1. Spirit Fanfics >
  2. Minha chefe >
  3. Capítulo Sete

História Minha chefe - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Capítulo Sete


Mereoleona Pov's On

Eu tinha acordado com o barulho do despertador assim que me levanto lembro da noite passada onde me masturbei foi tão... bom acho que se eu não estiver tão cansada hoje por conta do trabalho vou fazer de novo.

Me levanto e vou até meu banheiro aonde tomo um banho e faço minhas higienes assim que saiu vou até meu guarda roupa e pego uma lingerie preta com cinta liga. Coloco uma blusa com botões branca e uma saia preta.

Preparo o meu café da manhã enquanto vejo as mensagens sobre eventos e coisas e tals. Depois de tomar o café da manhã eu apenas saiu da minha casa e entro no carro e sigo direção a empresa.

Passei pela mesma Sexy Shop onde tinha comprado o vibrador. Tentei não pensar naquilo e passei batido, mas dei ré e estacionei o carro na entrada da loja, saiu do carro e entro na loja e vou até o balcão.

Atendente- Olha só quem volto a noite deve ter sido ótima pelo visto, então o que vai querer?

Mereoleona- Sim, foi ótima, mas respondendo sua pergunta eu gostaria de uma daqueles vibrador bem pequeno sabe pra fazer as escondidas.

Atendente- Sim, eu sei muito bem, vem comigo.

Começo a seguir ela até a sessão aonde ele ficava.

Atendente- Aqui está.

Ela me entrega a caixa e ele era rosa.

Atendente- Ele tem 10 níveis de prazer sendo o 1 o mais fraco e conforme for aumentando ele começa a vibrar mais rápido.

Mereoleona- Eu vou querer.

Fomos até o balcão onde ele passo o produto e eu paguei e voltei pro carro e segui em direção a empresa.

Entrando na empresa subo até meu escritório passo pela minha secretaria Chloe e entro no meu escritório e coloco a bolsa numa cadeira e começo a fazer o meu trabalho.

14:00

Eu já estava a bastante tempo com a bunda pregada na cadeira então decidi me levantar pra contemplar a vista da cidade através do meu escritório olho pra minha bolsa e vou até ela e pego a embalagem do vibrador e abro ela vou até o banheiro que ficava no meu escritório e lá coloco ele e ligo direto no 5.

Mereoleona- Meu Deus.

Saiu do banheiro e sento na minha cadeira com todo cuidado do mundo.

Asta- Chefe, quero falar com você.

Mereoleona- Pode falar.

Asta- Eu terminei o vestido quer dizer eu não terminei ele e sim um desenho pra você ver como vai ser.

Ele me mostra e começa a explicar o design do vestido que eu não tava nem aí so queria saber do vibrador inclusive acho que está meio devagar ainda então aumento pro 7 o que resulta eu dando um gemido baixo. Ele continuo no blá blá blá dele.

Comecei a reparar nas suas feições e cabelos decidi olhar mais embaixo e o terno era como posso dizer apertado então dava pra ver seus músculos grudado no terno e o abdômen marcado no terno também. Para de reparar nessa coisas mulher ele é seu subordinado.

Asta- Chefe, está tudo bem?

Mereoleona- Sim, por que pergunta?

Asta- É que você parecia distraída.

Dou uma mexida na cadeira pra me acostumar com o vibrador que estava indo rápido demais então eu tava me esforçando pra não gemer.

Mereoleona- Agora voltando a falar do vestido, eu não gostei faça outro esse fico muito simples.

Asta- Mas..

Mereoleona- Quer que eu desenhe pra você eu não gostei faça outro agora vaza!

Não queria dizer isso pra ele tanto que deu pra ver a tristeza no seu olhar, mas precisei fazer isso não ia aguentar ficar com ele aqui e segurar a vontade de gemer.

Sentei na cadeira novamente e levantei minha saia e tirei a calcinha e comecei a me tocar ali mesmo o medo de ser pega fazendo isso tornava tudo mais excitante.

Mereoleona Pov's Off

Asta Pov's On

Sai do escritório da Chefe um pouco triste tudo bem que o vestido não fico aquela coisas, mas não precisava dizer aquilo e ainda mandou eu vazar.

Liebe- E aí, irmão.

Asta- Oi.

