1. Spirit Fanfics >
  2. Minha Ghost - Imagine Baekhyun (EXO) >
  3. Julgamento - Parte 1

História Minha Ghost - Imagine Baekhyun (EXO) - Capítulo 31


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite amores ❤

Leiam com atenção 😍😍

Boa leitura 😍😍

Capítulo 31 - Julgamento - Parte 1


Fanfic / Fanfiction Minha Ghost - Imagine Baekhyun (EXO) - Capítulo 31 - Julgamento - Parte 1

- Xiumin espera... Eu corria atrás dele

- Não fala comigo S/N!

- Espera... Segurei em sua camisa e puxei

- Me solta!

- Me escuta, não era eu que estava agarrando seu irmão...

- Você está de gozação com a minha cara?

- Vai parecer muito insano o que eu vou dizer, mas não era eu mesma...

- Então quem era S/N?

- Uma fantasma, ela possui o meu corpo e agarrou o Kai...

Ele começou a sorrir...

- Xiu é sério...

- Dessa vez você se superou, não tinha uma historinha mais idiota para você me contar não?

- Estou falando a verdade...

- Digamos que seja verdade, porque essa fantasma fez isso?

- Porque a Hyo é louca de tesão pelo Kai...

- Hyo é a fantasma?

- É...

- S/N definitivamente você é louca...

Ouvimos o som de um carro parado, olhamos pela a janela era o Baek quem tinha acabado de estacionar em frente minha casa...

- Vamos ver o que aquele promotor sem sal vai falar sobre isso... Xiumin saiu da casa

Corri atrás dele, Baek saiu do carro...

- Baekhyun! Xiumin o chamou alto

Baek se virou...

- Baek é mentira... Falei

- O que está acontecendo? Baek perguntou

- Peguei a S/N aos beijos e agarros com o meu irmão no quarto dele...

- Baek mentira, você sabe que eu jamais faria isso...

Baek encostou no carro e cruzou os braços, Hyo se aproximou desconfiada...

- Nem ouse olhar pra mim! Falei séria

- S/N... Baek me chamou

- Oi...

- Foi a assanhada da Hyo quem fez isso?

- Foi essa safada mesmo, ela possuiu meu corpo e foi atacar o Kai...

- Arlequina não fala assim...

- Hyo não fala comigo...

- Não me diga que você acredita nessa história de fantasma?! Xiumin falou

- Você contou pra ele S/N?

- Contei Baek, mas ele não acreditou...

- E quem acreditaria nisso?

- É verdade anão, a S/N pode ver fantasmas, e ela ver o da minha mulher... Baek falou

- Então essa Hyo é sua ex mulher? Xiumin perguntou

- Exatamente...

- Agora entendi porque vocês dão certo, são dois loucos... Xiumin me olhou... Fiquei decepcionado... Ele saiu andando

- Xiu não fica assim...

Ele negou com a cabeça e foi para dentro de sua casa, Hyo se aproximou bem devagar...

- Arlequina...

- Não quero ouvir Hyo, você possuiu o meu corpo sem autorização, invadiu a casa do Xiumin, agarrou o Kai, e agora como você acha que ele vai agir ao meu respeito? Ele vai achar que eu sou uma qualquer que saí com o Baek e fica agarrando outros homens...

- Me desculpa Arlequina por favor, não gosto quando você fica chateada comigo...

- Eu não estou chateada, estou furiosa e não quero mais papo com você...

- Não faz isso... Ela me abraçou

A empurrei...

- Você não me respeitou Hyo, e isso não se faz...

Ela me olhou com uma carinha de choro...

- Isso não vai me comover... Falei

Ela abaixou a cabeça e foi andando devagar para dentro...

- Não fica assim... Baek puxou meu braço e me envolveu em um abraço

- Como não vou ficar Baek? Essa safada possuiu corpo alheio e foi agarrar o Kai...

- Aliás o que ela vê naquele cara? Aigoo...

Preferi não responder...

- Então você não está com raiva mesmo de mim? Perguntei

- Claro que não, eu sei que você jamais faria isso...

- Obrigada Baek...

Ele me beijou...

- Eu ia esperar até amanhã para te falar, mas quis vir logo hoje...

