1. Spirit Fanfics >
  2. Minha luz na escuridão. >
  3. Preciso de uma luz para minha escuridão!!!

História Minha luz na escuridão. - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Oi galera! Perdoem-me a demora, porém ela tem um bom motivo, espero que gostem de poemas.

Meus queridos leitores, os poemas que contém no capítulo fui eu que fiz, gostaria de pedir a opinião de vocês sobre eles, se gostarem me avisem nos comentários, por favor!

Bjos se cuidem!

Capítulo 4 - Preciso de uma luz para minha escuridão!!!


Fanfic / Fanfiction Minha luz na escuridão. - Capítulo 4 - Preciso de uma luz para minha escuridão!!!


Perdoe-me, não aguento tal traição, 

Frágil és este pobre coração...

Acreditou em sua paixão, 

Deverás fostes burro por não ouvir a razão!


Eu ouvi meu coração 

Acabei por ser um projeto de vasta traição,

Deverás fostes melhor escutar a razão, 

Ou não tardar em crer na própria intuição, 

Ou simplesmente ter falado "não!".


Fui idiota,

Considero-me como seguidor da vida torta,

Amador da cor preta,

No desprovido momento, sem nenhuma meta...


Só queria de novo amar,

Parar de apenas sonhar,

Poder tocar, abraçar e beijar...

Sem me preocupar,

Se alguém vai julgar...


Diga-me que não fora de mais,

Para esse simples coração desejar?

Só desejo que meu sonhar,

Não se torne pensar,

Espero que esteja à se realizar...

Tudo que estive a sonhar...


Dinheiro não és felicidade,

Declarações não significam fidelidade,

Onde fora minha real identidade?

...

Poesias, minha salvação desta situação, deveras a solidão foste uma agradável companhia, me fez refletir sobre a vida, me afastei de todos nesses três meses, assisti o urubu albino e o pequeno Izuna tentando resolver os assuntos da empresa, aqueles que eu resolvia de olhos fechados, foste de veras engraçado! No momento só tenho raiva do sentimento que tive por Hashirama, não creio que vá mudar alguma coisa, mas pelo menos não continuo com aquela ilusão...

De veras minha reflexão foste muito interessante, percebi que sempre coloquei os sonhos primitivos de sucesso na frente de meus sonhos pessoais, e essa é a causa do que estou vivendo hoje, como fui patético nesses anos, mas pelo menos Izuna teve as melhores faculdades, tem inteligência e vai se tornar um ótimo empresário, no fim meus sacrifícios valeram a pena...

Agora eu quero ser feliz, o pequeno Izuna e o urubu albino estão cuidando da empresa, mesmo o Izuna merecendo alguém melhor, ele quis aquela coisa, então não posso fazer nada, porém depois desses meses, acredito que eles vão conseguir fazer a empresa andar, o urubu albino é estrategista, o Izuna é inteligente e observador, são uma boa dupla, e sinceramente não estou afim de sair das minhas férias para voltar para empresa! Então deixarei que eles se virem!


Não quero mais brincar,

Nem me machucar, 

Só quero amar...

Ter alguém para me abraçar,

Quando eu precisar!


Não quero alheia opinião, 

Só quero seguir meu coração 

E minha razão, 

Claramente levarei em conta a intuição!


Só desejo sorrir,

Me divertir,

Alegria sentir,

Não quero mais fingir...


As vezes é bom fugir, 

Não exatamente fugir, mais sair,

Sem destino para se ir,

E sem hora para se vir...


Meu foco será ser feliz,

Meus sonhos pessoais realizar,

Sem me exalta...


Afinal, tudo deve ser com moderação!

Quero viver com emoção, 

Ter alguma comoção, 

E até ouvir um não!


Acabei chegando

Em uma conclusão, 

Preciso de uma luz para minha escuridão!

Minha luz vou procurando, 

Vai que acabo encontrando!


Sorte e azar,

Amar e odiar,

Chorar e festejar...


Tantos opostos encontramos,

Nos pensamentos que temos,

Nos momentos que vivemos, 

Em tudo que fazemos!

...

Como esperado, não terminei exatamente este poema também, escrevo muitas vezes poemas abstratos, não sei ao certo quanto tempo levo para escreve-los, porém eles me ajudam, são minha distração e uma forma de me expressar.

Após meus meses de reflexão, estou um novo homem, porém com insônia! Desenvolvi insônia nesse meio tempo, mas como um bom Uchiha, aproveitei que a insônia não me deixava dormir e resolvi ir para biblioteca durante a noite, reli toda minha coleção de livros de terror, porém como tudo acaba, resolvi procurar algo novo para ler, graças a um pequeno incidente, quando derrubei alguns livros em cima da minha cabeça, acabei encontrando a coleção de livros de poemas e poesias de minha okaa-chan, ela era uma bela mulher, doce e bem educada! Como eu a amava, porém o câncer a levou cedo... 

