1. Spirit Fanfics >
  2. Minha Ex Noiva >
  3. Aos olhos de Louise

História Minha Ex Noiva - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Olha eu antes das 18:00, tô de parabéns kkkk

Desculpe qualquer erro, eu não sei como uma criança de quatro anos pensa mas ok

Boa leitura

Capítulo 19 - Aos olhos de Louise


P.O.V. Louise


Hoje é o meu aniversário! Tia Tikki vai vir aqui e estou tão feliz! Eu amo muito ela 

( e o tio Plagg também hihi)


Estava conversando com mamãe sobre o nosso bolo, foi a primeira vez que eu fiz com a mamãe e foi incrível.


- Eu espero que esteja falando de mim! – tia Tikki entra.


- TIA TIKKIIIII – desci do colo da mamãe e corri para abraça-la.


- Oi meu amor!!! – ela me pega no colo e me gira feito bailarina – Feliz aniversário luz da minha vida!


- Tem presente? – pergunto animada e ela ri.


- O presente tá com o seu tio favorito! – tio Plagg entra com um pacote lindooo, corri para tentar pegar o presente – Cadê o meu beijo primeiro? – dou um beijo no rosto dele.


- Tio! Tio! Eu ajudei a mamãe fazer meu bolo sabia?! – ele me sentou no seu colo.


- Sério? E qual é o recheio?


- Chocolate com morango, você gosta titio?


- Gosto muiito, - ele me mostra a caixa – uiaqui, esse é o seu presente – abri um sorriso.


- Obrigada titiu! – abri o pacote amarelo e dentro tinha um ursinho amarelo.


- Tia Tikki obrigada! – abraço suas pernas.


- De nada meu amor, você gostou?


- Simmm!! – Mamãe chegou com uma cara meio emburrada.


- Mamãe! Mamãe! Olha o que eu ganhei! – eu mostro o ursinho e ela sorri. Eu gosto ver ela sorrindo.


- Uau! Que lindo urso! – ela se abaixou ficando da minha altura – Qual será o nome dele?


- Abacaxi! – falei e eles começaram a rir.


- Ótimo nome! Que tal levar ele junto para conhecer a casa? – adorei a ideia, e fiz ‘sim' com a cabeça – só não corre para não se machucar!


- Abacaxi eu vou te mostrar toda a casa! E vou te mostrar seus novos amigos.


XxX


- Mamãe! Já podemos comer o bolo?!


- Primeiro vamos cantar o parabéns, né mocinha?


- Então vamos! vamos! – Puxo o braço da mamãe e o da tia Tikki.


- Parabéns para mim! Parabéns para mim! – bati palmas e começamos a cantar.


- E o primeiro pedaço de bolo?! – tia Tikki fala animada.


- Ele vai pra mim porque eu fiz ele – peguei o pedaço de bolo e sai correndo para comer junto ao abacaxi.


- Nossa ise esse bolo está uma delícia! – tio Plagg senta do meu lado.


- A mamãe me ajudou, por isso tá gostoso – acabo de comer o bolo – o bolo tá gostoso né abacaxi.


- Solzinho vamos tomar banho!


- Mas mamãe, eu ainda tô brincando com o abacaxi!


- Já está tarde, ele vai ficar te esperando tá bem? – ela me pega no colo e me deito no seu pescoço.


- Tá bom. – ela me leva ate o banheiro e me ajuda a tomar banho – mamãe?


- Sim solzinho?


- Será que a minha babá vai ser legal? – ela ri e coloca o shampoo no meu cabelo.


- Essa semana eu vou ficar em casa, então você só vai conhecer a nova babá semana que vem.


- Obaaa!


- Fecha o olho para tirar o shampoo – fiz o que ela pediu – por que você não gostou da nova babá?


- Por que ela estava dentro do seu quarto querendo pegar aquela caixinha bonita.


- A caixinha vermelha? – balancei a cabeça como um sim – pode abrir os olhos.


- Eu fiz errado mamãe?


- Não filha, se ela queria pegar algo que não era dela você está certa – ela sorriu pra mim – Mas também não precisava fazer todo aquele drama – eu comecei a rir e ela desligou o chuveiro – vem vamos se secar e colocar uma roupa mais leve - Saímos do banheiro, passamos creme pelo meu corpo – Qual roupa você quer?


