1. Spirit Fanfics >
  2. Minha irmã adotiva (Saida) >
  3. 05

História Minha irmã adotiva (Saida) - Capítulo 5


Escrita por: e sakura_flowers


Capítulo 5 - 05


Dahyun on

-pena que hoje e seu último dia né?-

Mina pergunta para sana, que demora um pouco até responder.

-é- 

Não sei o porque escutar isso me machucou, nos nem somos proximas, e ela tá forçando me tratar bem, ela fingi estar feliz, eu realmente entendo que ela não goste de mim.

Afinal, segundo ela mesma eu sou uma ladra de mães, eu sei que tudo que ela fez tentando se "importar" foi porque, ela se sentiu culpada pela mãe dela, não por mim, nosso primeiro encontro não existiu muito respeito, eu passo tanto tempo no meu quarto, se hoje e o último dia dela, quer dizer porque eu estou me preocupando com isso?, Assim a terceira grande guerra, não acontecerá, eu nem conheço ela a tanto tempo.

-ah que droga, espero que tenha outras chances da gente se ver denovo-

Mina fala abraçando sana.

-é, você pode ir me visitar em tokyo!-

-sim, qualquer dia-

Eu continuo naquele silêncio,e viro para o lado da rua, eu sinto que estão empurrando a cadeira, eu olho para trás de relance, e vejo que era sana, mina estava do lado dela , também olhando para rua, depois ela põe uma música , animada, eu não conheço essa música, mas ela e bem animada, depois de alguns minutos, começa a escurecer, e mina e novamente atraída por uma lojinha, essa vendia pulseiras, quando chegamos la a única que eu vejo, e uma escrita "ódio" nossa que ironia, será que eu devia compra lá para sana?, Eu ignoro a sessão "comprar pulseiras" e viro pro lado , tinha um velho com uma velha, um belo casal, eles devem ter vivido juntos por muito tempo.

Eu sinto algo gelado no pulso, era sana colocando uma pulseira com ajuda de mina.

-oque vocês tão fazendo?-

-a sana comprou essa pra você- mina fala , sana termina de colocar a pulseira, eu aproximo meu pulso para que eu pudesse ver.

Era uma pulseira azul, escrita "irmãzinha", como disse, ela está forçando uma relação comigo.

-obrigada-

-de nada - responde olhando para meu rosto, não sei porque mas eu sinto que estou cotando, ela abre um sorriso e pega minha mão , a mesma que ela tinha colocado a pulseira.

-oque eu não faria pela minha, "irmãzinha"-

Depois que mina sai da lojinha, nos voltamos para casa, ainda no caminho elas começam a mandar áudios para alguém, como antes ainda era sana que empurrava a cadeira.

Elas pareciam falar com um menino.

"Aí como você e idiota não e assim que as coisas funcionam!"

Eu não entendi nada, simplesmente ignorei, quando chegamos em casa eu fui para o meu quarto, Sakura me ajudou a ir pra cama,eu fiquei deitada olhando para a porta, até que sana aparece, já tava tudo apagado.

Ela entra no meu quarto e finjo não ligar.

-eh, dahyun,eu vim me despedir de você, amanhã eu não vou estar aqui-

-tchau-

-serio me desculpa por tudo que disse, pode até parecer que eu to forçando uma aproximação, mas não eu realmente estou arrependida do que disse para você, eu fui egoísta, eu errei com você, e com minha mãe-

-eu te desculpo-

-eu sinto muito , ter dito que te odiava-

-tudo bem-

Eu vi ela se levantar, eu fecho os olhos.

Ela beija minha bochecha, e escuto ela falar.

"Até mais, dahyun "

Eu vejo ela sair do quarto, [...],quando acordo, eu fico deitada olhando para cima,

Sana realmente tava arrependida, eu fiquei julgando ela, enquanto ela tentou me tratar bem, eu continuei a tratar ela mal,eu também fui egoísta.

Sakura entra no quarto.

-bom dia dahyun, quer sair daí?-

-sim-

Ela me ajuda a subir na cadeira.

Como fiquei assim?, Um acidente de carro, cuja imagem ainda perturba minha mente.

A imagem e tão horrível e traumatizante, que quando eu lembro eu sempre choro, Sakura diz que e porque ainda e muito recente, e que tudo vai melhorar, mas eu sempre volto a chorar.

-ta tudo bem dahyun?tá com uma cara triste-

-estou sim,só estava pensando-

-ah então está bom-

Porque eu sinto tanta falta da sana? , nos nem somos proximas, ela parece legal, se tirar o jeito egoísta dela, ela fofa quando fica com medo, ela é muito bonita, eu deveria ter me aproximado dela, quando será a próxima vez que eu verei ela?,eu estou com saudades de algo que nunca foi meu.

Sana on

Já e 12:00 eu já estou esperando momo chegar na estação, quando saí da casa da minha mãe, eu fui até o quarto de dahyun, ela dormindo e tão fofa, ela parece um tofu, eu quase fico, eu me sentei por um ou dois minutos do lado dela, e fiquei olhando , a respiração dela e tão calma, eu queria ter certeza que ela tinha me desculpado, eu comprei uma pulseira, escrita "Irmãzinha",e ela não tirou, engraçado que de um dia pro outro , eu comecei a tratar ela melhor.

Momo chega, assim que entro no carro sou recebida por perguntas. 

-como sua mãe tá? Ela tá bem?, Tá namorando?-

-não,ela tá bem-

-que bom-

[...], Finalmente chego em casa, e sento no sofá, momo senta do meu lado.

-por que não me contou que sua mãe adotou uma menina?-

Como ela sabe disso? Mina deve ter contado para ela.

-eu não me senti muito conforto com ela no primeiro dia so isso-

-ela tem quantos anos?-

-16,pera porque você quer sabe?-

-é bonita?-

-muito-

Pera oque??

-qual eo nome dela?-

-dahyun-

-interresante-

-hirai momo, não começe-

-aish, já tá com ciúmes?, Se você fica com ela primeiro tudo bem!-

-oque?!,não s-sua idiota-

-entao o caminho tá livre?-

-você nunca viu ela na vida!-

-claro que vi!,no meu coração!-

-meu poupe-

-ish, agora quer virar suco-

Eu me levanto e vou para meu quarto, tinham mensagens, mas a da minha madrinha chamou mais minha atenção.

"Oi filha, já chegou em casa?,tá tudo bem aí?, Eu sei que você já tá em casa, descansando, também sei que não se deu bem com Dahyun, mas você fez alguma coisa com ela ontem, ela tá muito triste hoje, você falou alguma coisa ruim pra ela?"

"Não mãe"

"Estou preocupada com ela"

"Deve ser por causa do trauma"

"Sim"





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...