História Minha fantoche Mabill - Capítulo 2


Escrita por: e necu_maracuja

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Dipper Pines, Mabel Pines
Tags Bipper, Gravity Falls, Mabill, Pinecest
Visualizações 566
Palavras 969
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mano do ceu berg
-p Amanha irei ficar o DIA todo estudando
>:v inferno
Poderia ta dando o cu agora
mas to escrevendo o cap pra vcs mdalsçdmalç
~~parei~~

Capítulo 2 - Ele nunca esteve ao meu lado


Fanfic / Fanfiction Minha fantoche Mabill - Capítulo 2 - Ele nunca esteve ao meu lado

P.O.V Bill/Bipper 

A Pirralha adormeceu calmamente no meu ombro, era irritante não poder me mexer, Enquanto Isso Pinheirinho olhava a paisagem entediado, Sentia que ele estava tentando me ignorar, é tão divertido brincar com os sentimentos dos dois,  as expressões são fascinantes, Bem, infelizmente não posso incomodar o pinheiro agora no Ônibus, iriam achar que eu sou um maluco, por algum motivo tenho que ligar para a opinião dos outros, o que realmente é bem chato, quando eu tinha minha forma triangular, não precisava me incomodar com coisas banais, como essas, me lembro de cada detalhe, Esses humanos ridículos (Bom Eu sou um agora, mas ignore isso) tendo Medo de mim, ..Cada lágrima grossa, que saudades, Meus experimentos com humanos á muitos anos Me fizeram não ter mais compaixão, depois de machucar á vários, é como se tivesse um vazio, depois de um tempo você se acostuma e para de sentir algo por eles, são tao fracos e com sentimentos bobos, que as vezes tenho

Mas..Eu vezes Ela, Que nesse momento está me irritando Por que não sai da porra do meu ombro, me faz as vezes tirar esse vazio

Pode ser Em Pouquíssimos momentos, mas os momentos São como se fossem uma eternidade, O lado direito Do meu Corpo fica quente, E começa a escorrer suor de mim, Antes a via como um brinquedo..Bem ainda vejo, mas talvez ela seja minha família, Ou TALVEZ SEJA POR QUE EU TO NO CORPO DO PINHEIRO E NÃO CONSIGO SAIR.

Sim, ele acha que é por que eu quero, mas realmente não consigo sair, Eu faço me de brincalhão pra o mesmo, para ele não vê que agora estou fraco, Mas isso não me diferencia de quão perverso sou, Estou ''ajudando'' o seis dedos no laboratório, E Quando ele apaga, começo a investigar. As vezes sem ele perceber, já que tem um sono pesado, começo a passar laminas na perna dele, é Muito relaxante ver o Sangue Escuro e ameno do mesmo.

-Ahh..*fala A Estrelinha coçando os olhos* Chegamos ? 

-Falta apenas 2 paradas estrel- Quer Dizer Mabel

-Ahh..Foi isso que me acordou..*fala ela pegando o celular* Chamadas perdidas do gabe *suspiro* Quando ele vai me deixar? 

-Se quiser faço isso por você, Posso matar ele *falo botando minha mão atras da nuca*

-Novamente você falando isso *Risada leve* Matar não né ..Outra coisa, sinceramente eu já queria terminar Faz um tempo, MASS tenho medo de magoar ele 

Foi como se tivesse Visto um Túnel com Luz quando ela falou essas palavras.

-Eu poderia ajudar nisso *falo botando Meu dedo no lábio* 

-Acho melhor eu fazer isso sozinha..Não quero a maldita Culpa Nas minhas costas novamente (Necu:Referencias -p) 

-Tudo Bem, mas qualquer coisa, já sabe 

-Hey Dipper, Me desculpa falar isso, mas você não ando Meio diferente esse tempo ? Olha Sei que é meio loucura e etc Mas Bem

Nesse momento senti um Suor escorrendo Pelo meu pescoço, Então..Irei te que pensar na desculpa Mais idiota possível 

-Eu mudei Para Proteger você de qualquer coisa, Quero ficar cada vez mais forte Para nada te atingir Irmãzinha

Nesse momento Foi como a Morena tivesse sido atingida Por uma flecha de corações, O Pinheiro arregalou os olhos e Ficou como expressão de nojo, já eu não sei nem como essas palavras saíram da minha boca.

-Ah chegamos *fala ela balançando a cabeça negativamente e sussurrando* ele é apenas seu irmão

-Mas poderia ser algo mais não é mesmo ? 

-A-AH QUE ?! BRO-BRO VAMOS LOGO 

P.O.V Mabel 

Ele é apenas meu irmão..Não é ? Mas isso é o suficiente Para Me satisfazer ? Acabei deixando algumas palavras saírem de mim, descemos do pacato Ônibus, infelizmente Waddles morreu cremado, até hoje não sei como, Só lembro de um fogo azul percorrendo ele, Bem, eu continuo a mesma criança de sempre, Só Bro-Bro que mudou bastante até, Cada dia que passa Eu quero mais a atenção dele, parece Quando eu estava ao lado Daquele Triangulo idiota..

Um idiota que me tirava o folego 

Chegando na Cabana nós fomos arrumar Tudo, Bro-Bro Sentou na cadeira e Se foi a dormir, ele não tirou um simples cochilo o tempo todo, então bem, acho que ele merece, Até que escuto algumas vozes Vindo Do Bro-Bro e Me agacho perto dele.

-Ele Mentiu pra você Mabel..*Até que Dipper abre os olhos..E eu vejo Dipper no olho dele ?!* 

Conseguia ver Meu Irmão nos olhos do meu irmão ?! Quando ele se depara que estou lá, sai correndo e grita mais

-DIPPER ?! *grito e ele se assusta..Não o que estava na cadeira, mas sim o Dipper nos olhos*

-Mabel ! eu realmente não sei como consegui fazer isso, mas quem está ai agora não SOU EU ! É O BILL ! O BILL ! BILL CHIPER ! POR FAVOR PENSA EM ALGO PRA-

até que o Bipper Fecha os olhos, Eu sinto Lágrimas Descendo Do meu rosto pequeno, Foi tão do nada..Eu não estou entendendo nada..Eu Só queria uma coisa

Fui indo tremendo até a cozinha pegar Algo afiado, Vou cambaleando enquanto choro, não sabia se isso iria dar certo, Eu estava tão confusa..Foi tudo tão..Rápido..Esse monstro, Quando iria cravar finalmente no peito dele ele abre os olhos..E ME BEIJA, Ele me puxa contra sua cintura enquanto vai me beijando intensivamente, No momento do susto Deixo ele dar passagem a língua, mas empurro o mesmo, Perco o equilíbrio caindo de bunda no chão.

-Uou, não é que deu certo *fala ele lambendo sua boca levemente rosada*  seus lábios tem gosto de Mel..Foi boa essa Ajuda que dei ao pinheiro, Certo irmãzinha ? 

Nesse momento..Eu não sabia mais o que era certo.

Eu sempre Estive em uma mentira ?

O que mais é real ? 

Acho que é Só um sonho horrível que eu irei acordar a qualquer momento

 

 

 


Notas Finais


ACABO ASSIM MESMO
Badum


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...