História Minha doce Gatinha (Taehyung) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 28
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem
Boa leitura ❤️

Capítulo 5 - Especial


Fanfic / Fanfiction Minha doce Gatinha (Taehyung) - Capítulo 5 - Especial

- claro que não - ele responde - eu nunca faria isso - ele diz e eu sorrio.

- obrigada - digo lhe encarando .

- você quer ficar comigo? - ele pergunta

- você será meu novo dono? - pergunto

- bom eu posso tentar te registrar e te por no meu nome- ele diz

- mais as pessoas vão me ver - digo o olhando.

- ei tudo bem eu vou explicar e não vou deixar ninguém te machucar ok? Mas faremos isso amanhã. - ele da um sorriso. - vou pedir algo para comermos - ele diz se levantando e indo pra cozinha.

Era estranho se sentir livre mais era muito bom,eu realmente espero que Donghan não me encontre.

Logo Taehyung aparece na porta com um copo na mão.

- o que é isso? - pergunto enquanto ele bebia

- leite - ele me olha e eu o encarava com um sorriso - você gosta? - ele pergunta e eu balanço a cabeça rapidamente vendo ele sorrir - um momento - ele diz voltando para cozinha e logo volta e me entrega outro copo com leite enquanto bebia do seu.

- eu posso beber? - pergunto enquanto o encarava.

- claro - ele sorri e então bebo o primeiro gole.

- hummm é maravilhoso - digo bebendo mais e vejo ele continuar sorrindo enquanto me olha - você está feliz? - pergunta e ele me encara por um tempo.

- muito - ele responde

- por que? - pergunto

- a sua fofura me deixa feliz - ele sorri ainda mais e sinto minhas bochechas esquentarem e ele volta a beber seu leite.

Observando ele assim agora,ele realmente é a pessoa mais bonita que eu já vi.

- nossa - digo ainda o encarando - você realmente é lindo - sorrio

- so-sou? - ele pergunta já vermelho.

- sim - sorrio

- as vezes sua sinceridade me assusta - ele diz e eu o olho confusa - mais de qualquer forma você também é linda, talvez a garota mais linda que eu já vi. - ele diz se levantando e indo com os dois copo de volta pra cozinha.

Fico assistindo e então encaro Taehyung que fazia careta no espelho da sala.

- o que você ta fazendo? - pergunta o encarando.

- careta - ele diz fazendo uma e eu rio.

- você é louquinho - digo e ele se senta ao meu lado.

- sou?

- sim totalmente pirado.

- e isso é ruim?

- não isso é o que te torna diferente - sorrio.

- ah então você é a garota mais diferente que eu conheço - ele sorri e eu abaixo a cabeça.

- mas eu não queria ser assim,uma monstrinha - digo e ele segura em meu queixo me fazendo olha-lo.

- ei, não fale assim,ser diferente é bom e suas orelhinhas e seu rabinho é o que te faz diferente.

- mais as pessoas não gostam

- as pessoas estão acostumados com o normal, não é mesmo? Elas estão acostumadas a viver em um padrão,todos iguais mas sem nada em especial,a sociedade querem apenas robôs e quem não ta nos padrões se torna ruim. Mais sabe as melhores pessoas não seguem essas bobagens - ele sorri - ser diferente é bom e te torna especial e no seu caso posso dizer que você é rara, então não se chama de monstrinha ou aberração,e sinceramente se monstrinhos fossem fofos igual a você eu iria adorar cuidar deles - ele diz e eu rio. - e o que seria da minha loucura se eu não tivesse uma híbrida em casa - ele ri e eu também.

- você está louco, totalmente pirado. Mais quer saber um segredo? As melhores pessoas são assim - sorrio e ele também.

- por que tenho a impressão que já ouvi isso?

- Alice no país das maravilhas - digo suspirando - sabe quando eu era menor era meu sonho ir para lá, talvez eu tenha lido o livro umas 100 vezes só para me imaginar no lugar da Alice,as vezes eu realmente queria cair em um buraco e encontrar um coelho que fala e um gato que sorri. As vezes eu até deitava na cama e fechava os olhos imaginando que estava lá,mais quando eu abria novamente sentia que rainha vermelha havia me pegado e me prendido e estava lá esperando o momento certo para arrancar minha cabeça fora.


Notas Finais


Obrigada por ler ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...