História Minha escolha de família.....(hiatos) - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 20
Palavras 1.557
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura...

Capítulo 17 - DONS..... GADRION


         Na segunda de manha fui para a escola deixando os meninos em dormindo, meu grandão tinha umas coisas para resolver e dormiu na casa dele, fui para a escola no caminho encontrei o , Mark e os meninos, e fomos conversando sobre a festa e também minha casa, eles gostaram dos meus bbs kkk e ficaram muito amigos. Quando entramos na sala hyunah estava la com a cara emburrada, o Dae, a Amber e o Seungri vieram falar com a gente e ai eu vi a hyunah soltar fogo pelos ouvidos, não aguentei e comecei a rir.

Seungri - Menina o que tanto você ri - ele olhou para mim rindo.

Lua- Sua namorada que se olhar mata -se ela ja tinha me matado - ele olhou para onde eu olhava , e fez cara de nojo depois começou a rir.

Seungri- Deus me livre eu corro dessa louca a anos, ja disse com todas as letras que não quero saber dela mais..... - ele balançou a cabeça negativamente e eu ri mais ainda e os outros também riram.

Dae- Essa menina é uma louca ela se acha vive atrás de nós mais nunca vai ser nossa amiga, não aguentamos gente metida e que machuca os outros - eu me senti bem em ouvir isso, eles seriam bons amigos nossos- na hora do intervalo podemos sentar com vocês - eu olhei para o Mark e ele sorriu amplamente.

Mark- sim , vocês ja conhecem meus amigos e meu namorado - eles confirmaram com a cabeça - então podem sim são muito bem vindos...- nisso ele foi interrompido.

Lisa - Daesung oppa - ela falou manhosa - você vai almoçar comigo é a hyu - ela falava olhando para mim e Mark sorrindo.

Seungri - Primeiramente nada de oppa, segundamente eu ,o Seungri e a Amber vamos almoçar com o Mark e a lua- ele sorriu para nós.

Lisa - Mais oppa vai nos trocar por esses ai- os olhos dela soltavam fogo- eles são nojentos e pobres e gay esse dai- ela falou com uma cara de nojo, vi os olhos do Mark encherem de agua, ele fez meçao de se levantar mais eu não o deixei.

Lua- Ai projeto defeituoso da Barbie, primeiro, dinheiro não é tudo, meu Mark ser ou não gay não lhe diz respeito e terceiro nojento e ter que suportar alguém tão preconceituosa e interesseira, lisa eu vou te falar eles nos escolheram por que nos aproximamos pelas pessoas que eles são não pelo q podem nos oferecer- ela estava muda - nunca mais ofenda meus amigos, você não sabe do que sou capaz para defender quem amo - ela saiu de perto de nos emburrada e foi para junto da hyunah.

Quebra de tempo..... hora de ir para casa

Arrumei minhas coisas na mochila e sai com o Mark e os outros na saída adivinhem quem me parou na porta , hyunah e sua trup

Hyunah - olha ela a vadiazinha, me fala o que você teve que fazer para morar naquela casa ? ja sei deu para algum daqueles gatos ne kkk - ela olhava para mim rindo, eu simplesmente queria deixar para la não valia a pena aquela briga - Fala sua mãe era assim como você uma vária - nessa hora todo mundo se calou, eu não ia deixar ela falar assim da minha mãe.

Lua- sabe hyunah eu ia deixar essas ofensas para la mais - cheguei bem perto dela e bati em seu rosto, ela ficou furiosa e tentou me bate e eu fiquei muito fula e dei uma rasteira derrubando ela no chão - nunca mais fale da minha mãe, sua boca suja não tem o direito de falar da minha mãe, não bastou a vergonha de sábado não, dando em cima do meu namorado - ela ficou furiosa e tentou me bater, e eu não sei como mais eu segurei o braço dela apertando em suas costar - na próxima vez que falar da minha mãe ou mexer com os meus, você vai se arrepender, cuide de sua vida e não me perturbe mais - eu soltei ela é a mesma foi embora, quando sai no portão meu grandao estava lá . Fui até ele com todos nos olhando e ele me abraçou e beijou quando nos separamos por falta de ar lembrei dos meninos- amor esses são Daesung ,Amber e Seungri eles são da minha sala - os meninos disseram oi e depois entramos no carro e fomos pra casa.

