História Minha amada mistériosa - Park jimin - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, TWICE
Personagens Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 35
Palavras 1.797
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 🌈

Capítulo 5 - Four


S/n:
Oi Jackson cheguei bem, obrigada por perguntar
Quanto ao dever de matemática eu nem abri o caderno ainda
Eu vou fazer depois do jantar


Respondi as mensagens do Jackson e fui tomar banho ouvindo a música Hello Bitches da CL, durante o banho eu comecei a pensar no beijo que Jimin me deu comecei a relembrar o exato momento em que seus lábios encontraram os meus eu queria ter correspondido o beijo, eu queria não ter que complicar as costas mais eu tenho medo, tenho medo dele só querer me usar é depois me abandonar.
Sai do banho vesti meu pijama é amarei meu cabelo em um coque froxo, eu não senti fome então fui fazer o meu dever de matemática; peguei meu caderno, meu estojo é me sentei na minha cama para começar a fazer meus exercícios.

- Filha você não vai jantar? - Meu pai (Eujin) falou entrando no meu quarto é se sentando na minha cama.

- Não papai, eu não estou com fome Obrigada - falei é meu pai sem responder saiu do quarto.

Fiquei estudando, mas risos vindos da cozinha começaram a me incomodar eu fui até a porta da cozinha é fiquei admirando meus pais juntamente com a Lisa se divertindo e contando piadas durante o jantar por algum motivo sempre parece que eles estam mais feliz quando eu não estou por perto, e como se eu fosse antisocial até dentro de casa , voltei para o meu quarto e dormir.

Amanheceu e infelizmente eu tinha que ir para escola eu poderia pedir aos meus pais para ficar em casa hoje mais eles começariam a fazer perguntas que eu não estava afim de responder.

- Filha o uniforme chegou - meu pai (Eujin) falou entrando no quarto com a roupa na mão, meu uniforme era composto por uma saia um pouco acima do joelho azul escuro, um sapato fechado de fivela preto, meias brancas que iam até o joelho, uma blusa branca com mangas até o cotovelo e uma gravata azul escuro.

- Eu não vou usar isso papai - falei pegando um dos sapatos.

- Você tem que usar s/n - ele falou me encarando.

- E se eu no lugar desses sapatos eu usasse meu tênis all star preto - falei dando um sorrisinho de lado.

- tá bom s/n, mas se a direção reclamar você via ficar de castigo por uma semana - ele falou colocando o uniforme em cima da minha cama é em seguida saio do quarto. Eu coloquei o uniforme com exceção dos sapatos fiz uma trança dupla no meu cabelo é fui para a escola.

Cheguei e fui direto para a sala por sorte Jimin não estava lá uns cinco minutos depois de mim Jackson chegou na sala e se sentou atrás de mim.

- Oi s/n - ele falou se ajustando na cadeira.

- oiê Jackson - respondi.
A professora de filosofia chegou na sala e pediu para todos nós irmos para a biblioteca pois iríamos fazer um trabalho em grupo, Jackson e eu nós sentamos em uma mesa vazia é começamos a fazer uma tese sobre " o romantismo e o idealismo alemão".

- Ela está linda de uniforme - Jackson falou me surpreendendo.

- Ela quem? - falei olhando para a mesma direção que ele  - Jeongyeon!! Você gosta dela - falei confusa.

- gosto tá bom, pode me zuar - ele falou em tom brincalhão.

- Boa sorte - falei aos risos.

- Sua chata - ele respondeu, continuamos fazendo a nossa tese até Jimin entra na biblioteca chamando a atenção de todos.

- Está atrasado Park Jimin - a professora de filosofia falou indo na direção do mesmo.

- me desculpa professora, eu tive um imprevisto - ele respondeu abaixando a cabeça, Jimin parecia tão triste ver ele assim vazia meu peito doer principalmente por que eu sei que sou o motivo da sua dor.

- sente-se com aquele grupo é começa a fazer o trabalho agora - a professora disse apontando para a mesa onde estavam Jackson é eu; Jimin veio até nós é se sentou sem falar uma palavra ele ficou com seus olhos o tempo todo concentrados no caderno.

- Professora posso ir ao banheiro?- Jackson levantou a mão e perguntou a professora assentiu é ele saiu da mesa me deixando sozinha com o Jimin.

- Por que me deixou sozinho ontem? - Jimin falou ainda de cabeça baixa.

- Eu estava com medo - respondi.

- Medo? - Jimin falou, desta vez me encarando.

- Medo de ser abandonada de novo Jimin, medo de você simplesmente brincar com meu coração e depois ir embora - falei.

- Eu nunca vária isso - ele disse aproximando sua cadeira da minha - gostei dos tênis, mas acho que você deveria está usando outros sapatos - Jimin disse sorrindo.

- Aqueles sapatos são horríveis - falei em tom brincalhão.

- pensei que você era o tipo de garota que sempre segue as regras - ele falou sorrindo.

- Jimin, eu sou o tipo de garota que FAZ as regras é se precisar as quebro - falei soltando uma leve gargalhada.

Voltamos para a sala e tivemos aula de geografia, logo em seguida aula de história e depois recreio.

- Vamos - Jackson falou se levantando da sua cadeira.

- sim - respondi e fomos para trás da escola, ficamos conversando sobre o livro " A árvore da mentira".

- Eu não acredito que a ceguinha da escola encontrou um amigo tão retardado quanto ela - Jeongyeon falou.

