História Minha declaração - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Fátima Bernardes, William Bonner
Personagens Fátima Bernardes, William Bonner
Tags Romance
Visualizações 159
Palavras 1.257
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa noite !!
Mais um capítulo, espero que gostem, boa leitura pessoal ❤❤

Capítulo 6 - Por toda eternidade


Você é maluco sabia, disse encostando minha testa na sua

- Só se for por você, disse beijando meu pescoço, me arrepiei

William...

- Que tal a gente continuar o que começamos, se eu bem te conheço você não gosta de deixar as coisas pela metade, disse espalmando suas mãos em minha bunda

E pelo que eu me lembro, o senhor não era tão sem vergonha assim não, disse mordendo sua orelha. Mais tarde a gente brinca mais um pouquinho, disse saindo porta a fora do banheiro

- Fha, até que enfim nós te encontramos, estávamos preocupados, William também sumiu e... (Ele apareceu ao meu lado)

- Já me encontrou Ali, disse ele me puxando pela mão

Você é louco...

- Completamente meu amor, só por você, disse roubando um beijo meu na frente de todos

Sabe, estava me sentindo tão feliz, tão segura, um sentimento que a tempos não se fazia presente em minha vida


Alguns dias depois...

Pov. William

Hoje é segunda feira e bem, como de costume tínhamos dormido um pouquinho tarde ontem sabe, já que as crianças tinham trazido os amigos aqui para casa e é claro, conversamos e muito

Amor... tá na hora de acordar, disse bem baixinho

- Ah não Will... só mais cinco minutinhos, pediu manhosa

Seu desejo é uma ordem, disse me levantando da cama, rumo ao banheiro

Tomei uma ducha rápido, escovei meus dentes, penteei meus cabelos e fui para o closet atrás de uma roupa, melhor, de um terno

Coloquei uma camisa rosa bebê e um terno preto riscado de branco, como meu filho diz, estou todo trabalhado no estilo e na boa aparência. Me sentei no pequeno sofá que tinha no meio do closet e coloquei meus sapatos, assim que saí para fora do closet, mal podia acreditar no que estava vendo, Fátima ainda estava dormindo, passei o seu perfume preferido e fui para o seu lado

Meu amorrr... tá na hora de acordar, disse beijando o seu pescoço, ela se arrepiou

- Só mais cinco minutinhos, pediu fazendo manha

Amor, você está um pouquinho atrasada já, disse perto de seu ouvido. Como se caísse na real, Fátima levantou rapidamente e olhou no relógio

- Will 07:15am, porque você não me acordou, disse ela levantamento rapidamente, levantando coberta, lençol, tudo para o banheiro

Amor, é isso que eu estou tentando fazer desde quando eu me levantei, disse me sentando na cama

- INSISTÊNCIA, JÁ OUVIU FALAR, gritou lá do banheiro, ri da sua pressa

Fátima saiu do banheiro igual a um foguete, passou creme no corpo todinho, bem, tive que sair do quarto afinal, se ficasse por lá, tenho certeza que não a deixaria sair tão cedo

- Bom dia pai, que horas a mamãe saiu, não a vi, perguntou Bia se sentando ao meu lado

Para falar a verdade ela não saiu, está um pouquinho atrasada, disse sorrindo

- Ela deve estar...

Uma fera, disse prendendo o riso. Nisso, Laura e Vinícius se juntaram a nós, quando olhamos para a escada, vimos uma Fátima toda desengonçada descendo

- Bom dia família, amo todos vocês, disse ela saindo disparada porta fora

- O que deu nela, perguntou Laura olhando para mim

Isso se chama sono pesado, disse me levantando

- onde o senhor vai pai, perguntou Bia tomando um gole de suco

Vou para a CGJ, tenho reunião daqui a pouquinho, vou lá no quarto buscar alguns documentos e já volto, disse subindo as escadas

Entrei no quarto e fui até a escrivaninha que tinha no canto, eis que...