- Falar o que? Perguntei

- Esse caso do Taemin está me fazendo endoidar, então vou pegar uma semana de folga e descansar esses dias na casa de campo da minha família, quero saber se você queria ir comigo?

- Querer eu queria, mas eu tenho que trabalhar...

- Com isso não se preocupa, eu me resolvo com o Tao...

- Então se for assim eu aceito... Sorri

- Cara eu te amo muito...

- Eu também te amo...

Nos beijamos...

(...)

DIA SEGUINTE

Saí enrolada na toalha, Hyo estava sentada na cama com carinha de anjo...

- Bom dia minha Arlequina linda...

Fingi que nem ouvi e fui escolher minha roupa...

- Ouvi meu Baek falando que vocês vão para casa de campo da família dele...

Fiquei calada...

- Aigoo Arlequina fala comigo...

- Então agora você me pede as coisas? Para me possuir agiu por conta própria né?

- Por favor me perdoa, você quer que eu me ajoelhe e te peça perdão?

- Eu quero saber é porque você tem tanto fogo Hyo, porque você é desse jeito me fala...

- Você não entenderia... Ela abaixou o olhar

- Claro que entenderia, me conta...

Ela suspirou...

- Eu planejei o meu casamento com tanto amor, cuidei de cada detalhe, era o meu sonho me casar com o Baek, e então no dia mais esperado por mim eu fui assassinada... Ela me olhou com os olhos cheios de lágrimas... Eu não pude sequer aproveitar a festa do meu casamento, eu tinha preparado uma noite de núpcias maravilhosa para o Baek e eu, mas eu tomei sequer a chuva de arroz que tanto queria...

Sentei ao seu lado calada...

- Meus sonhos foram destruídos no dia que minha vida ia começar, eu morri sem merecer, sem nem saber porque, morri com a vontade de ter minha noite de núpcias com o meu marido, mas ao invés disso acontecer o meu corpo estava sendo velado...

- Não precisa mais falar... A abracei

- Arlequina eu não queria ficar assim, mas eu não consigo controlar esse fogo maldito que sinto...

- Mas você transou com o Baek quando estava possuindo meu corpo...

- Eu também achei que depois daquilo o tesão ia passar, mas não adiantou...

- Porque será?

- Deixa pra lá, você vai brigar comigo...

- Me conta... Segurei sua mão

- Tenho pra mim que só o bombeiro vai acabar com essa luxúria que me possui...

- Fala sério Hyo...

- É verdade Arlequina, por isso peguei seu corpo emprestado...

- Hyo porque você não possui outra pessoa e vai transar com ele?

- Arlequina eu não vou possuir qualquer uma, só gosto do seu corpo...

- Então sinto muito, mas você jamais vai transar com ele...

- Eu sei, desculpas Arlequina, me desculpa mesmo...

- Tudo bem Hyo, eu te desculpo...

- Você pode me abraçar?

- Claro...

Nos abraçamos...

- Mas não seria sacrifício algum ficar com aquela delícia em forma de homem... Ela falou

- Hyo...

- Vou descer, te espero lá embaixo...

- Tá...

Ela saiu...

(...)

NARRAÇÃO BAEK

- Bom dia Baek meu bolinho de arroz, o que você quer falar comigo?

- Sente-se Tao...

- Brigadinho... Ele se sentou

- Depois do julgamento que vai acontecer hoje eu vou passar uns dias na minha casa de campo e quero ir com a S/N...

- Nessa semana agora?

- Depois do julgamento, eu não sei se vai ser rápido ou demorado...

- A S/N tem que trabalhar...

- Dá uma folga pra ela, a S/N está trabalhando tanto...

- Ela está trabalhando muito mesmo...

- Claro que está, e você pode vir também, lá é lindo para tirar fotos, você pode fotografa-la lá...

- Isso é uma ótima ideia, aceito, vou fazer a foto deles lá...

- Deles?

- É, o Xiumin também vai ter que ir...

- Deus me livre de chamar aquele anão para ficar dentro da minha casa...

- Baek a S/N tem que trabalhar, eu vou libera-la para ir com essa condição..

