1. Spirit Fanfics >
  2. Minha esposa voltou a ter 16 anos >
  3. Verdades

História Minha esposa voltou a ter 16 anos - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Yo! Galera!
Desculpem a demora, mas cá estou eu com mais um capítulo pra vocês.
Agradeço pelos comentários e favoritos dos capítulos anteriores, muito obrigada mesmo!
Desculpem qualquer errinho.
Boa leitura a todos!

Capítulo 9 - Verdades


Um silêncio incômodo tomou conta daquele quarto.

O loiro encarava a morena com um olhar decepcionado por tudo que ouviu da mulher, enquanto a mesma ao ver aquele olhar direcionado a si, abaixou a cabeça, envergonhada e arrependida do que dissera minutos atrás.

Naruto amava aquela mulher, reconhece que demorou tempo demais para reconhecer aquele amor puro e verdadeiro que ela direcionava a si, mas nem por isso, merecia ouvir o que ouviu da boca dela.

- Hinata – o loiro a chamou sério quebrando o silêncio – será que você pode pelo menos me ouvir?

Hinata levantou o olhar e pode ver além de decepção, a tristeza nos olhos Azuis do Uzumaki, uma tristeza que a muito tempo não via, aquele olhar era o mesmo que ele ostentava quando menor, quando ainda era desprezado por toda a vila.

 - Hai... – disse baixinho abaixando o olhar novamente.

- Sabe Hinata – começou ainda a encarando – eu passei a minha infância toda sozinho – suspirou – e mesmo na minha adolescência, mesmo eu tendo conquistado muitos amigos ao longo de minha  trajetória, de certa forma eu ainda se sentia só, existia um vazio bem aqui – disse apontando na altura do peito - vazio esse que eu não conseguia identificar, mas que se dissipou quando aconteceu a missão na Lua, mas especificamente depois que eu fui pego naquele genjutsu – suspirou mais uma vez -Sim, era o seu  amor que faltava em meu peito Hinata – disse vendo a Hyuuga levantar o olhar para encara-lo - na realidade, ele sempre esteve aqui – apontou para o peito mais uma vez-  mas eu não entendia e não conseguia decifrar sentimentos.

- Naru...

- Mas quando eu consegui compreender – continuou antes da morena se pronunciar – eu fiz de tudo para viver esse amor e me redimir com você – fechou os olhos e suspirou – você se lembra o que eu disse pra você quando estávamos voltando para a terra depois da missão? – questionou e a viu assentir.

Ela se lembrava perfeitamente do que ele havia dito.

Naruto disse que a escolhia e que daquele momento em diante, era com ela que ele queria ficar, até ele morrer.

Ele não mentiu quando disse aquilo, ela sabia disso e foi nesse momento que ela sentiu que finalmente seus sentimentos alcançaram o Uzumaki.

- Hai... Eu me lembro – disse baixinho voltando a olhar nos olhos do Uzumaki que ainda continuava com a mesma expressão.

- Você acha que eu menti quando eu disse aquilo? – questionou e viu a morena abaixar e balançar a cabeça em negação – então porque disse aquelas coisas Hinata? – a questionou novamente e viu lágrimas escorrerem pelo rosto da morena que ainda estava de cabeça baixa – não quero que você chore – disse sério – quero que olhe pra mim e me responda Hinata.

A Hyuuga levantou o olhar e viu uma expressão séria no rosto do Uzumaki. Pode ver que ele além de estar triste, estava chateado, dava para sentir só pelo tom que ele estava usando para falar com ela. Ele que sempre fora tão gentil para falar consigo, agora estava falando de maneira dura.

- E-eu – secou um lagrima – me se-senti insegura – disse com a voz embargada ainda sem olhar para o loiro.

Naruto conhecia bem sua esposa, sabia que ela era muito insegura quando mais jovem, mas depois que se casaram ela já não era mais assim, até porque, ele não dava motivos para isso.

- Você disse que me ouviu dizer que sentiria falta da sua versão mais nova, não foi? – questionou e ela assentiu levantando o olhar – e também ouviu quando eu lamentei por não poder viver um amor adolescente. – disse sério encarando a morena que o olhava com os olhos cheios de lágrimas.

Naruto não gostava de ver sua amada daquele jeito, mas ela precisava entender que o que ela disse o magoou profundamente.

-Hai...

