História Minha doce Gatinha (Taehyung) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 26
Palavras 317
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem
Boa leitura ❤️

Capítulo 6 - Não se preocupe.


Fanfic / Fanfiction Minha doce Gatinha (Taehyung) - Capítulo 6 - Não se preocupe.

- s/n? - Taehyung me chama

- hum? - o encaro

- por que não me conta sobre o que você passou? - ele pergunta e eu abaixo a cabeça - desculpa eu não deveria...

- tudo bem - digo voltando a olha-lo. - eu falo.

- sério? - ele pergunta e eu concordo.

- eu morei até os 7 anos com minha mãe e ela me odiava,ela me batia quase todo dia puxava minhas orelhas e meu rabo e me chamava de praga - abaixo a cabeça - e então ela me vendeu para o Donghan e ele virou meu dono, até meus 15 anos ele me trancava no porão,quando ele chegava estressado ele me batia,puxava minhas orelhas e as vezes eu até apagava,eu não podia gritar,chorar ou demonstrar qualquer tipo de sentimento perto dele. As vezes eu sentia medo, principalmente quando chovia por causa dos trovões mas ele me trancava no escuro e me deixava lá,eu chorava baixinho rezando para ele não ouvir,ele me deixava dias sem comer e as vezes comia na minha frente, quando meu cio chegou ele me amarrava na cama e me deixava lá com dor,as vezes a dor era tanta que eu arrebentava as cordas, e arranhava meus braços,pulsos e pernas, já desmaiei por me arranhar assim e ir muito funda e perder muito sangue.

- nossa - ele limpa minhas lágrimas e me puxa para um abraço - mas como você saiu de lá?

- bom eu fugi - digo me aconchegando em seus braços. - ele iria me vender, então o homem chegou lá e fomos lá para fora,eles começaram a conversar e discutir sobre o acerto e o dinheiro, então eu corri e muito,corri até mais aguentar mais.

- não se preocupe ok? Eles nunca vão te achar - ele sorri.

- obrigada Tae - sorrio limpando a última lágrima que caiu.

- não precisa agradecer gatinha - ele suspira passando a mão na minha cabeça.


Notas Finais


Obrigada por ler ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...