História Minha mais nova irmã mais velha - Capítulo 8


Escrita por:

Visualizações 50
Palavras 439
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eae tocadores de flauta
belesma?
tô com sono e fome
é isso
vejo vocês lá embaixo

Capítulo 8 - You know?


P.O.V- S/n

Segunda, 09:00

A primeira aula hoje foi de história, eu gostei desse professor.

Ele é fofo, tipo muito fofo.

— Esse professor é bonitinho não? — Wendy sussurra para mim no meio da aula.

— Presta atenção. — Respondo

— Ele não 'tá dando assunto, é o primeiro dia.— Revirei os olhos. — Relaxa, não vou dizer 'pro Sehun.

— Ele é fofo, eu pegava. — Respondi.

— Eu também, não digam 'pra Yeri! — A Joy que permanecia calada resolveu falar

— Calem a boca que eu sei que vocês jogam no outro time.

— Olha aqui fofa, eu sou bi, a Joy que só gosta de buceta aí.

— Verdade. — Joy respondeu, sempre plena.

— Meninas, querem compartilhar com a gente a conversa já que está tão interessante? — Alerta professor fofo revolts.

— Não, obrigada. Aqui é papo de W pra S pra J. — Respondeu minha amiga loira.

— Não seria A, B e C não?

— Claro que não. W de Wendy, S de S/n e J de Joy. — Wendy respondeu fazendo a sala inteira rir.

Eu posso falar muito mal da Wendy mas ela é a melhor amiga que você pode ter, sério.

Ela sempre me alegra quando estou triste.

Esse jeito louco dela acostuma com o tempo (muito tempo, m.u.i.t.o).


alguns minutos depois...

Finalmente intervalo.

Fiquei andando por aí com meu novo "grupinho".

O povo me falou algumas coisas que são desnecessárias e importantes ao mesmo tempo.

Dias de quinta são conhecidos como dia da educação física. Todas as turmas tem educação física e todos fazem juntos, então não tem aula nesse dia.

— Aqui também tem baile, tipo aqueles de filme. — Minha amiga mais velha falou.

— Sério? Amoadoro! — Sua namorada reagiu.

Elas formam um casal tão lindo.

Como sempre a Wendy começou a falar umas coisas aleatórias e todo mundo ficou focando nela.

Aproveitei esse tempinho e chamei o Sehun para conversar uma coisa importante.

— Oi, meu amor.

— Então... — Verifiquei se não tinha ninguém por perto. — Sabe aquilo que eu perguntei se você me contaria se acabasse beijando o Kai...?

— Você beijou a Seulgi?

— Como voc...

— Ela me contou. Ela disse que não queria que eu descobrisse depois de uma forma ruim.

— Você 'tá bravo comigo?

— Claro que não. Eu sei que não foi nada de mais para você.

E ele me abraçou.

É tão bom abraçar ele, eu me sinto segura.

— Minha gente, vão arrumar um quarto. Escola não é lugar para isso não. — Apareceu o capeta oxigenado.

— Vai tomar no cu. — Eu e meu namorado falamos em uma sincronia perfeita.

— Misericórdia, até 'pra xingar vocês tão em harmonia, Deus me livre. — Baekhyun e seus comentários.

Se a Wendy já não namorasse, acho que eles fariam um belo casal.




Notas Finais


aaa
nada demais nesse capítulo
foi só pra não ficar sem postar
acho que amanhã postou outro cap
ACHO
tô com muito sono, parece até que tô drogada
esse capítulo foi bem menor que o normal mas como já falei EU TÔ COM SONO DESGRAÇA
tchau, vou mimir
boa noite tocadores de flauta


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...