 - E provavelmente não ouviu o que eu disse depois, não é? – ela negou com a cabeça – porque você sempre tira conclusões precipitadas sobre as coisas Hinata? – disse enquanto se aproximava – eu por acaso já dei motivos para você duvidar do que sinto por isso você ttebayo?

Hinata o olhou e viu que o Uzumaki estava com os olhos marejados assim como ela. Em todos esses anos de casados, a morena só viu o loiro chorar em duas vezes e essas vezes foram quando ela disse que estava grávida e depois quando os filhos nasceram e ele os viu pela primeira vez.

- Naruto-kun... – o chamou tentando tocar seu rosto, mas ele desviou.

- Você quer saber porque eu disse aquilo? – disse com a voz embargada – eu disse porque eu queria dar a você a oportunidade de viver o amor que você não viveu na época ttebayo – completou vendo a morena arregalar os olhos com a revelação.

- Na-Naruto-kun eu...

- Você o que Hinata? – disse sério – você ao invés de me perguntar preferiu me acusar de querer ficar com outra! – disse um pouco mais alto e Hinata abaixou o olhar envergonhada – e ainda por cima envolveu a Sakura-chan nisso – disse com pesar abaixando e balançando a cabeça em negação.

Hinata levantou o olhar e viu Naruto ainda de cabeça baixa. Ela ponderou por alguns segundos as palavras dele e resolveu colocar pra fora o que estava engasgado a muitos anos. Ela sempre o observou e o amou a distância, consequentemente também presenciou ele falando que amava a rosada.

- E-eu sempre te amei Naruto-kun – disse baixinho e Naruto levantou o olhar – e você podia não perceber na época, mas eu sempre estive perto de você – suspirou – e por diversas vezes ouvi você dizer aos quatro ventos que você amava a Sakura-chan!– soluçou e as lágrimas já começavam a cair de seus olhos.

- Hinata...

Naruto se aproximou dela e pode sentir o tamanho da dor que ela sentiu ao falar aquilo, agora ele entendeu o que ela sentiu, mesmo que tivesse interpretado errado suas palavras, ela tinha aquela insegurança que só agora ele percebeu que o grande culpado era ele mesmo por ser um cabeça oca e ficar falando coisas sem medir suas palavras.

 Então sem ela esperar, ele a pegou no colo e se sentou com ela na cadeira que estava próxima a eles. Naruto sempre fazia isso quando ela estava triste ou chateada com alguma coisa. A morena chorava abraçada a ele enquanto ele acariciava seus cabelos em silêncio. Ficaram alguns minutos assim, até Naruto sentir que ela estava se acalmando.

- Hime... – chamou e ela levantou o olhar – quero que me escute com atenção, está bem? – ela assentiu – quando eu era mais jovem – começou nostálgico – eu realmente achava que o que eu sentia pela Sakura-chan era amor – suspirou – eu vi por muito tempo ela dar atenção ao Sasuke e depois que ele foi embora, ela começou a me dar atenção também, mas não era a mesma que ela dava ao Teme – constatou enquanto Hinata o olhava atenta - Eu não entendia de sentimentos e muito menos sabia diferencia-los – lamentou – e eu com essa minha  interminável disputa com o Sasuke chequei até a dizer para a Sakura-chan que a amava – confessou e viu uma lágrima escorrer pelo rosto da morena - mas não é o mesmo amor que eu sinto por você – sorriu – eu amo a Sakura-chan como uma irmã, igual eu amo aquele teme do Sasuke – deu um pequeno sorriso – eles foram o mais próximo que eu tive de uma família – sorriu – quem me ensinou o que é amar e ser amado foi você Hinata – disse olhando com carinho para a morena que já estava em lágrimas novamente.

- I-isso é ve-verdade Naruto-kun? – perguntou olhando nos olhos do Uzumaki.

- Hai, Hina-chan – deu um sorriso – além do mais, foi a Sakura-chan quem me fez não desistir do seu amor...

- Co-como assim Naruto-kun? – perguntou confusa.

Hinata lembrava-se que foi a rosada quem mais a incentivou a entregar o cachecol que ela bordava para ele e também a incentivou a ser mais ousada e a revelar seus sentimentos para o loiro, mas não sabia que ela também incentivou o Uzumaki.

- Eu sei que te contaram como eu fiquei quando você foi embora com o Toneri – disse lembrando-se do vazio que sentiu – mas acho que não te contaram que eu não queria ir atrás de você – disse vendo Hinata arregalar levemente os olhos – isso porque eu achei que você podia não me amar mais e que eu me declarei tarde demais – disse envergonhado – e Foi a Sakura-chan quem abriu meus olhos – conclui nostálgico lembrando-se das palavras da amiga a época.