- Deixa de ser chata garota - respondi.

- Jeongyeon sai daqui - Jackson falou em tom autoritário.

- E se eu não sair vai fazer o que? - Jeongyeon respondeu ficando bem próxima ao Jackson.

- Sua patricinha - Jackson falou olhando bem profundo em seus olhos.

- para Jackson, não vale a pena ficar discutindo com esse tipo de pessoa- falei puxando  ele para longe dela.

Voltamos para sala e o resto do dia nem a Jeongyeon nem o Jimin falaram nada comigo ou com o Jackson.

- tchau s/n te vejo amanhã na aula de música - Jackson falou entrando no ônibus, caramba eu tinha me esquecido completamente da aula de música Jimin e eu quase não ensaimos.

Fui andando é pensando na maldita aula de música como eu fui me esqueçer o jeito seria chegar mais cedo amanhã na aula e práticar.

Cheguei em casa e fui direto para o meu quarto para ensaiar, aish eu não tinha a letra da música que o Jimin compôs seria melhor eu ensaiar com a minha música peguei meu violão e comecei a tocar:
" Mas estou vazia por dentro, sim estou vazia por dentro
Eu não quero viver mais estou com muito medo de morrer
Sim eu estou vazia por dentro eu simplesmente não me sinto viva
Eu não quero viver mais estou com muito medo de morrer"

- Maninha eu tenho uma surpresa - Lisa falou entrando no quarto.

- Que surpresa Lisa? - perguntei.

- amanhã eu, Rosé, jisoo é jennie vamos te ver cantar para a escola toda - ela disse pulando na minha cama com um sorriso de orelha a orelha.

- Como assim vocês vão? Eu só vou cantar para minha turma não para a escola inteira - falei.

- Não você e o Jimin vão cantar na feira de cultura - ela respondeu erguendo uma sobrancelha.

- Oque? - falei surpresa.

- s/n esqueceu que todo ano uma turma e escolhida para se apresentar na feira de cultura e avaliado como trabalho de classe - ela falou.

- A eu estava conversando com Jimin na hora que o professor estava explicando o  trabalho - falei colocando as mãos sobre o rosto.

- Bom agora vai ter que se apresentar, vamos escolher uma roupa bonita - ela falou se levantando é mexendo na minha parte do guarda roupas.

- Sai daí Lisa eu vou usar as minhas roupas de sempre - falei.

- Não você vai usar isso aqui - ela falou me mostrando uma blusa masculina tamanho GG com a estampa da Nirvana, que eu sempre uso como  vestido.

- Lisa eu não vou usar isso na escola - eu disse.

- Vai sim agora dorme que amanhã vai ser um longo dia - ela falou tomando o violão da minha mão.

- Eu só vou ir dormir por que estou com muito sono - falei me deitando.
                                     ∆
Acordo com Lisa é jennie em cima de mim.

- O que vocês estão fazendo aqui suas doidas - falei tirando elas de cima de mim.

- Nós viemos te arrumar - jennie falou sorrindo.

- Eu mereço - eu disse me levantando e indo escovar os dentes; voltei para o quarto depois de fazer minha rotina matinal e lá estavam elas com máquiagem, roupas e vários sapatos na mão antes que eu pudesse falar elas me puxaram e começaram a mexer no meu cabelo elas fizeram cachos, e depois delas muito insistirem eu coloquei a minha blusa da nirvana é um all star branco pintado de flores amarelas.
                                       ∆

Chegamos na escola é nem sinal do Jimin ficamos procurando por horas e nada dele, nossa hora de apresentar avia chegado ... Eu teria que me apresentar sozinha para a escola inteira.

- Você consegue sua voz e incrível - Lisa falou me entregando o violão da escola.

- Não Lisa eu vou fracassar - falei.

- Você não vai agora sobe lá - jennie falou é eu subi no palco sozinha a escola inteira estava com os celulares apontandos para mim meu coração se acelerou é eu fechei os olhos começando a tocar, peguei o microfone e comecei a cantar:
- Está música e de minha autoria é o nome dela é empty significa vazia..
" Eu não posso lidar com essas pressões, tudo oque eu posso dizer é que stress dói
As coisas devem melhorar eu só preciso me colocar em primeiro lugar
Eu estou sempre tentando o meu melhor para não me despedaçar
As vezes eu só quero me afogar, todos os pensamentos na minha mente
Muito acontecendo ao mesmo tempo
Isso é apenas a realidade sim, não minta para mim eu estou fodida mais não quero estar
Eu estou afogando minhas dores
Há regras que nunca vou seguir
Finja que não há amanhã, eu queria que não ouvesse amanhã
Queria apagar minhas memórias assim eu não me sentiria tão vazia
Eu queria que essa merda não fosse tão tentadora ...
Meu corpo está tremendo minha cabeça está doendo
Parece que meu coração está se quebrando ..
Sim eu estou fodida não minta para mim
Sim eu estou vazia por dentro
Eu não quero viver mais estou com muito medo de morrer
Eu estou vazia por dentro.."
( Olívia o'Brien - empty)

Terminei de cantar e sai correndo do palco muitas pessoas aplaudiam, mas eu só pensava no por que do Jimin não ter aparecido, será que aconteceu alguma coisa.

Continua...
                                    ♥️

" Eu sei que é difícil ter problemas, agora imagine ser um " 


Notas Finais


Gente recomendem a minha fic pros colegas please ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...