1. Spirit Fanfics >
  2. Minha enrolada vida... >
  3. Mudaça instantânea.

História Minha enrolada vida... - Capítulo 41


Escrita por:


Notas do Autor


Hello!! Não tive como dizer tudo no capítulo anterior, mas aqui estou para explicar algumas coisas... U.U

Bom, é com muita alegria que nós entramos em uma nova fase da nossa fanfic! Com sinopse nova, neh? Kkk
(Capa em andamento) então...

Aaaahhh!!! Faço aniversário dia primeiro do próprio mês!! 😄😄. Em fim, nos próximos capítulos, vou seguir com as idéias de uma amiga. Espero que gostem desse😉😊 bjs!

Capítulo 41 - Mudaça instantânea.


Fanfic / Fanfiction Minha enrolada vida... - Capítulo 41 - Mudaça instantânea.

  - Eu sou Melissa. A vilã que matará todos os heróis e os aspirantes a heróis.

(S/n), uma garota que ao vim morar no Japão com seu pai, tem sua vida completamente mudada. Aquela garota alegre, gentil e as vezes durona e esquentada quando precisa... Se tornou aluna da privilegiada U.A., ajudou no ataque contra os vilões na U.S.J., estava em busca de um amor, descobriu a verdade sobre sua vida. Mesmo assim, continuou alegre!

                       E em fim...

Foi sequestrada pelos vilões. E aquela garota que todos haviam conhecido, se tornou uma nova vilã entre os demais, sempre tento que ser aplicado em seu corpo, um líquido, cujo faz perder sua memória. E tudo isso se resultou em...

Melissa, uma garota que agora tende a se acostumar com uma nova realidade entre os vilões, namorada de Tomura Shigaraki, o protegido de All For One. Mas será que isso vai mudar? Talvez.

- Nada mais importa, o tempo vai mostrar quem eu sou!

***

Melissa caminhava pelo corredor, que leva direto ao bar. Lá estavam Kurogiri, Tomura, Dabi e Mr. Compress. A moça já havia se conformado com tudo que estava lhe acontecendo, desde ser uma vilã, até aceitar que é namorada de Tomura Shigaraki.

"- Isso é estranho. Na ficha diz que eu tenho dezenove anos, mas não é isso que eu sinto. Pra mim ainda sou uma menina de dezesseis anos de idade! E aquele cara? O Shigaraki, eu sei, sou namorada dele e blábláblá... Mas, mesmo assim, eu não sinto nada por ele. Só que quando eu olho pro Dabi... É outra coisa, e eu percebo que ele olha e age de um jeito diferente comigo. Mas, se eu demonstrar que não sinto nada pelo Tomura, isso pode... Não! Antes que eles possam fazer alguma coisa comigo, eu posso matá-los! HAHAHAHA!!! -" pensava, enquanto se aproximava da porta do bar.

Assim que entrou no bar, Mr. Compress a recebeu com um sorriso, ele não sabe que o Kurogiri tem que aplicar um líquido cinza para que ela não se lembre de nada.

- Olha só! Se não é a filha do All Might, a pequena (S/n)... - falou, sorrindo, a olhando dos pés a cabeça.

- Deram muita bebida a ele? - perguntou a moça. - Do que está falando? Eu sou Melissa, seu idiota!

- Oohh! Que história é essa que eu não tô sabendo? Dabi, você está sabendo de algo? - olhou pro vilão que estava ao lado.

- Não. - respondeu, indiferente.

Melissa se sentou em um banco ao lado do Tomura, pediu uma bebida alcoólica bem forte ao Kurogiri. A moça surpreendeu à todos com a sua beleza... Mas, em que mais resultaria o líquido que é aplicado em (S/n)? Seria uma substância química muito forte a ponto de fazer seu cabelo e olhos mudarem de cor? E... Talvez? Pois as pontas de seus cabelos (C/c) estava ficando branca. E seus olhos estavam ficando vermelhos, de baixo pra cima, como se fosse sangue cobrindo o (C/o) dos seus olhos.

"- A transformação se completará ao amanhecer do outro dia. -" pensou Kurogiri, ao observar a mudança na garota.

***

Nesse momento, Aizawa seguia até a delegacia, estava determinado em uma coisa e não abriria a mão, afinal, ele não conseguiu protegê-la e isso havia deixado-o com muita raiva.

- Quero falar com o Naomasa. - disse, na recepção para uma moça.

- Claro. Vou comunicá-lo sobre sua presença. - disse a moça, pegando um telefone e ligando para alguém.

Aizawa, involuntariamente, olhou para o lado, na parede a sua esquerda, estava o painel de desaparecidos e entre as tantas pessoas, estava ela. Aizawa viu sua pequena (S/n), tem uma foto dela nesse painel...

