História Minha bela dama - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Anna Heartfilia, Aquarius, Aries, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Charlie, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Meredy, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Nashi Dragneel, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Ur, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Fairy Tail, Nalu
Visualizações 634
Palavras 795
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Haaaa terminei!!!😅 Quase que não posto hoje, a desgraça do meu celular desligou antes de eu salvar a primeira vez que escrevi esse capítulo, eu tive que reescrever. 😠 mas tai Boa leitura

Capítulo 16 - Chegada


Ao chegar o fim da tarde as garotas ja aviam voltado para suas devidas casas, enquanto eu decidi ficar e caminhar no jardim, seria bom para eu colocar meus pensamentos no lugar.

 

- Há algo errado? - sussurrou Natsu no meu ouvido, aparecendo ao meu lado. Eu levo um susto não avia percebido ele se aproximar.

- não, apenas estou pensando.- continuei a andar mas agora Natsu me acompanhava.

- E esses pensamentos estão te atormentando? - ele encistou.

- um pouco, mais nada que você deva se preocupar. - eu ainda não estava pronta para conversar com ele sobre a possibilidade de eu não poder gerar um filho.

- Eu acho que você está mentindo para mim. - nos paramos de andar e eu olhei para ele incrédula, não entendia por que dele ter falado isso. - eu acho que, oque te preocupa tem tudo haver comigo, por que agora seus problemas são meus também, ainda mais se tem haver com oque você e as garotas conversavam essa tarde.

- quem te contou? - perguntei me sentindo traída, pois elas me falaram que guardaria meu segredo até que me sentisse confiante o suficiente para conversar com Natsu.

- O Gray, Juvia comentou com ele, peço que não fique brava com ela, pois a senhora Fullbuster aprecia muito sua amizade e não fez por mau. - eu continuei em silêncio, pois não sabia oque dizer. - eu so queria te dizer para que não fique se remoendo com isso, por que além do mas não é certeza que você não possa gerar uma criança, e se esse for o caso nos podemos adotar, oque me importa é esta com você. So não deixa que isso chegue aos ouvidos de meu pai, ele não aceitaria.

- tá... - era a única coisa que eu conseguia dizer, pois se eu tenta-se falar mais alguma coisa cairia no choro.

Natsu vendo meu estado não disse nada apenas me abraçou, oque fez que eu desabasse, sem saber o por que eu estava chorando, mas era como se o peso que carreguei a vida toda fosse tirado de minhas costas, por causa daquelas simples palavras de compreensão, que senti em seu tom e voz a honestidade.

- eu te amo, e não vou desistir de você. - escutei Natsu dizendo, sua voz era abafada por meus cabelos que me negava a prender.

depois de ter chorado muito e Natsu ter me consolado em seus braços, nos voltamos para dentro de casa, ele me deixou na porta de meu quarto e foi para o seu, ele avia me informado que alguns parentes dele chegariam amanhã para estarem presente em seu aniversário que seria na semana que vem.

Deitei em minha cama e não demorou muito para eu cair no sono, naquela noite sonhei que eu avia me casado com Natsu, tivemos dois filhos e morávamos em minha antiga casa, ele brincava com as crianças no balanço, a tarde tocava seu piano para eu escutar e a noite eu dormia em seus braços, mas aquele sonho foi interrompido, por um alto estralo do lado de fora da casa que me fez acordar, levantei e fui até a varanda, ainda era madrugada e não possuía muita luz para me ajudar a enxergar oque acontecia, apenas pude ouvir o relinchar de um cavalo, quando eu ia voltar para dentro pude enxergar Igneel junto e Natsu e Zeref segurando lamparinas, ao sair da casa, eles iluminaram a entrada o suficiente para revelar uma grande carruagem puxada por vários cavalos, de repente a porta se abriu a de la saíram algumas pessoas que nunca avia visto antes, eles entraram para dentro da casa, tive vontade de descer para ver quem eram mas não me sentia apresentável. Eu avia voltado para cama quando escutei alguém bater na porta de me quarto.

- Quem é? - perguntei.

- Seu cavaleiro branco. - brincou, naquele momento há sabia que era Natsu.

- E oque meu cavaleiro branco deseja? - decidi entrar na brincadeira.

- poupar você minha princesa de uma noite entediante de sono. - eu ri.

- mas eu quero dormir.

- mas ficar acordada do noite todo com seu amado e mais interessante.

- está bem me convenceu, te dou permissão para entrar em meus aposentos, nobre cavaleiro. - me pronunciei exageradamente.

Natsu entro em meu quarto e fez uma reverência exagerada, nos dois caímos na risada, desmanchando aquela teatro barato, mas fofo ao mesmo tempo.

- então minha bela dama oque faz acordada a essas horas da madrugada?

- acordei com o barulho do lado de fora da casa. - expliquei. E ele riu.

- minha família nunca foi de passar despercebido. - falou sem graça.

       Eu e Natsu continuamos a conversar até cairmos no sono.


Notas Finais


Espero que tenham gostado pois deu trabalho, manooo 🚨alerta de spoiler 🚨 chegou alguém que vai fazer de tudo para separar nosso querido nalu, será que vai conseguir?...😲😭😠


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...