História Minha amada mistériosa - Park jimin - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, TWICE
Personagens Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 37
Palavras 1.382
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 🌈

Capítulo 4 - Three


 Ainda dormindo eu escutei uma voz masculina me chamar  - s/n! Acorda filha você vai se atrasar - era meu pai Davis.

- Papai que foi - falei com voz carregada por conto do sono.

- Está tarde filha você vai se atrasar para escola - ele falou me levantando é ajustando uma mecha do meu cabelo  atrás da orelha olhei para o relógio no criado mudo é me assustei eu realmente estava atrasada até então eu nunca avia me atrasado para a escola.

- Meu Deus eu tenho que ir tomar banho - falei pegando minha toalha que estava dobrada sobre a cama da Lisa.

- Vai tomar banho enquanto eu preparo seu lanche - foi a última coisa que eu escutei meu pai dizer antes de entrar no banheiro.
Enquanto a água morna escorria sobre meu corpo, eu comecei a pensar no sonho que tive está noite.
°sonho on°
Eu estava tocando meu violão em um lugar desconhecido por mim, Jimin aparece sorrindo.
- Eu te amo s/n - Jimin disse né abraçando com força.-

 eu não sou uma garota clichê Jimin, não diga que me ama só com uma semana de conversa

- s/n eu não..

Antes que pudesse falar qualquer coisa meu pai me acordou; sai do banho vesti  um moletom preto, uma calça jeans azul escuro, meu tênis de sempre e prendi meu cabelo em um rabo de cavalo frouxo pego minhas coisas e vou para a escola o mais rápido possível.
                                      ∆
Cheguei na escola atrasada a aula de matemática já tinha começado.

- Posso entrar - pergunto para a professora de matemática que estava em pé escorada no quadro ao lado da diretora que para o meu azar estava na minha sala falando um comunicado para a turma.

- Pode sim senhora s/n é que isso não se repita estamos entendidas - a diretora falou me olhando com um olhar furioso, agradeço e vou para o meu lugar; a diretora continua - Bom e isso alunos a partir de amanhã vocês podem começar a usar os uniformes a escola já mandou para a casa de todos vocês obrigada e boa aula.

Ótimo agora teríamos que usar uniformes isso é ridículo; após a aula de matemática tivemos aula de biologia e química eu não tenho dificuldade em nenhuma matéria afinal sempre gostei de estudar, mas hoje estava difícil de me  concentrar o sonho com o Jimin não saia dos meus pensamentos, mas o pior  e que ele se sentou do outro lado da sala com Tzuyu, sana, mina é Jeongyeon é isto estava me incomodando.Eu não sei porque.

- Ei, você poderia parar de chutar minha cadeira por favor - um garoto que estava sentado na minha frente falou, eu nunca tinha visto ele aqui na escola provavelmente ele e um novato.

- Me desculpa, eu não percebi que estava chutando a sua cadeira - falei.

- tudo bem - ele respondeu. Bateu o sinal do intervalo é eu fui direto para trás da escola fazer o de sempre ler.

- Oi ceguinha - Jeongyeon falou se aproximando de mim essa garota não me deixa em paz caramba.

- saí de perto de mim Jeongyeon - falei encarando a mesma.

- Aí que medo, e seu não sair vai fazer o que nem enchergar você sabe garota deve ser por isso que seus pais te abandonaram esquisita - ela disse; aquilo realmente me magoou eu quase nunca ligava para as provocações de ninguém, mas quando eles falam do meu suposto abandono eu não resisto é sempre choro.

- você está bem? - o mesmo garoto de antes me pergunta.

- sim ela está bem, agora dê o fora daqui - Jeongyeon falou se referindo ao garoto ele  simplesmente a encarou e disse - olha só se você não sair daqui agora eu juro que esqueço que você é menina e acabo com sua raça.

- idiota - Jeongyeon resmungou e foi embora.

- você está bem? - ele me perguntou de novo.

- Estou sim obrigada, mas olha só eu não preciso e  nem quero que você fique me defendendo eu sei me cuidar sozinha - falei.