- Blusão! – ela riu.


- Assim eu fico sem camiseta filha – ela pegou uma azul.


- A amarela mamãe – apontei – e o short também.


- Ok, então – ela pega e me ajuda a vestir – senta na cama que eu vou desembaraçar seu cabelo.


Me sentei na cama junto com o abacaxi – Olha mamãe a gente tá combinando – mostrei o abacaxi.


- Sim filha, vocês estão fofos – ela começa a pentear meu cabelo – mas acho melhor descansar não é?


- Tem outra opção? – olho pra ela.


- Não – ela guarda o pente – então deitando – me deito e ela me enche de beijo.


- Te amo mamãe.


- Eu também meu sol. Eu também – ela sai e fecha a porta.


- Sabe eu nem tô cansada abacaxi – o abracei forte – hoje foi incrível.


XxX

Narrador :

Louise caiu rápido no sono, Marinette foi ficar com a casal de amigos.

Já no quarto com Louise começou a sonhar, sua visão era apenas uma sala escura onde estava sentada, o medo percorria pelo seu corpo. Seus olhos se encheram de lágrimas assim que uma dor forte em seu estômago, a dor fora tão forte que a acordou.


- Ai – falou chorando – cadê a mamãe – ela levantou e assim que encostou seus pequenos pés sentiu algo quente subindo pela sua garganta, ela começou a vomitar o sangue quente e vermelho, a dor em sua barriga era uma dor insuportável para apenas uma garota de quatro anos, antes de perceber ela cai no chão desmaiada.


Depois de algumas horas Louise acorda, a luz do quatro branco desconhecido pela garota.


- Mamãe? – ela fala quando finalmente abre os olhos Tikki e Plagg se levantam e foram em direção a pequena.


- Minha luz! – Tikki fala pegando na mão da loira – como você tá? Quer que eu chame a enfermeira?


- Tia, onde tá a minha mamãe?


- Ela teve que sair, e você vai ficar com a gente tá bom? Plagg chama o médico dela por favor?


- Sim amor – Plagg sai.


- Tia, o que tá acontecendo? – perguntou Louise nervosa.


- Calma meu amor vai ficar tudo bem tá?


- Por que eu tô aqui tia?


- Você acabou desmaiando minha luz, então nós trouxemos você aqui. – Tikki responde omitindo que a pequena havia vomitado sangue.


- Licença, a pequena acordou? – o médico entra sorrindo.


- Acordei sim moço.


- E como você tá? Tem alguma dor?


- Não, eu só quero ir para casa.


- Então já pode se arrumar que você vai embora com seus tios – ele entrega um papel para a mulher de cabelos vermelhos – assine por aqui por favor.


- Claro – ela assina o papel e o homem sai – vamos embora meu bem?


- Simmm! – ela levanta seus braços feliz.


Após saírem, logicamente a noite foram direto para a casa do casal, e ao chegarem lá comeram pizza e assistiram desenho até Louise dormir, era uma hora da manhã quando a garotinha dormiu, e pelo cansaço físico e emocional também caíram feito pedra em sua cama.


No meio da madrugada Louise sonha de novo com a mesma sala escura agora com Marinette de costas.


- Mamãe que bom que você tá aqui! Eu tô com medo – Louise fala correndo para abraçar a mãe, porém Marinette se afastava da pequena loira – mamãe?


- Louise, eu preciso de você – sussurrou sua mãe.


- Eu também mamãe por favor não vai embora – falou entre as lágrimas e quando percebeu estava sozinha novamente – MAMÃE!


Louise acorda com seu rosto molhado de suas lágrimas.


- Mamãe... – ela levanta e vai até a sala procurando o telefone que também é ativado por voz – Hey siri.


- Modo noturno ativado – sussurrou o robô – para quem deseja ligar?


- M-Marinette – Louise fala com dificuldade, desde muito cedo a azulada ensinou a pequena ligar para ela em qualquer situação.


- Ligando – sussurrou o robô e Louise pega o celular e espera Marinette atender, depois de alguns segundos Marinette atende.


~ hm? – resmungou.


Mamãe? – a loira fala chorando ~

Mamãe eu preciso de você! ~ 

Onde você tá mamãe?! ~

XxX


Notas Finais


Comentários sempre são bem vindos!

Até o próximo capítulo gente!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...