LeeYan

O garoto de preto assentiu, mesmo se sentindo incomodado com a presença dele.

- Me chamo Dongjin, mas meus amigos me chamam só de Dong - ele disse timidamente

- Sou LeeYangyoun - o mesmo fingiu um sorriso


- O que você faz aqui?! - o desconhecido perguntou correndo para abraçar o chinês mais novo - Pensei que tivesse voltado pra China, pequeno!

- Sem agarramento - Yan empurrou o outro - O que você faz aqui?

- Férias - o rapaz sorriu - Sentiu a minha falta?


- Aquele Lee Chan ainda está te incomodando no Colégio? - Dongjin perguntou com a expressão serena

Yan riu e continuou fazendo cafuné na cabeça do moreno.

- Lee Chan é um garoto que não desiste facilmente - Yan comentou

- Então, pare de se fazer de difícil - Dongjin segurou a mão do chinês e sorriu - Seja amigo dele, não acho que um garoto como esse vá te machucar

- Eu achava o mesmo do Wonwoo - o sorriso de Yan se tornou triste

Dongjin se virou e segurou o maxilar do chinês.

- Você não pode ficar com medo do futuro por causa do seu passado, não é isso que diz nas suas letras? - sussurrou

- Nem tudo que eu escrevo, eu faço - Yan riu soprado

- Você tem que pelo tentar - Dongjin sorriu e selou seus lábios nos do chinês - Você consegue


- Lee, você tá acordado? - o moreno riu - Perguntei se você sentiu minha falta

LeeYan encarou tudo a sua volta e acabou trocando olhares com Jisoo.

- Eu tenho que ir - Yan se apressou para sair daquele lugar



Soonyoung, após relaxar, sentou ao lado de Hansol e mandou uma mensagem para os outros membros do grupo.


JunHui sorriu sozinho.

Terminou de amarrar seus cadarços e deitou a cabeça na mão.

Pensava em MingHao. Pensava em como o amigo era lindo e fofo, até mesmo pensava em como MingHao parecia sensual com o simples cabelo bagunçado.

- Tá vegetando - Lee Chan riu do amigo - Diz, tá pensando no quê?

- Nem eu sei ao certo - JunHui riu e se levantou - Estou morrendo de saudade dos rapazes



- Eu não quero mais saber, Jihoon - Seokmin arrumava sua mala

- Isso é idiotice! Você não tem pra onde ir, Seok! - Jihoon tentava tirar as roupas da mala - Você não tem dinheiro nem pra pagar a passagem de avião pra lá!

- Eu não ligo! - Seokmin segurou as mãos do menor - Você não entende... Foi tudo um mal entendido, ele não ficou com ninguém na festa e ainda passou o mês fora por minha culpa

- Um mal entendido?! - Jihoon arregalou os olhos - Então eu perdi minhas chances com o Soonyoung só porque você fez merda?! Não creio!

- Você não perdeu as chances com o Soonyoung, eu perdi minhas chances com o LeeYan - Seokmin revirou os olhos - O Soonyoung gosta de você e tu é o único que ainda não percebeu

Jihoon ficou estático. Sentiu Seokmin soltar suas mãos e se jogou na cama do mesmo.

- Merda! - Seokmin virou a mala sobre a cama e sentou - Eu não consigo ir até ele

- Que bom que entendeu de uma vez por todas - Jihoon bagunçou o cabelo do ex



Os cinco rapazes estavam parados na porta da suíte do quarto de Yan e MingHao, enquanto o chinês mais novo não saía do banheiro.

- Yangy, você tem que sair se quiser que nós não fiquemos nervosos - Jeonghan tentou mais uma vez mudar a cabeça do garoto - Prometemos não fazer muitas perguntas

- Eu não quero que vocês saibam de algo assim! - gritou de dentro do banheiro - É uma história nojenta...

- LeeYangyoun, como seu melhor amigo eu te peço pra sair daí agora! - Wonwoo bateu na porta

- Meu melhor amigo é o Lee Chan! - o chinês bateu na porta de volta

- Yangy, o Chan me contou tudo - Jisoo disse perto da porta

A porta se abriu com um estrondo e o chinês mais novo encarou Jisoo.

- O que ele te contou? - perguntou já com a mão em seu celular

- Ele disse tudo sobre... Você - Jisoo disse com receio

- Mudança de planos - Yan foi até o grande armário do quarto e começou a tirar as peças de roupa que tinham no móvel - Vamos voltar pra Seul hoje mesmo!

- O quê?! - os cinco gritaram

- Nós acabamos de chegar! - Seungkwan se jogou na cama e começou a se debater

- Algum motivo especial pra isso? - Jeonghan arqueou a sobrancelha

Yan encarou o coreano com receio e voltou a arrumar suas roupas mais rapidamente.

- Não ignore a gente! - Wonwoo pediu

- Da pra se calarem?! - Yan pediu jogando as roupas no chão - Eu não ligo se vocês ficarem aqui, mas eu não fico. Quero ficar longe de qualquer coisa que me lembre ele!

