1. Spirit Fanfics >
  2. MINERVA - Peter Parker x OC! Reader >
  3. Capítulo 22.

História MINERVA - Peter Parker x OC! Reader - Capítulo 22


Escrita por:


Capítulo 22 - Capítulo 22.


A mãe de Minerva a ligou pouco tempo depois que eles voltaram, lhe dizendo que Theo havia dormido ao lado de Apolo e que eles haviam se dado muito bem.

Apolo havia sido adotado há cinco anos, quando ele tinha quatro anos e meio, ele era o filho que Atena e Hécate haviam a prometido. O que a deixou muito confusa quando Theo também apareceu em sua porta.

– Minerva.

– Sim?

– Tony terminou a manopla. – Steve disse e a puxou até a sala.

– Quem vai fazer?

– Eu posso fazer. – Minerva disse e todos a olharam. – O quê? Eu sou uma Deusa, não vou morrer com radiação.

– Não, você não. – Tony disse e Steve concordou.

– Eu sou o Vingador mais forte, eu faço! – Thor disse e a menina os olhou.

– Sério? Ele e não eu? Qual é a nossa diferença? Só pro causa que ele é o Deus do Trovão?

– Geralmente eu concordaria com você, mas não estamos falando somente de energia que ligaria um continente...

– O que acha que corre em minhas veias agora?

– Requeijão. – Rhodes disse e Minerva o olhou.

– Vocês querem saber, eu vou contar a você suma coisa que eu nunca contei a ninguém. Há cinco anos, quando eu encontrei com Atena e Hécate no Olimpo, elas me contaram... me contaram o que ia acontecer.

– Como assim? – Bruce perguntou e ela respirou fundo.

– Elas me disseram que eu ia salvar todos vocês, então me deixe fazer isso, por favor! – Ela tinha lágrimas nos olhos. – Faz cinco anos que eu estou morta, minha alma está em outro lugar e... eu só quero que isso acabe, que todos fiquem felizes. Por favor!

– Você não vai usar a manopla! – Tony disse e ela cruzou os braços.

– Bem, eu posso usar, tem eletricidade correndo nas minhas veias...

– Eu faço. – Bruce disse. – É um chute, mas a radiação é basicamente gama, é como se eu tivesse sido feito para isso... – Eles continuaram conversando e a menina se afastou um pouco, nisso a atenção de Minerva foi para fora da sala. 

O arrepio.

– Gente...

– SEXTA-FEIRA, faz um favor e ativa o protocolo Porta do Celeiro.

– Sim chefe. – As portas e janelas se fecharam, o teto escureceu e eles ficaram cercados.

– Todos vão voltar pra casa. – A manopla se ajustou a sua mão e ele começou a estalar os dedos, a energia passou por ele e o homem começou a tremer.

– Eu disse que eu faria, pare com isso!

– Não, eu “tô” legal, é sério. – Nisso todos os pelos de Minerva se arrepiaram, ela virou sua cabeça e caminhou até uma das chapas; ela olhou para trás e os viu rodeando Banner.

Ao se concentrar, ela conseguiu sair dali e viu as árvores secas voltando a ficarem verdes e os passarinhos a cantar. Um sorriso no canto de sua boca, ela esboçou e então, ela mexeu em seu cordão.

– É pra você, Peter. – O teto se abriu e as chapas desapareceram.

– Conseguiram? – Ela perguntou ao Clint assim que ele desligou.

– Conseguimos. – Clint a corrigiu e ela se virou dando um leve sorriso.

– Pode ser... – Ela foi interrompida e jogada ao chão por uma explosão. A menina caiu, junto a Rhodes, Rocket e Clint.

– Eu não consigo respirar! – Rocket exclamou e Minerva abriu os olhos, respirando fundo.

– Minerva!

– Eu não consigo me mexer... – Uma onda d’água os atingiu e a menina foi levada ainda mais pra longe.

Quando recuperou o folego, conseguiu se levantar alcançar Tony, Steve e Thor.

– Você está bem? – Steve pegou seu braço e ela tocou sua mão.

– Só foi um corte, vou sobreviver. – Ela se virou e viu Thanos.

– O que ele está fazendo?

– Nada, absolutamente nada.

– Onde estão as joias? – Steve perguntou e Tony o respondeu:

– Debaixo de tudo isso. Só sei que ele não as tem.

– É melhor continuar assim.

– Isso é uma armadilha. – Thor disse cruzando os braços.

– É, só que eu não me importo.

– Ok, era só pra deixar bem explicado. – O céu fechou e raios e trovões tomaram os céus. Seus olhos ficaram azuis e logo ele estava vestindo seus trajes de guerra.

– Posso fazer isso também? – Minerva perguntou descendo de onde eles estavam.

– O que vai fazer? – Steve perguntou ao vê-la de costas pra eles.

– Eu tenho um pouco mais de estilo. – Ela se virou e piscou, voltando a andar, a cada passo que ela dava seu traje tomava conta dela.

As botas iam até seus joelhos, a capa esticou atrás dela e o traje, agora preto, envolveu e marcou seu corpo.

– Vamos deixar ele bem morto dessa vez. – As mechas roxas que caíam sob seus olhos voaram e ela sorriu.

Ela sumiu depois disso, enquanto eles lutavam sozinhos e procuravam por ela, a menina havia desaparecido.

– Onde ela está? – Steve perguntou no chão.

– Eu não sei! – Tony o respondeu e ajudou ele a se levantar, nisso algo bateu em Thanos e ele caiu. Ao olharam para cima viram a garota, seus olhos estavam pretos, a capa voava e seus cabelos estavam mais brilhantes como nunca. Os cães do espaço explodiram e ela desceu entre eles.

– Desculpa pelo sumiço, estava fazendo uma coisa.

– Cinco segundos antes e o escudo estaria... Inteiro, você fez isso?

– Eu tenho uns poderes extras. Me agradeça depois.

– À esquerda! – A voz de Sam atingiu o ouvido de todos, os três se viraram e Minerva sorriu.

Então, ela o viu.

Um barulho muito familiar foi ouvido, ela viu Peter de longe e sorriu.

O tempo pareceu parar, eles começaram a lutar e ela lutando, se aproximou dele.

– ... Eu devo ter desmaiado porque quando acordei você não estava lá e o Dr. Estranho disse que tinha passado cinco anos e que vocês precisavam de nós. Aí ele começou a fazer aquelas faíscas amarelas com as mãos e... Ok. O que é isso? – Ela ouviu a voz de Peter e parou a alguns metros dele e de Tony. – Isso é bom! Sr. Stark, a Minerva “tá” bem, né? Eu não a vi...

– Oi, Parker.

– Minerva. – Ele suspirou e a menina o abraçou fortemente, os dois começaram a chorar e dessa vez, o tempo realmente parou.

– Oi. – Ele disse encostando sua testa na dela.

– Oi, senti sua falta.

– Eu também. – Ela o beijou e o garoto sorriu com os lábios colados no dela.

– Eu te amo, Parker.

– Eu também te amo, Minerva. Minha Deusa...

– Sua Deusa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...