Como sinti sua falta no início, depois tive que superar graças ao tou-san, ele resolveu beber, a consequência foi que, ele acabava abandonando a empresa, fui aí que eu assumi a empresa, já havia assumido a função de cuidar do Izuna, então só foquei-me na empresa e em meu pequeno irmão! Depois da morte de meu tou-san, só me sobrou o Izuna como família, Fugaku, Mikoto e seu irmão mais velho Kagami, são meus parentes mais próximos no momento, coloquei Fugaku como administrador da minha primeira filial e Kagami como vice-presidente administrador da empresa filial, ainda me arrependo por não ter colocado ele como administrador presidente da filial, no momento odeio Fugaku, pois ele é como meu tou-san, quanto mais tem, mais quer, dois idiotas completos!

Vou ficar mais um tempo no jardim, estou adorando sentir o vento de dono, pelo que sei Izuna e o urubu albino entraram ou já estão em reunião, vou esperar eles chegarem para jantar, ou melhor depois vou eu mesmo pedir para cozinheira fazer um jantar que agrade nós três!

* Madara off *

 * Izuna on *

Que tarde cansativa essa!!! Não suporto mais essas reuniões! Por sorte meu querido albino está me ajudando, porém a última reunião de hoje é com ninguém menos que o desgraçado do meu cunhado, Hashirama Senju! Ele sempre foi um dos principais investidores da empresa, então não tenho como me livrar dele! 

- Sr Izuna, Sr Tobirama, o Sr Hashirama Senju chegou, mando ele entrar?

- Sim por favor! _ Respondi sem animação nem uma.

- Oi cunhado, e oi pedacinho do céu, estava com saudades! Você não aparece mais me ver! 

- Sente-se por favor Hashirama, estamos aqui para uma reunião, não para falar de assuntos familiares! _ Exclamou Tobirama para seu irmão 

- Ok pedacinho do céu, vamos ao que interessa, Sr Izuna Uchiha.

- Sr Hashirama, principalmente aqui temos a margem de lucros, que são praticamente só resultados positivos, o seu investimento trimestral foi bem usado, e bem recompensado, não temos lucros baixos e as vendas aumentaram! _ Exclamei de uma só vez, afinal queria me livrar dele rapidamente!

- E como vão os lucros na nossa principal filial? _ Ele tinha que perguntar justo da filial do Fugaku.

- Está indo muito bem, graças aos avanços tecnológicos, a filial está produzindo mais que o esperado, tempo margem de lucros extremamente positiva! _ Respondeu Tobirama por mim.

- Temos só uma coisa para discutir com o Sr Hashirama, estamos com uma idéia para um novo produto. 

Falei de uma vez, como nosso principal investidor, ele deve ser o primeiro a saber dos projetos novos, política inventada por Madara, só devo segui-la! Ficamos uma hora discutindo a idéia é suas margens de lucro, e sua margem de gastos e investimentos. Até que:

- Eu aceito patrocinar o novo produto, se o Madara me apresentar ele pessoalmente! _ Exclamou Hashirama, causando surpresa tanto em mim, quanto em Tobirama. 

- Como? _ Perguntei meio atordoado, com sua exclamação. 

- Seu irmão é formado em engenharia tecnológica, design, programação, dentre outras coisas! Se o Madara me apresentar esse projeto e ele mesmo fazer esse protótipo, eu financia-rei o projeto e cobrirem todos as despesas, ficando somente com 30% dos lucros! Prometo não pedir reembolso caso o produto não for aprovado positivamente!

Sua resposta me deixou pasmo! Não sabia o que responder ou dizer, olhei para Tobirama, ele estava como eu, não sabíamos o que fazer, passamos os últimos três meses tentando fazer o Madara reagir, agora que ele está demostrando melhoras, colocá-lo de frente com Hashirama pode não ser uma boa idéia... Aliás não é uma boa idéia com toda a certeza desse mundo!

- E aí? Aceitam minha proposta?

- Aceitamos! _ Respondi rapidamente, não iria deixar ele machucar Madara, porém me veio à mente uma idéia. Olhei para o Tobirama, ele estava com uma feição surpresa ou até assustada, depois explicarei a ele a situação é lhe direito minha ideia.

- Oh, que notícia esplêndida! Vou falar com meu contador, ele lhe dará um adiantamento.

- Qual é o prazo para a apresentação? _ Perguntou Tobirama antes de mim!

- Para uma apresentação dois meses, para o protótico pronto, levem o tempo que quiser! 

- Ok, obrigado Sr Hashirama, nos veremos dentro de dois meses! _ Apertamos as mãos como despedida, e a imundícia do Hashirama foi embora.

Agora tenho que pensar num modo de contar tudo para o nii-san e fazê-lo aceitar, com certeza o mais difícil será convencê-lo a apresentar o protótico para o Hashirama, sem mata-lo!

* Izuna off *





Notas Finais


Perdoem-me os erros de português meus queridos!

Bjos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...