- Aquele rapaz te lembra o Seokmin? - MingHao perguntou

- Aquele rapaz me lembra o passado e coisas que eu já tinha esquecido - o chinês mais novo sentou na cama e sorriu fraco

- Do tipo? - Jisoo se aproximou e sentou ao lado dele

- Dongjin foi meu primeiro amor - Yan encarou seus pés


- Vamos, Yan! - o coreano corria pelo campo enfeitado com várias flores coloridas

- Eu não sou tão rápido assim - o chinês riu


- No começo, eu pensei que era só uma quedinha pelo Dongjin porque ele era super carinhoso comigo - Yan sorriu para os garotos que sentaram a sua volta - Ele me encorajou a fazer amizade com o Chan, depois me fez parar de usar Preto, se bem que o Lee Chan também ajudou nisso - fez bico

- Vocês eram um casal fofinho? - Seungkwan tombou um pouco a cabeça pro lado - Como você sabia que ele gostava de você?

- Ele me pediu em noivado - o sorriso de Yan morreu

- Cara ousado, já não gostei dele - Wonwoo ajeitou o óculos

- Ele fez pelo menos uma surpresa? - Jeonghan perguntou sorrindo sacana

- Hannie, para de ser safado - Jisoo pediu rindo

- O que importa é que eu gostava muito de Dongjin, mas eu não ia abrir mão da minha liberdade pra ficar com ele - Yan bagunçou seu cabelo - Chan me ajudou com isso. Ele me ajudou a pensar bastante na proposta e então eu dispensei o Dongjin dizendo que nunca mais iríamos nos ver

- Você disse que iria voltar pra China, certo? - Jisoo perguntou

- Exato. Bastante tempo depois disso, eu fui pro mesmo Colégio que vocês porque o Johnny descobriu onde o Wonwoo estudava - sorriu - Eu e Mingyu estávamos na aula de Educação Física e Puff, eu caí em uma pessoa. Estava tudo bem até eu trocar olhares com aquele garoto

- Amor a primeira vista - Seungkwan estava sorrindo com desdém

- O que você sentiu? - Jeonghan perguntou animado

- Eu senti um sensação estranha - Yan franziu o cenho - Primeiro foi um arrepio percorrendo todo o meu corpo, aí senti um choquezinho quando ele encostou no meu braço. Nós ficamos trocando olhares até o Mingyu me ajudar a levantar

- Seu namorado sempre tem que estragar algo - Jeonghan empurrou Wonwoo

- Por isso você quer ir... - Jisoo pegou as mãos de Yan - Você tem medo de que o Dongjin roube seus sentimentos pelo Seokmin

- É... - Yan sorriu - Eu ainda amo o Seokmin, não importa o que ele faça



Seokmin espirrou e acabou deixando o celular cair no chão.

- Você está bem?! - Soonyoung perguntou assustado

- Sim - Seokmin respondeu esfregando o nariz

- Estava falando com o celular! - Soonyoung tirou o aparelho do chão e suspirou aliviado ao não ver rachaduras - Brincadeira, Seok - riu

- Check-in, Seoul City - Hansol cantou

- That's My City! - Mingyu cantou mais alto

- Yeah, Check-in, New York City - Hansol continuou

- Tokyo, Osaka, Yeah! - Seungcheol fez um dab

- O que estão cantando? - Jihoon perguntou animado

- É um negócio que o Hansol tava escrevendo na sala de aula e mostrou pra gente - Mingyu riu

- Woozi, você e Yan já começaram a trabalhar com Shining Diamond? - JunHui perguntou abrindo a porta da sala

- Já mandei você bater Palma - Jihoon disse com a mão no peito. Respirou fundo - Não, ele não falou nada comigo ainda


[《》]


Jihoon batia a caneta no caderno incontáveis vezes. Não conseguia escrever sequer um simples verso.

Sua cabeça estava cheia de pensamentos que o culpavam. Que desanimavam.

Ouviu a porta do quarto ser aberta e se virou. Um pequeno ser de cabelo preto e olhos ocidentais sorriu e pulou para dentro do quarto.

- Acho que cheguei no momento certo - Yan disse rindo

- Você e os rapazes não estavam na Itália? - Jihoon se levantou da cadeira

- Ouve um imprevisto e tivemos que voltar - Yan colocou a mala perto do armário e abraçou o coreano - Senti tanta saudade de abraçar alguém do meu tamanho!

Os dois riram.

- O que é isso? - Yan desfez o abraço e pegou o caderno de Jihoon - "Shining Diamond Life"?

- Eu não estou muito criativo, tá - Jihoon pegou o caderno e a caneta - Quer me ajudar?

Yan sorriu.

- Eu adoraria mas tenho que fazer algo antes - fez uma pequena reverência e saiu do quarto

O chinês desceu os três degraus rapidamente e saiu do dormitório. Pegou o elevador e saiu correndo do prédio.

Seus pés afundavam na neve mas ele não se importava. Precisava fazer aquilo antes que seu subconsciente lhe mandasse parar.

Assim que reconheceu o ser de cabelos castanhos sentado em um banco de Praça, seu coração acelerou.

Tentou dar mais um passo, porém não se movia. Engoliu seco ao perceber que o coreano se virou.

- Yannie? - Seokmin se levantou espantado - Você não devia estar na-

Yan se aproximou lentamente e ficou de frente com Seokmin. Seus olhos lacrimejaram, assim como os do mais velho.

Seokmin acariciou a bochecha do chinês e sorriu ao ver que não sonhava. Era o seu LeeYan ali.

- Eu fui bobo... Me perdoa? - perguntou o chinês entre o choro

- Eu que errei, você que deve me perdoar - Seokmin abraçou o chinês - Eu te magoei e-

Yan separou o abraço e puxou o rosto do coreano de encontro com o seu.


Notas Finais


♡As atualizações serão todas as sextas♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...