Só não esquece aquela cabecinha linda porque é grudada no pescoço, disse sorrindo, eis que meu celular começou a tocar que nem um louco, número desconhecido, atendi


Conversa on:

Alô, disse sério

- Marido, disse ela do outro lado da linha, ri igual a um bobo

Oi esposa, já com saudades, disse me gabando

- Engraçadinho e muito convencido o senhor viu, disse ela segurando o riso

Também te amo minha pequena, disse fingindo não ouvir

- Eu te amo muito mais marido, disse ela seria, ok, agora me derreti

- Will, preciso de um favorzinho seu, disse dengosa

Eu já sei o que se trata, já chego aí, disse quase desligando

- Ei marido, eu te amo, muito, disse toda dengosa

Eu te amo mais minha vida, disse desligando o celular

Ligação Off


Eu já disse a vocês que eu sou louco por uma morena de sotaque acentuado e sorriso tortinho, pois bem, mas que fique claro, ela é minha, de mais ninguém

Me despedi das crianças e fui direto para o PROJAC com o celular da minha excelentíssima esposa, tadinha, acordou um pouco atrasada e esqueceu o telefone em casa, mas é claro, não ia perder a oportunidade ...


“ Patroa esquece o telefone em casa. #comofaz? Marido entrega. RealWBonner Early Morning Derivery Service ( Serviço de Entrega de Manhã Cedo)”


Rapidamente os sobrinhos do tio começaram a comentar, praticamente todos elogiando o maridão aqui, muitos dizendo que Fátima tinha muita sorte de ter um marido como eu, bem, se Fátima já me chamava de convencido, imagina agora

Bem, estava garoando no Rio, estava com um agasalho preto, e, assim que cheguei no PROJAC fui a procura da minha mulher

Com licença Mel, será que você viu uma morena bem gata por aí, disse sorrindo, ela gargalhou

- Oi para você também Bonner, disse ela sorrindo. Bem, Fatinha está lá no estúdio, eu vou avisar que...

Não precisa, quero pega la desprevenida, saí rapidamente para o lado do estúdio

Fui me aproximando bem devagar, eu encontrava alguns amigos conhecidos pelos corredores porém pedi silêncio e bem lá estava ela, bem no meio do estúdio, a minha menininha, o amor da minha vida, a morena que não sai dos meus pensamentos nem dos meus sonhos, a mulher pela qual eu sou perdidamente apaixonado

Um beijo pelos seus pensamentos, disse a abraçando por trás, ela se arrepiou

- Will..., disse se virando para mim e me dando um selinho

Senti saudades, disse a trazendo para mais perto do meu corpo, ela me olhou sapeca

- Como você pode estar com saudades de mim sendo que acabamos de nos ver em senhor espertinho, disse envolvendo meu pescoço com seus braços

Ah você não acredita em mim, pois bem... SENHORITA FÁTIMA BERNARDES, MINHA ESPOSA, ESTAVA MORRENDO DE SAUDADES SUAS, NÃO PARO DE PENSAR EM VOCÊ UM SEGUNDO, gritei, todos no estúdio nos encarava, Fátima se encolheu em meus braços, ri da situação

Vem...a puxei

- Para onde você tá indo seu louco, entro no ar em 30 minutos...

Não fala nada, vem comigo, pedi sorrindo terno, ela apenas me seguiu

Assim que chegamos na parte de fora do PROJAC ela me olhou curiosa. Calminha, disse apontando para o céu

Nesse momento um monomotor apareceu no céu com o seguinte cartaz: “EU TE AMO POR TODA ETERNIDADE”, nesse momento fui até o carro e peguei um buquê de flores e lhe entreguei, ela riu com os olhos marejados

- o...o que é isso Bonner, ela disse gaguejando

“Eu sou, simples e romântico, pra você eu não falo eu canto, vou gravar um vídeo e mostrar pro mundo tanto, tanto que te quero é o tanto que te amo”, cantarolei ...

Fátima se aproximou de mim rapidamente e me deu um beijo cheio de amor e muito carinho, ah como eu amo a minha mulher, quer dizer, minha futura mulher, vai ser tudo diferente dessa vez, não vou perde la novamente...

- Eu te amo...

Eu te amo mais minha pequena...


Notas Finais


E aí, continuo ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...