“(...)Agora acabou tudo, a Hinata foi embora e vai casar com o Toneri...”

“Mas você é mesmo um Baka né? Claro que ela tinha um motivo que não podia revelar... Quando uma garota se apaixona de verdade, os sentimentos dela não mudam assim tão fácil... Não podem mudar(...)”

Hinata ficou surpresa com a palavras do loiro, pois ela não sabia disso e se antes ela já estava arrependida de suas palavras, agora estava ainda mais, por ter tratado a rosada daquele jeito.

- Go-gomen Naruto-kun – disse envergonhada – eu sou mesmo muito boba – disse com pesar abaixando a cabeça.

Naruto vendo o estado em que ele estava simplesmente pegou no queixo da morena levantando sua cabeça para que ela o encarasse.

- Eu amo você Hinata – disse olhando nos olhos da mesma – e mesmo que você tenha 16 ou 23, ou até mais – deu uma risadinha – eu vou te amar do mesmo jeito dattebayo! – confessou e viu a morena sorrir.

- Eu também amo você Naruto-kun – disse passando a mão no rosto do loiro que fechou os olhos com o toque.

“Naruto-kun” só ela tinha aquele jeito delicado e carinhoso para falar com ele, sim desde que se lembra, ninguém o chamava com aquele sufixo, ela foi a primeira a trata-lo e chamá-lo com carinho.

- Hinata – a chamou com a voz baixa e voltando a abrir os olhos – posso te pedir uma coisa? – questionou e ela assentiu – Não me chame mais só de Naruto ttebayo...

- Hã? – franziu o cenho confusa, pois não entendeu o que o Uzumaki quis dizer.

- É que... – coçou a nuca constrangido – eu prefiro que chame sempre de Naruto-kun – confessou e Hinata sorriu.

-Hai meu Naruto-kun...

Naruto aproveitou que Hinata ainda estava em seu colo e segurou delicadamente ela pela nuca e aproximou seus rostos e a viu fechar os olhos lentamente enquanto sentia o toque suave dos lábios dele sobre os dela, iniciando assim um beijo calmo e apaixonado.

                                               ***

No corredor, sentada em uma das cadeiras, estava Sakura preocupada com o que estava acontecendo lá dentro. Já Haviam se passado mais de meia hora e eles ainda estavam trancados naquele quarto.

A Rosada entendeu a reação da morena, não estava chateada com a insinuação dela, pois conhecia bem a amiga, sabia que mesmo que elas nunca tivessem conversado sobre, tinham coisas que já deveriam ter sido esclarecidas, principalmente para a morena, pois muitos acreditavam que ela e Naruto chegaram a ter alguma espécie de envolvimento amoroso enquanto Sasuke estava fora da vila.

Haviam alguns boatos na época, já que Naruto e ela sempre estavam juntos, boatos esses sem fundamento, mas que com certeza foram espalhados pelas diversas fãs que o loiro conseguiu depois da grande guerra.

Com esses pensamentos, a rosada se levantou e foi em direção a porta do quarto, mas antes que ela batesse, a mesma se abriu e de lá saiu uma Hinata de cabeça baixa, levemente corada e um Naruto sorridente que segurava firme a mão da morena.

Sakura sorriu ao ver aquela cena. Pelo jeito seus amigos tinham feito as pazes.

-Hum... Pelo que vejo vocês já se resolveram – constatou sorrindo.

- Hai Sakura-chan – disse Hinata levantando o olhar – Gomennasai! – fez uma pequena reverência E a rosada arregalou os olhos surpresa – E-eu não deveria tê-la tratado daquele jeito e...

- Não se preocupe com isso Hina-chan! – deu um sorriso – eu entendi sua reação, pois tem coisas que ainda não foram ditas entre nós – suspirou – então eu gostaria que conversaremos só por alguns minutos, por ser?

- Hai Sakura-chan- disse baixinho.

- Bem... – Naruto começou coçando a nuca – acho que é uma conversa de garotas né? – questionou depois que viu Hinata o Sakura o encararem.

- É sim Naruto – a rosada sorriu para o amigo – não se preocupe que daqui a um pouquinho, a Hina-chan vai estar com você.

