1. Spirit Fanfics >
  2. Minha forte obsessão >
  3. Um assassino

História Minha forte obsessão - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Um assassino


No outro dia de manhã, ficamos sabendo que Mary Collins, a menina que me zoava, havia morrido, não sabiam quem era seu assassino, não tinham provas na cena do crime. Sei que não posso acusar sem provas, mas eu tinha um palpite quanto a esse ato. Depois do almoço, eu vou até o dormitório do Mattew. O rapaz estava sentado na cama olhando alguns papéis.

- Foi você? - Eu pergunto

- Não sei do que estás falando. - Ele diz, mas vê que estou falando com convicção - Não poderia ter a deixado livre depois do que fez para ti.

- Mas... Achei que c iria fazer teu máximo para...

Ele se levanta rapidamente

- NUNCA DEIXAREI ALGUÉM FAZER MAL A TI - Ele me interrompe - Tu és MINHA pequena flor!

Eu o abraço

- Vai ficar tudo bem! Só não quero que te descubram. Então... tu podes tentar? - Ele desvia seu olhar de mim - Por mim?

Ele me dá um selinho

- Teu pedido se torna uma ordem para mim. Mas... tu ficarás?

- Estou aqui, não estou?

- Está. Mas... não adianta muito tu me ajudar.

- Por quê?

- De noite tu não estás aqui. Foi de noite que me mandaram matá-la. E... não estamos sempre juntos.

- Irei fazer meu máximo! Comece a andar com meu grupo, vão gostar de ti.

- Não sei porque se importa. Mas eu gosto de ter alguém como você por perto.

Saímos do dormitório e, sem querer, esbarro em um professor, seu café é derramado em sua camisa

- Me desculpe! Eu estava distraída! - Eu falo em tom de desespero

- Que se dane! É só uma garotinha que mal sabe andar! - Ele reclama

- Não acho que um professor deveria falar assim com uma aluna! - Mattew diz enfurecido

- Olhe seu tom de voz comigo, mocinho!... - O professor ainda estava com raiva, algo me diz que não era só pelo café, ele olha novamente pra mim - E o que você fazia no quarto de um menino? Aposto que coisas erradas! Deveria ter vergonha!

Ele se vira e sai, Mattew queria ir atrás dele mais eu o impedi

- Hey! Ele não merece a tua raiva! Acalme-se!

- Como vou me acalmar? Aquele IDIOTA te ofendeu! Não posso deixar isso assim!

- Olhe para mim! - Ele me obedece - Está tudo bem! Estou aqui contigo. Não foi nada demais.

Vamos até a quadra onde Galaxy, Moon e Kiri assistiam alguns meninos jogar basquete, entre eles Jake e Douglas

- Oi, meninas! - Eu as cumprimento

- Oi, Cat! - Elas falam juntas

- Você começou a andar com o Mattew? - Kiri pergunta curiosa

- É, ele é bem legal quando se conhece direito!... Ele pode andar com a gente?

- Se ele se dá bem contigo... então tá! - Galaxy diz - Seja bem vindo, Mattew!

- Ér... Obrigado. - Mattew agradece

- Quer assistir o jogo? - Moon pergunta

- Pode ser. Se a Cat também...

- Claro que eu quero! - Eu o interrompo animada

- Olha, aquele gato bem ali é meu namorado! - Kiri fala apontando para Jake

Pouco tempo depois, o mesmo professor que eu esbarrei, apreceu na quadra com as líderes de torcidas e expulsou todos do lugar. Pude ver que a raiva de Mattew havia aumentado, tentei acalmá-lo, mas sentia que sua raiva ainda estava no controle de seus pensamentos e só esperava a noite chegar. Em um momento, quando Mattew estava conversando com os garotos de nosso grupo, apresento a situação para minhas amigas.

- Eu sinto que a raiva dele não passou! - Eu falo por fim

- O que c quer fazer? - Moon pergunta

- Acho que ficarei com ele... de noite. - Eu respondo

- Dormir com ele. - Galaxy entende

- Eu sinto que preciso ajudá-lo!

- Pelo menos usa camisinha, tá? - Kiri fala maliciosamente

- Não vai acontecer nada hoje de noite! Apenas uma viagem ao mundo dos sonhos. - Digo sem perceber que pode ser entendido de outra maneira

- Sonhos. - Moon comenta de forma pervertida

- A cat vai realizar os sonhos do Mattew! - Galaxy também entra na onda dos comentários maliciosos

- Suas pervertidas! - Eu falo estreitando os olhos

Vou até Mattew, digo para os garotos que nós dois precisamos conversar a sós e eles saem

- O que foi? - Mattew pergunta

- Tu achas que consegue se controlar nesta noite?

- Como se isso importasse. Tu sabes que a única maneira, é contigo ao meu lado, mas parece que não dá

- E se... eu dormir contigo hoje?

- Sério!?... Acho que seria melhor. Mas se não quiser, não precisa.

- Eu quero te ajudar. É isso que importa.

- Então eu acho que seria bom se tu dormisse no meu quarto

No dormitório dele tem bicama, ele dorme embaixo, então eu dormiria em cima

Eu visto meu pijama de panda e desço para o almoço. Não avisto Mattew, mas o professor estava no refeitório, então é possível que ele não esteja matando alguém

- Vocês sabem onde o Mattew está? - Eu pergunto

- Eu vi ele mais cedo, de tardezinha. - James fala - Ele estava saindo da escola. Falou que precisava comprar algo importante.

- Ah, obrigada.

Termino meu jantar e vou para o dormitório de Mattew 


Notas Finais


Um breve aviso⚠️
O próximo capítulo será para maiores de 18


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...