- Aigoo, vou pensar, agora tenho que ir, o julgamento vai começar daqui uma hora...

- Eu também vou, Juny me chamou para assistir...

- Então vamos, vou te da uma carona...

- Vamos...

(...)

NARRAÇÃO S/N

Cheguei ao tribunal junto com a Hyo e a Vivi...

- Tomara que esse julgamento acabe logo, quero ir para a casa do campo do meu Baek... Hyo falou

Nos aproximamos do Suho...

- Bom dia, está nervoso? Perguntei

- Bom dia S/N, estou calmo sei exatamente o que vou dizer...

- Boa sorte... Falei

- Obrigado...

Baek chegou junto com o Tao...

- Bom dia... Ele segurou em meu rosto e me beijou

- Bom dia...

- Ai ai, quero só ver quando os apelidos carinhosos vão começar... Hyo falou

- Bom dia Suho, preparado para ir para o hospício? Lay perguntou ao se aproximar

- Yixing você é tão gostoso, mas é tão pau no cu... Tao falou

- Ei eu estou como juiz, você pode ser preso...

- Então me prende, me algema e me maltrata na sua cama... Tao falou

Baek sorriu...

- Porque você quer ser maltratado Tao? Suho perguntou

- Ele não quer ser maltratado de verdade, é só jeito de falar Suho... Baek falou

- Mas ele disse que quer ser maltratado na cama do Lay, ele deveria querer ser tratado com carinho, ninguém merece ser maltratado...

- Owwnnnn... Olhei encantada para o Suho

- Oxê que foi? Baek me olhou

- Aigoo Juny, porque você não é gay? Que tristeza, eu queria tanto que você ficasse comigo... Tao o abraçou

- Me desculpa por não gostar de você do jeito que queria, mas se eu gostasse ia te dar muito carinho, você merece Tao...

- Aigoo, preciso achar um macho assim... Tao falou emocionado

- Suho você é maravilhoso... Falei

- Você também é muito maravilhosa S/N...

- Que homem lindo, preciso de um Junmyeon para chamar de meu... Tao falou

- Vamos nos preparar Lay...

- Vamos Baek...

Os dois saíram, Kris e Chen se aproximaram...

- Vão assistir também? Perguntei

- Vamos prestar depoimento, fomos nós que predemos o Taemin...

- Ah verdade Chen... Falei

- Arlequina tem uma sururu chegando...

A Yane se aproximou e deu um beijão no Chen...

- Engole logo a boca dele... Hyo falou

- O que você está fazendo aqui S/N? Ela perguntou

- Isso te interessa porque? Perguntei

- Está toda metida depois que começou a fazer bicos de modelo...

- Ela não está fazendo bico, ela é uma modelo profissional... Tao falou

- Nem vou perder meu tempo discutindo, te vejo lá dentro amor... Ela beijou o Chen e entrou

- O que ela está fazendo aqui? Perguntei

- Ela é advogada do Taemin...

Consenti...

(...)

O julgamento já estava acontecendo, o delegado e os policiais foram os primeiros a falar, Lay estava sério e em silêncio prestando atenção...

- Nossa... Tao começou a se abanar

- Que foi? Está com calor? Perguntei

- Morrendo de calor vendo Yixing desse jeito, que homem meu Deus, que homem...

Sorri, era a vez do Suho falar, Yane se aproximou dele...

- Bom dia Junmyeon... Yane falou

- Bom dia, como você está?

- Bem e você?

- Bem também...

- Você gosta de frio Junmyeon?

- Não muito, porque?

- Ouvi dizer que essa semana vai fazer tanto frio que vai congelar até nossos ossos, você sabia disso?

Suho arregalou os olhos...

- Sério? Nossos ossos vão congelar?

- O que esse demônio está tentando fazer? Hyo perguntou

- Não faço ideia Hyo...

- Eu falei no sentindo figurado Junmyeon...

- Sentido tem figurinha? Como assim eu não entendi... Suho falou

Olhei para o Baek, ele olhava com raiva para a Yane...

- Junmyeon você não entende o que eu falo? Seu cérebro não consegue me acompanhar? Yane perguntou

- Não entendo muito bem...

