1. Spirit Fanfics >
  2. Minha "cunhada"! (G!P) >
  3. One; o primeiro ato.

História Minha "cunhada"! (G!P) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Esse capítulo foi curto, apenas servirá de provas que irei fazê-lo. Talvez eu demore para postar os outros porque tenho preguiça e não tenho criatividade. Qualquer sugestão eu aceito!

Capítulo 2 - One; o primeiro ato.


Fanfic / Fanfiction Minha "cunhada"! (G!P) - Capítulo 2 - One; o primeiro ato.

Seulgi

Acordei cedo hoje, uma raridade de se acontecer, olhei para o despertador em cima do criado mudo e ainda era 6:00 a.m, fui para o banheiro, tomei meu banho, escovei os dentes, ajeitei o cabelo, fiz a maquiagem e me enrolei na toalha e sair lá de dentro. Olho para o relógio e o mesmo afirmava que ainda estava cedo, coloquei o uniforme, uma blusa branca por dentro, uma saia e um casaco por cima azul por cima, não fui com a cara do uniforme e fui de calça.

- filha, você não vai de saia? - meu pai disse e eu lancei um olhar de como a resposta fosse óbvia.

- qual é pai? Quer mesmo que eu responda isso? Qual a necessidade dessa pergunta? -respondi no mesmo tom.

"Vamos logo seul!" escultei vindo do lado de fora da casa, falei com meus pais e fui me encontrar com meu namorado, bae jooyeog, fomos para a escola e cada um foi para o seu lado, vi minhas amigas de longe. Me aproximei. "Boo" falei dando um susto em yerim.



- aii seulgi, vai se fuder! - colocou a mão no peito.

-" ai seulgi, vai mimimi"  qual é pra que esse mal humor? Soube que vai entrar uma menina nova na escola, será que vai ser bonita? - falei pensativa e sem perceber estava com um sorriso no rosto.

- kang tu nem viu a menina e já está assim? Crê em deus pai. - dessa vez foi joy que falou me fazendo olhar para ela e batendo minha mãe em seu ombro.



- gente, gente olha! - Wendy me balançou rapidamente de um lado pro outro me fazendo olhar para a direção que ela mandava. Adivinha. Era ela. A novata. Senhor...

- viada do céu... Isso que é beleza... - joy disse observando todos os passos dela.

E eu? Estava babando nela e pensando ela na cama junto comigo. Normal. Super normal. Sair do meu transe quando ouvi o sinal tocar, fui para minha sala. Era cada aula chata, não via a hora de ir em bora.

Acabou a aula, amém. Ouvi meu namorado me chamar e atendi o seu pedido.

- seulgi, essa é minha irmã, bae joohyun e bae essa é seulgi, minha namorada. - olhei para ela com a boca aberta. Por dois motivos primeiro: ela era mais bonita ainda de perto e segundo: ela era irmã do meu namorado. Fudeu.

-prazer seulgi... - a menina nem olhou na minha cara, mantinha seus olhos vidrados no celular.



- prazer é todo meu... - falei analisando cada parte de seu corpo e seus lábios... Oh deus, que lábios.

- bom, vamos? Bae, seulgi vai lá para casa e a mamãe viajou.

- de novo? Da próxima vez manda ela ir e não voltar mais! - disse indo em direção ao carro e logo em seguida entrando nele.

Chegamos. Finalmente chegamos. Jooyeong foi para a cozinha e logo senti uma mão gelada me puxando para o quarto e me empressando contra a porta.

- o-o que é isso?! - perguntei sem entender o motivo do ato da mais... velha(?)

- silêncio, qual sua intenção com meu irmão? Gosta ele mesmo? - disse sem fazer nenhuma pausa.

  - Então e-eu acho que s-sim, quer dizer eu AMO ele! - assim que eu falei ela me soltou e saiu do quarto bufando e como eu fiquei? Parada. Estática. Imóvel. Escultei yeong me chamar para comer, desci e liguei para minha mãe para dizer que irei dormir aqui. É sabado horas.

- alô? Quem fala?

- mãe? Sou eu seulgi, só estou ligando para lhe avisar que irei dormir aqui no yeong! Tudo bem?

- claro, claro seulgi.

-desligou... - falei olhando para o celular e escutei risadas, quando olhei era jooyeong e joohyun rindo. Por incrível que parece, eles não são nada parecidos, tando fisicamente quanto a personalidade. Joohyun era fria e jooyeong uma amor de pessoa.

Comemos e fomos para a sala, joohyun foi dançar. Eu me empolguei de mais e dancei junto da mesma, não foi possível evitar as olhadas que ela fazia sobre mim. Constrangida? Não, eu amei esses olhares.

Jooyeong saiu para jogar bola. Joohyun estava dormindo e eu estava vendo série. Ela acordou.

- onde ele está? - ela me olhou com um olhar frio e se aproximou.

- foi jogar bola, já já voltar. - olhei fixamente nos olhar dela.

- que bom que ele não esta! - ele veio e me beijou. Um beijo rápido. Digamos um selinho. Subiu de volta o quarto como se nada tivesse acontecido.

- que porra gostasa foi essa? - falei baixo para que só eu escutasse.

Fui lá para cima ver o que ela estava fazendo.

- ire- que dizer joohyun, oq vai fazer?

- pode me chamar de irene se quiser. O que quer? Outro beijo? - ela me olhou com um olhar malicioso e sedutor.

- na verdade não é isso... É que eu- pera! O que?! Você me daria outro beijo? - disse sem pausas, eu estava nervosa. Estava quente.

- na verdade... Não. Diga logo o que quer!

- eu so queria entender o motivo do beijo! - disse me sentando do seu lado na cama.

- não tem um mo-ti-vo, apenas quis te beija, só isso, algum problema?

- claro, eu namoro seu irmão.

- não ligo, ele roubou minha namorada na última vez, isso é justo.

- você é lésbica?

- quando ele disse que você era lerda não pensei que seria tanto... Sou sim, por isso te beijei. Agora vou dormir, esta anoitecendo.

- nossa... Boa noite. - desci do quarto da mais velha e vi o seu irmão chegar, estav suado e fedorento.

Ele tomou banho e fui dormir. Eu no quarto de hóspede, ele no quarto dele e irene no dela.

 Quantas coisas para contar para as meninas, senhor...


Notas Finais


É isso povo, podem comentar suas opiniões.❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...