O resto da semana foi calmo, comecei a treinar com o kazumi e os meninos também , na escola tudo uma maravilha mais a cara da hyunah não estava nada boa, cada vez que nos olhava como quem queria nos matar. Na semana seguinte fomos eu,kazumi ,Rafael,Luhan e Tão conhecer as empresas . Os outros sócios ficaram impressionados ao nos conhecer ja que éramos donos a anos e nunca tinhamos aparecido, pegamos as relações anuais e mensais de casa empresa para termos alguma ideia de como elas estavam e levamos para casa. Um mês se passou é a lua cheia surgiu exatamente no dia 15 de julho a duas luas do meu aniversário.

Estávamos em casa no quintal os meninos jogavam basquete e eu estava lendo o diário da mamãe, eu passei o dia meio estranha,sentia uma dor nas costas, uma queimação na minha marca da lua.

Era meia noite de um sabado então todos nos divertimos, quando a lua estava bem no meio do céu algo aconteceu, uma luz desceu envolvendo meu corpo, eu senti uma dor e gritei, os meninos se viraram imediatamente, e quando perceberam ficaram petrificados, kazumi foi o primeiro a correr para mim, mais a luz se transformou em uma espécie de escudo a todo meu redor. Eu flutuei, me contorcia então asas brotaram nas minhas costas, lindas asas brancas, e só então a eu cai de joelhos e a luz se foi.

Todos me olhavam com olhos esbugalhados, então uma lembrança apareceu, eu e minha mãe , no quarto conversando ....

Neyon -minha bebê você sabe que não pode deixar ninguém ver suas lindas asas, lembra o que a mamãe ensinou , as palavras azeron invisiveron - e eu falei e as asas sumiram - e para elas voltarem, azeron aparecion e elas voltaram.

A lembrança se foi e só então ouvi o kazumi gritando comigo.

kazumi- Amor , amor fala comigo - ele estava desesperado.

Lua- Calma grandão eu to bem, mais por que estão todos me olhando assim, ashii eu tive uma visão com a mamãe....- Kai veio com um espelho e eu pude ver as lindas asas - Puta que pariu que lindas, Carvalho eu tenho asas - eu tava eufórica - eu tive uma lembrança comigo e a mamãe ela me ensinou a esconder as asas - então eu mostro para eles , e todos ficam abismados como eu, depois de toda essa movimentação fomos dormir.

Do outro lado da cidade .... Gadrion

Olá eu sou Gadrion, sou um demônio poderoso, eu era um anjo mais um dia meu pai enviou para a terra alguns anjos para proteger um ser com o mais puro coração, mesmo sua origem e raça sendo de origem monstruosa, essa pessoa ajudava a todos sem pedir nada em troca, amava a natureza e cada ser vivo. Mais quando eu vi esse tal ser discuti com ele, isso era uma afronta, era uma mulher uma vampira, ela nasceu assim, como vampira ela teria que beber sangue, que ela conseguia em um hospital, assim não machucaria ninguém. Mais eu não acreditava que um Monstro deveria permanecer vivo, então me juntei a alguns anjos e ataquei a vampira . O que eu não contava era que meu irmão entraria na frente e disse que havia se apaixonado pela mesma, nos lutamos feio e meu pai quando soube nos levou de volta e brigou conosco meu irmão se explicou e meu pai o perdoou, ele entendeu o amor do meu irmão e lhe deu o direito de decidir voltar ao céu ou ficar na terra com a vampira e ele escolheu o amor por ela. Eu fiquei muito bravo e decidir não continuar ficar mais ao lado do meu pai eu achava aquilo ,jurei acabar com aquilo .

Quando voltei a terra me juntei a outros.

Para piorar eles se casaram, eu jurei destruir esse amor, alguns anos depois destruí alguns clãs de lobisomens e vampiros. Sobraram alguns filhotes mais quando meus homens foram pega -los , mais aquela mulher matou eles, isso me deixou mais irado ainda. Mais eles sumiram do mapa e só os achei 5anos depois e então os peguei desprevenidos e os matei, foi minha vingança, e como foi doce......Eu pude ver o medo e a tristeza quando os matei.

Tudo seria perfeito se..... eu não tivesse descoberto que eles tiveram uma filha, uma hibrida de anjo com vampiro, e essa criança pode me matar...... se não mata -la primeiro.

E é o que vou fazer, me livrar desse mal pela raiz......

   O problema é só que ela tem os lobos com ela e alguns anjos amigos do pai dela, ela ainda não os encontrou ,mais assim que os poderes dela estiverem restaurados eles a encontraram e ai será meu fim. Por isso tenho que mata -la entes.........



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...