- Estão vendo isso? Eu faço perguntas mega simples e ele não entende o que eu falo, e muito menos sabe interpretar minhas palavras... Yane falou

- Protesto meritíssimo... Baek levantou

- Meritíssimo por favor me deixe terminar, preciso que vocês vejam isso... Yane falou

- Protesto negado, continue... Lay falou

- Junmyeon você viu aquele homem ali na noite do crime? Yane apontou para o Taemin

- Sim...

- Mas estava muito escuro, tem certeza que era ele?

- Tenho...

- O crime aconteceu por volta das duas da manhã, estava muito tarde, onde você estava?

- Eu estava indo para casa...

- Minha pergunta não foi essa, quero saber onde você estava minutos atrás?

- Viado ela é boa... Tao falou

- Eu estava em uma festa... Suho falou

- Nessa festa tinha bebida alcoólica?

- Tinha...

- Tinha drogas?

- Tinha, mas eu não usei...

- Eu não estou te acusando de nada, mas eu tenho aqui uma ficha de uma internação sua a quatro meses atrás por uso excessivo de drogas, você teve começo de overdose Junmyeon...

- Protesto! Baek falou sério

- Negado, continua...

- O laudo médico consta como tentativa de suicídio, então você acha que seu testemunho tem que ser levado a sério Junmyeon?

- Aish! Que vagabunda! Hyo estava furiosa

- Baek tô com medo... Suho olhou para o Baek com os olhos lacrimejados

- Senhores vocês viram o estado que se encontra a única testemunha do crime, acham que esse tribunal tem que levar a sério o testemunho de uma pessoa totalmente desiquilibrada? Yane perguntou

- Eu não sou uma pessoa desiquilibrada, sou Kim Junmyeon!

- Perguntas encerradas... Yane se sentou ao lado do Taemin

- Nossa, como ela foi cruel... Falei

- Ela é uma sururu da pior espécie... Hyo falou

- O Taemin vai ser inocentado, depois de tudo isso que o Suho falou, eu não tenho dúvidas... Chen falou

- Tia? Vivi me chamou

- O que amor?

- Foi ele quem me matou... Vivi apontou para o Taemin

- Eu acredito que o Baek vai conseguir reverter isso... Falei

Ela consentiu...

- O promotor pode começar as perguntas... Lay falou

- Kris... O chamei

- O que? Ele me olhou

- Você acha que o Baek consegue reverter isso?

Ele negou com a cabeça, olhei para o Baek, ele estava sério, muito sério...

- Yane não vale nada... Sehun sentou ao lado do Kris

- Onde você estava? Kris perguntou

- Peguei o maior trânsito, mas peguei as falas finais da Yane...

Baek ficou na frente do Suho e limpou as lágrimas que estavam sem seu rosto...

- Eu quero que você fique calmo tá bom? Baek falou calmo

- O que pegou? Kai seu sentou atrás de nós

- Aquela Yane é uma mulher muito baixa, vou rasgar a cara dela... Tao falou

Kai me olhou e sorriu, virei o rosto sem graça...

- Baek eu quero ir para casa...

- Você vai Suho, daqui a pouco...

Ele consentiu...

- Quer uma pausa? Lay perguntou

- Quero... Suho falou

- Vamos fazer um intervalo, voltamos em 15 minutos... Lay falou

Saímos da sala, Suho me abraçou...

- Aquela mulher é má S/N, ela é muito má...

- Fica calmo...

Baek se aproximou, ele estava sem a toga e com as chaves do carro nas mãos...

- Vai onde? Perguntei

- Acabar com a raça da Yane, ninguém faz o Suho chorar e fica por isso mesmo...

- Ela tem raça? Qual é? Suho perguntou

- A mais sarnenta que existe, relaxa, eu vou incriminar o Taemin, te prometo... Baek saiu correndo

- Ele descobriu alguma coisa... Kris falou

- Com toda certeza... Kris falou

- S/N? Suho me chamou

- O que?

- A Yane é uma cachorra? Baek disse que ela tem raça...

- Oh Suho... O abracei sorrindo


Notas Finais


Como a Yane foi cruel 😭💔

Gente leiam isso por favor: https://www.spiritfanfiction.com/historia/falando-serio-18513453


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...