Liebe- Que isso algum problema?

Asta- Bom, eu fui mostra o resultado do vestido e a Chefe, disse que não gostou e mando eu ir embora.

Liebe- Não entendi ela disse que não gosto, não tem por que você ficar assim.

Asta- O problema foi a maneira que ela disse.

Liebe- E como ela disse?

Asta- " Quer que eu desenhe pra você eu não gostei faça outro agora vaza " foi assim que ela disse.

Liebe- Nossa! Quer dizer a Chefe não falaria isso ela e brava e tudo mais, mas nunca falto com educação com ninguém. Nem com a gente, tem certeza que ela disse isso?

Asta- Tenho.

Liebe- Vai ver ela só está estressada por conta do trabalho.

Asta- Pode ser, enfim, eu vou refazer o vestido.

Liebe- Certo, aí eu marquei deu, você, Finral, Luck e Magna de sair.

Asta- Deixa eu adivinhar Sylph vai.

Liebe- Vai, mas não é isso que está pensando.

Asta- Admite logo que está apaixonado por ela.

Liebe- Já disse que não.

Asta- Eu tô te avisando vai chegar um cara e ele vai pegar ela é melhor ficar esperto. Mas até mais tarde maninho.

Liebe- Até mais tarde.

22:30

Liebe- E aí vamos.

Asta- Sim.

Antes que pudéssemos sair ouço a voz da secretaria da nossa Chefe, Chloe me chamar pra ir pro escritório da nossa Chefe.

Asta- Pode ir na frente.

Liebe- O que fez?

Asta- Nada, acha que eu fiz alguma coisa?

Liebe- Vindo de você eu espero tudo.

Asta- Pode ir na frente eu peço um Uber.

Segui pro escritório e entrando la vejo ela olhando pra janela.

Asta- Estou aqui.

Mereoleona- Me desculpe eu te tratei mal hoje de tarde eu só estou estressada por causa do trabalho ai descontei em você me perdoa não era a intenção.

Asta- Certo, se era só isso será que eu posso ir?

Mereoleona- Sim, você pode.

Saiu do escritório e vou até a calçada e pego um telefone e peço um Uber.

Fico esperando ele até um FORD/MUSTANG aparecer na minha frente fiquei em dúvida por que aquilo não parecia ser o Uber o vidro se abaixa e vejo que era a minha Chefe.

Asta- Chefe.

Mereoleona- Não, estamos fora do ambiente de trabalho ou seja nada de formalidade quer uma carona?

Asta- Acho que vou aceitar.

Cancelei o Uber e entrei no carro dela.

Mereoleona- Pra onde?

Asta- Pro bar onde bebemos da última vez.

Mereoleona- Certo.

Ela começou a dirigir e eu apenas a olhar pra estrada, mas decidir dar uma leve olhada pra ela e vi aquelas coxas grandes dela sendo apertada por aquela meia calça que vontade de apertar elas. Pare com isso homem ela é sua superior.

Asta- Aqui tá um pouco quente não acha?

Mereoleona- Eu ligo o ar.

Ela ligo o ar-condicionado do carro, mas não adianto muito o calor ainda continuo. Mas finalmente chegamos no Bar e tratei de sair do carro rapidamente.

Asta- Muito obrigado Chef... Senhorita Mereoleona.

Mereoleona- De nada, Asta.

Fecho a porta do carro e entro no bar.

Asta Pov's Off 

Mereoleona Pov's On

Depois de ter deixado o Asta no bar segui em direção a minha casa assim que cheguei tirei a minha roupa ficando só com a lingerie e olhei pro vibrador que estava na cabeceira e peguei ele e deitei na cama e afastei a calcinha pro lado e comecei a passar ele pela minha buceta eu tava me contorcendo toda e mais ainda quando passei ele pelo meu clitóris fiquei nessa masturbação por uns 5 minutos até gozar fortemente e de novo com as pernas bamba e tremendo.

Levantei da cama e fui tomar um banho só que dessa vez frio pra apagar todo essa calor que rodeava meu corpo assim que sai do banho troquei os lençóis de novo e coloquei apenas uma blusa e uma calcinha branca e deitei na cama e apaguei novamente.


Notas Finais


Não tá fácil pra Mereoleona, não é?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...