História Minha anja guardiã - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Amor, Anjo, Vampiros
Visualizações 92
Palavras 1.099
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Viva, consegui mais um capítulo
Os Sakamakis quando crianças eram tão fofos

Capítulo 2 - O Morcego e a Borboleta


Fanfic / Fanfiction Minha anja guardiã - Capítulo 2 - O Morcego e a Borboleta

              Pov’ Yui


Enquanto Subaru brincava no jardim das rosas sob o olhar atento de Christa, enquanto ele tentava alcançar uma borboleta a qual sempre fugia. Enquanto isso os meio irmãos dele faziam outras coisas pra se divertirem Ayato, Laito e Kanato corriam atrás de morcegos, Reiji lia livros e Shuu brincava com seu cachorrinho. Enquanto isso Beatrix bordava uma toalha e Cordélia estava em algum lugar com Ritcher, Karlheinz devia estar atrás de uma mulher, cara pra que isso ele já em três esposas quatro se contar a amante e fica dando encima de outras pelo amor de tudo que é mais sagrado ele não  tem escrúpulos ?

Bom ele e a Cordélia formam o par perfeito um casal de … como se diz mesmo … lembrei Bitchs o que não é mentira ele vai na cidade apenas pra dar em cima das outras e ela para dar em cima dos outros, infelizmente já tive o desprazer de ser cantada por ele mas ele não sabe que sou uma anja afinal estava disfarçada de humana que era amiga da Christa. Mas voltando ao principal a Bitch da Cordélia teve o desprazer de aparecer sério ela não tem mais o que fazer do que atrapalhar ? Aparentemente não pois veio mandar o Ayato se trancar no quarto  estudar sério  que desgraçada deixa a criança brincar está um lindo dia de sol e até a Beatrix que por vezes é muito chata nesse assunto tá mandando o Reiji parar de ler e ir brincar.

Escuto um pequeno choro e me teleporto do galho da árvore em que estava para ir ver o  Kanato que estava chorando me preocupei, será que ele se machucou ? E a minha resposta é não, o morcego que ele havia capturado mais cedo havia fugido e pelo que observei deu muito trabalho. E como era de se esperar de uma boa mãe ir consolar o filho … espera Cordélia não é uma boa mãe ela apenas deixou Laito sozinho mandou o Ayato pro quarto e fez o Kanato cantar para ela, e é por isso que às vezes meu trabalho fica tão difícil, caramba é tão difícil ir consolar o menino.

Assim que ela vai embora junto com Ritcher outro desgraçado Kanato corre para a floresta que tem em volta da mansão mais exatamente na direção que o morcego voou e claro fui atrás dele. Então ele se encosta em uma árvore a começa a chorar 1° Por não achar mais o morcego e 2° Não poder mais brincar hoje. Odeio ver eles chorando, sei que meu trabalho é só proteger mas não posso deixar as coisas desse jeito então vôo um pouco mais longe e acho o morcego dele então quando aterrisso converso com o morcego pra ele não fugir

Eu: Não é pra fugir

Morcego: E por que eu ficaria ?

Eu: Facilitaria meu trabalho, além de deixar uma criança feliz

Morcego: E o que isso tem haver comigo ?

Eu: Você vai ganhar muito carinho

Morcego: ???

Eu: Depois eu te dou uns mimos

Morcego: Okay

Enquanto saia da clareira medo minha forma para parecer uma camponesa comum que está apenas vagueando na floresta, vou para onde Kanato continua chorando, mas não chego direto dou umas voltas ao redor antes de me aproximar

Eu: Por que você está chorando ?

Kanato: Q- quem é você ? - Diz ele com uma cara assustada

Eu: Meu nome é ( penso rapidamente em um nome ) Luana

Kanato: Luana ?

Eu: É, mas por que você está chorando?

Kanato: Meu morcego fugiu - Diz ele fungando

Eu: Quer que eu te ajude a encontrá-lo ?

Kanato: Você faria isso ?

Eu: Claro, propósito qual seu nome?

Kanato: Eu me chamo Kanato - Fala ele sorrindo com o rosto cheio de lágrimas

Eu: Que nome bonito - Digo sorrindo

Enquanto caminhávamos ele se distraiu tempo o suficiente para eu assobiar e o morcego entrar em cena indo em direção ao Kanato

Kanato: Olha o meu morcego - Ele está com um sorriso tão grande

Eu: Que lindo - Digo então olho para o céu - está ficando tarde acho melhor você ir para casa

Kanato: Verdade, obrigada pela ajuda

Eu: Sem problemas, afinal não estou muito longe de casa

Kanato: Você mora aqui perto ? - Ele me pergunta com uma cara tão inocente

Eu: Sim minha casa fica perto do rio, quando quiser vá lá é bom ter uma companhia tão alegre como você

Kanato: Você não me acha irritante?

Eu: Claro que não, por que acharia isso?

Kanato: Meus irmãos mais velhos dizem que sou irritante

Eu: Você não é irritante, você é um amor, vou te contar um segredo posso ?

Kanato: Sim

Eu: Quando se sentir triste por eles dizerem isso lembre-se das flores que passam por chuva, sol, neve e outras coisa mas continuam alegres e vivas. E quando quiser conversar com alguém você pode ir a minha casa - Digo sorrindo

Kanato: Vou me lembrar disso.

 

                      Pov’ Christa


É tão fofo ele brincando com a borboleta, isso até me faz esquecer muitos dos problemas é uma pena que Beatrix e Cordélia estajam tão ocupadas competindo uma com a outra que não curtem a infância os seus filhos. Por muitas vezes elas acabam estragando as brincadeiras deles, é muito engraçado conversar com a Yui ela quase sempre chama a Cordélia de Bitch e isso é muito engraçado

Subaru: Olha mãe consegui pegar a borboleta - Diz ele mostrando-a

Eu: Que borboleta bonita

Subaru: É, vou colocá-la no canteiro das rosas brancas - Fala correndo para o canteiro

Sinto uma pequena brisa, sei quem veio junto com a brisa

Yui: Oi

Eu: Oi

Yui: Essas crianças são um amor, é uma pena que elas não vejam isso

Eu: Verdade

Então observamos juntas o pôr-do-sol


                 Pov’ da Cordélia


Vejo o Kanato correndo alegremente com algo nas mãos quando me aproximo para ver o que é noto que era o morcego que ele e seus irmãos estavam atrás mais cedo, como ele conseguiu achá-lo? Isso é um mistério mas uma coisa é certa eu odeio esses bichos

Eu: Aonde você conseguiu isso?

Kanato: Quando fui atrás do morcego achei uma moça na floresta que me ajudou a encontrar ele

Laito: Já fazendo sucesso com as meninas

Eu: Quem era essa moça ?

Kanato: Ela se chama Luana, por quê?

Eu: Só para saber

Digo saindo de perto, quem era essa menina e por que ela se aproximou dele? Era uma das amantes de Karl ? Não poderia ser elas teriam tentado matar ele. Enquanto caminho pelo corredor vejo Christa indo para o quarto dela com Subaru que está correndo à sua frente também sinto uma aura diferente que é cheia de luz e muito poderosa, mas  quem pertence essa aura Christa como eu é uma demônia então sua aura é escura. Mas se não é ela de quem será?


Notas Finais


Cordélia na minha opinião é uma Bitch
O q vcs acham dela?
O q acharam do capítulo me digam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...