-Hai! Então... até daqui a pouco Hime – Naruto falou e sem Hinata esperar ele lhe deu um selinho e saiu calmamente com as mãos nos bolsos deixando para trás uma Hinata de olhos arregalados e totalmente corada.

                                        ***

Depois que Naruto se foi, a rosada chamou a amiga para irem até sua sala na intenção de conversarem e esclarecerem algumas coisas entre elas, pois o que menos Sakura queria, era que Hinata sentisse algum tipo de ciúme dela com o amigo cabeça oca.

Sentaram-se uma de frente para a outra. Hinata estava cabisbaixa, envergonhada por tudo que disse e sem coragem para encarar a amiga a sua frente.

- Hina-chan – Sakura a chamou e viu ela levantar o olhar – bem, sei que você e o Naruto já se entenderam e fico feliz com isso, mas preciso esclarecer algumas coisas com você – disse séria – Primeiro eu queria que você soubesse que eu e o Naruto nunca tivemos nada, a não ser nossa amizade.

- E-eu sei Sakura-chan – a morena se pronunciou – Gomennasai – abaixou a cabeça - eu me precipitei – concluiu envergonhada - escutei a conversa de vocês pela metade, tirei minhas próprias conclusões e...

- E achou que o Naruto queria alguém mais jovem, não é? – questionou arqueando uma sobrancelha – você é tão boba – deu uma risadinha – aquele baka te ama Hinata.

A morena primeiro a olhou surpresa e depois abaixou o olhar corada, mas com um sorriso meigo nós lábios.

- E além do mais, eu nunca gostei do Naruto romanticamente e nem ele a mim – sorriu e Hinata a olhou – eu sempre fui apaixonada pelo Sasuke-kun – suspirou.

- É que eu sempre fui muito insegura com relação ao Naruto-kun – confessou levantando o olhar – eu pensava que meus sentimentos nunca o alcançariam já que ele sempre dizia que amava você Sakura-chan – disse com a voz triste.

 - Escute Hinata – suspirou cansada e a morena a encarou – o Naruto realmente disse que me amava uma certa vez – lembrou-se nostálgica – mas você sabe porque ele me disse isso? – Hinata negou com a cabeça – era tudo porque eu amava o Sasuke e ele não queria perder pro Sasuke – sorriu – mas com você é diferente, ele realmente te ama – disse pegando nas mãos da morena – então não se sinta insegura com relação a isso, pois o Naruto mesmo sendo um baka – deu uma risadinha – não mentiria sobre isso e você sabe disso Hinata.

A morena assentiu, agora mais confiante e prometendo para si mesma que nunca mais duvidaria dos sentimentos do loiro para com ela.

Ficaram ainda conversando banalidades enquanto Sakura analisava os últimos exames da morena.

- Já que estamos aqui – a rosada disse se levantando - vou aplicar logo sua injeção Hina-Cha – informou – já está na época de tomar novamente, ainda bem que você já voltou ao normal – disse aliviada.

- Hai, Sakura-chan!

                                          ***

Algum tempo depois, já na entrada do Hospital, Naruto e Hinata se despediam da amiga.

- Arigato por tudo Sakura-chan – dizia o loiro para a amiga que sorria para ele.

- Por nada Naruto – disse calmamente e voltou seu olhar para Hinata – e Hina, não se esqueça do que eu te falei – piscou um olho e a morena corou, mas sorriu de volta para a amiga.

Após se despedir dos amigos, Sakura voltava calmamente para sua sala perdida em pensamentos.

Pensava em Sasuke e em como estava com saudades do moreno. Fazia mais de um mês que ele não vinha para a vila, por conta de uma missão secreta em que ele estava.

Tanto ela como a pequena Sarada sentiam muita falta da presença do Uchiha, mesmo com seu jeito frio ele as amava a maneira dele e Sakura sabia muito bem disso.

Suspirou, fazia mais de uma semana que não tinha notícias do moreno de olhos ônix e isso a deixava de veras preocupada.

“Por onde você deve estar agora Sasuke-kun?”

Perguntou-se em pensamento enquanto abria a porta de sua sala e se deparava com uma imagem que a fez arregalar os olhos surpresa.

- Sa-Sasuke-kun? – questionou incrédula para o moreno que deu um sorrisinho de lado.


Notas Finais


Obrigada por chegarem até aqui!
Espero que tenham gostado e no próximo terá momentos SasuSaku e mais Naruhina pra vocês!
Até lá!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...