- Não foi o que me pareceu - ele respondeu.

- o que você quer aqui - perguntei desta vez encarando ele.

- Nada - ele falou.

- então pode ir embora - falei.

- A escola por acaso e sua - ele disse.

- Ótimo se você não vai sair eu vou - falei.

- Não precisa ir...eu acho que a gente começou do jeito errado - ele falou segurando meu braço.

- Concordo - falei me virando para o garoto.

- Eu sou Jackson Wang e você? - ele me perguntou.

- Eu sou a s/n - respondi; bateu o sinal e tínhamos que voltar para a sala - Vamos - pergunto Jackson assentiu é fomos.

Os dois últimos horários eram de artes não tinha professor substituto então só ficamos na sala conversando uns com os outros, desta vez eu não fiquei sozinha lendo um livro qualquer, Jackson ficou me contando sobre Hong Kong sua cidade natal bateu o sinal para irmos embora Jackson é eu trocamos nossos números é eu fui embora.

Eu estava indo para casa pelo meu caminho de sempre quando escuto uma voz masculina me gritar - S/N! - era Jimin que vinha correndo atrás de mim.

- o que você quer Jimin? - pergunto.

- Quem era aquele - ele gritou.

- de quem você está falando Jackson!? - perguntei confusa.

- Por que você deu seu número de telefone para ele!? - Jimin perguntou com um olhar de fúria.

- Como você sabe disso - falei.

- jungkook está sentado atrás de você ele escutou toda conversa de vocês e me contou - ele falou abaixando a cabeça - Você não me respondeu por que deu seu número para ele - Jimin gritou.

- isso não e da sua conta Jimin- falei me afastando do mesmo.

- S/N - mais uma vez ele gritou.

- Me deixa em paz - agora foi a minha vez de gritar - o que você quer de mim - continuei.

- Eu..- ele falou me prendendo contra parede é me beijando um beijo calmo e intenso ao mesmo tempo - s/n você me deixa descontrolado toda vez que te vejo eu quero te tocar te beijar eu não suporto mais te ver e não te ter  - ele falou separando seus lábios dos meus.

- Jimin eu quero ir embora me solta - falei desfiando os olhos ele sem entender me soltou é eu saí correndo.
                                    ∆
Cheguei em casa com os olhos cheios de lágrimas por sorte meus pais não estavam em casa mais para o meu azar a Lisa estava.

- maninha por que você está chorando - ela perguntou se levantando do sofá.

- Me deixa Lisa - falei correndo para o meu quarto, mas ela veio atrás de mim.

- você vai me contar agora s/n - ela falou batendo a porta do nosso quarto.

- Eu beijei um garoto - falei em meio a soluços - é eu acho que o amo - eu disse me deitando na minha cama é colocando um travesseiro sobre meu rosto.

- então por que está chorando assim com tanto desespero - Lisa falou se sentando na minha cama.

- Por que eu não quero que ele brinque com meu coração eu já fui abandonada uma vez não quero ter essa sensação de novo - falei tirando o travesseiro do rosto há encarando.

- Mana não fica assim Jimin te ama eu tenho certeza - ela falou me abraçando.

- como você sabe que foi o Jimin que me beijou - perguntei.

- s/n eu percebi o jeito que você olha para ele seus olhos azuis parecem brilhar muito mais que o normal  é o jeito que ele te olha e muito  intenso - ela disse me abraçando ainda mais forte.

- Ele deve me odiar agora - eu disse chorando com mais intensidade do que antes.

- Claro que não - ela falou, mas foi intenrompida pelo meu celular que vibrou - é uma mensagem deve ser dele.

- não ele não tem meu número deve ser o Jackson - falei pegando meu celular é abrindo a mensagem.

Jackson :
Oiê chegou em casa bem?
Você viu o dever de matemática isso aqui está um bicho de sete cabeças kkkkk

- Quem e Jackson - ela me perguntou erguendo as sobrancelhas.

- meu novo amigo... - respondi.
     
                                  ♥️


                    


Notas Finais


" seu toque me despertava sensações que até então eu só avia lido sobre"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...