- O maldito painel de desaparecidos. - ele sussurrou, ficando com raiva só de lembrar dela sendo levada pelos vilões.

- Eraser Head? Queria falar comigo? - perguntou o homem, indo até o herói.

Aizawa olhou pra ele brevemente, voltando sua atenção para o painel, Naomasa pois a mão no ombro dele, olhando para a foto da (S/n) também.

- O que queria? - perguntou Naomasa.

- Podemos ir na sua sala? - pediu, Aizawa.

- Vamos. - respondeu Naomasa.

Os dois seguiram para a sala do Naomasa, Aizawa ainda pensava bastante, ele estaria fazendo o certo, se pedisse para incluir ele também? Eh, só tentando. Chegando lá...

- Então, Aizawa, o quer me dizer? - perguntou o detetive chefe, Naomasa.

- Eu queria saber se

***

Já estava quase para dar seis horas da tarde, Melissa ainda não havia notado que seu cabelo e olhos estavam mudando de cor e ninguém ainda havia lhe dito isso, porque Kurogiri pediu para que ninguém falasse a ela. Por que ele pediu isso? EU SEI LÁ! VAI PERGUNTAR DELE!!

- Kurogiri, por que você pediu isso?

- Bom, porque**

- Ora, vai pra lá!! Ok, voltando a história... u.u

Melissa havia ido para seu quarto, se sentiu entediada e foi dormir, ela entrou e fechou a porta, também estava a fugir do Tomura, mesmo que se ela já "pudesse", não queria ir com ele de jeito nenhum.

- Eu preciso sair... Quem sabe se eu passear possa me lembrar do nome do rosto que eu não consigo esquecer. - falou Melissa, se jogando em sua cama.

Não dava para ela ver lá fora, seu quarto não tinha janelas, nem basculante, nada. Mas, a lua já tomava conta do céu, Kurogiri cuidava do jantar, enquanto ouvia as reclamações do Shigaraki.

- E quando pretende fazer isso com ela? - perguntou Kurogiri.

- Hoje a noite, só que mais tarde. - tomou um pouco do café. "- eh... Hoje, no meu quarto, na minha cama. -"

***

- Aizawa, t-tem certeza disso? Eh que... Até agora, não obtemos resultado algum. - disse Naomasa, surpreso com o pedido do herói.

- Eu tenho certeza. Assim poderei ajudar de algum jeito. - respondeu, sério.

- Bom... Eu sei que você ficou bastante mexido com o que aconteceu com ela, mas os heróis estão ajudando também! Você não devia se dá ao trabalho de vim aqui me pedir isso e** - Aizawa o interrompeu.

- NAOMASA, É A VIDA DA MINHA PEQUENA QUE ESTÁ EM RISCO! SE EU NÃO CONSEGUI SALVÁ-LA AQUELA NOITE, ESSE É O ÚNICO JEITO QUE EU VEJO DE RESGATAR ELA!! - o herói gritou, estava com muita raiva. - ah, me desculpe. Precisa entender o quanto é importante pra mim, tê-la de volta.

- A-ah... - Naomasa levou um susto com o ataque do herói. - está bem. Shota Aizawa, eu o incluo na investigação do esconderijo dos vilões e no resgate de (S/n) Toshinori. - falou Naomasa.

- Obrigado, Naomasa. - agradeceu Aizawa.

- Não tem de quê, meu amigo! - sorriu o homem. - bom, já que você participa da investigação agora... Esteja aqui amanhã às 14h30?

- Claro, estarei aqui. - respondeu. - até amanhã.

- Até. - respondeu sorrindo.

Aizawa voltou para sua casa, andando pela rua, passou em frente a casa dos Toshinori e olhou para a janela do quarto da (S/n), sorriu, ao lembrar de quando entrava no quarto dela pela janela e a olhava dormir.

"- Eu vou te trazer de volta, meu amor... -" pensou, seguindo seu caminho.

***

Melissa ainda estava trancada no quarto, ela estava deitada na cama, olhando para o teto, pensando no que lhe ocorreu até agora. Acordar em um lugar diferente depois de cinco dias...

- Amor? - era Tomura, batendo na porta dela. - o jantar está pronto... Você vem?

- Estou sem fome! - exclamou. - obrigada, mas não quero!!

Melissa virou de lado, encarando a parede, na sua mente, só passava a imagem do Saiko e ela estava tentando lembrar o nome desse garoto. Depois de tanto pensar, acabou que dormiu e isso arruinou os planos do Tomura hihihi. No outro dia, Melissa acorda com muito sono ainda e vai até sua penteadeira pra arrumar o cabelo, quando...

- Aaaaaaaaaahhhhhhhhhhhh!!!!! - gritou desesperada, enquanto passava a mão no cabelo.


Notas Finais


Beijocas! 😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...