1. Spirit Fanfics >
  2. Minha melhor lembrança - Sasunaru >
  3. Capítulo 1

História Minha melhor lembrança - Sasunaru - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Capítulo 1




Dias frios como aquele não agradavam nem um pouco o Uchiha. Quando pequeno dias assim eram seus preferidos, brincar na neve com seu irmão mais velho, de fato, era uma de suas coisas favoritas, mas agora se tornaram apenas lembranças...e nunca passariam disso. 

Para o moreno sua vida não fazia mais sentido, estava vivendo monótono, tudo que o mantia vivo foi evaporando aos poucos...sua mãe, seu pai, seu irmão...

Ser sozinho não era uma opção e sim uma consequência que a vida trouxe, seu destino estava traçado e da pior maneira pelo menos estava até ele aparecer.


6:00 da manhã - segunda feira. 


Sasuke estava no colégio sentado em sua mesa ao lado da janela aproveitando os poucos minutos que restavam até o professor chegar na sala para desenhar em seu pequeno caderno de couro, o desenho era sua forma de expressão mais pura, não precisava de palavras se seus esboços falavam por ele.


Uma brisa forte adentrou a janela levando um de seus rascunhos para a frente da sala, suspirou pesado e fechou os olhos se levantando lentamente, nem se dando conta que alguém já havia feito isso.


– Este desenho é seu?– uma voz desconhecida chamou sua atenção.– É bem bonito.– Sasuke olhou para o garoto a sua frente segurando seu rascunho em mãos, dentre todos aqueles cabelos escuros em Konoha, o menino se destacava pelos seus fios loiros em contraste com os azul claro dos olhos. 


– Obrigado. – pegou a pequena folha das mãos do garoto que sorriu. 


– Me chamo Naruto.– estendeu a mão em forma de cumprimento. 


– Sasuke.– ignorou completamente braço do loiro levantado e voltou a sua mesa. O outro por sua vez ficou envergonhado.


– Ah...prazer.– Naruto abaixou a mão e foi até o moreno.– Não conheço ninguém por aqui...– começou a falar. 


Sasuke apenas o ignorava, seu foco era a folha na sua frente e seu lápis em mãos. 


– Posso me sentar com você?– Naruto perguntou. 

Não moveu um músculo apenas olhou sutilmente para cima vendo o loiro com uma feição suplicante. Ele entendia que Naruto não deveria conhecer ninguém, uma boa ação não faria mal nem mesmo para Sasuke que não era acostumado a ajudar ninguém. 


– Se não for atrapalhar – voltou sua atenção ao caderno. 


Naruto sorriu satisfeito e se sentou ao lado do moreno, percebeu que Sasuke não se deu o trabalho de olha-lo, sua atenção era especialmente a um caderno de couro, curioso começou a acompanhar os traços finos que o moreno fazia.


– Você é muito bom nisso. – elogiou sem tirar os olhos do desenho que se formava.– Já fez algum curso? 


– Não.– Sasuke disse simplista e o outro levantou as sobrancelhas impressionado, fazer desenhos tão bem trabalhados sem ter feito nenhum curso ou preparo era algo de se surpreender, ou o Uchiha teria um dom ou praticava isso a muito tempo.


– Seus traços são perfeitos...– Naruto murmurou ouvindo um som irônico ecoar da boca do moreno. 


– Isso são só esboços.– diz dando de ombros. 


Para Sasuke seus traços não eram perfeitos, e sim aleatórios e sentimentais assim como seus desenhos não tinham um significado fixo, eram apenas esboços de pessoas, objetos ou lugares aleatórios que vinham em sua mente e ele transmitia aquilo no papel por achar importante. 


– Eu não sei desenhar nem um boneco de palito. – Naruto comentou brincando, Sasuke pode perceber que o loiro era bem humorado, sem ao menos conhecê-lo direito suas personalidades eram bem amostra, com o passar dos anos o Uchiha aprendeu a ler pessoas e suas intenções, então Sasuke sabia que Naruto era alguém puro, sem chegar com falsidades ou mentiras para seu lado. 


Ouviram a porta se abrir e um homem de cabelos brancos arrepiados que utilizava uma máscara entrou na sala. 


– Bom dia alunos, me chamo Hatake Kakashi, serei o professor de vocês.– sua voz era um calmante Natural para quem ouvisse– Espero não me darem muito trabalho....


– A voz dele é muito calma, vai me dar sono – Naruto diz baixo apoiando a cabeça nas mãos. 


Sasuke revirou os olhos e guardou seu caderno. A aula ocorreu normalmente, nada de interessante ou que Sasuke não sabia foi dito ali, o moreno já sabia a matéria, resultado de seus estudos nas férias.


– Ei Sasuke, você vai me mostrar a escola não é? – Naruto disse vendo o moreno guardar suas coisas para ir para o intervalo. 


– Eu não disse isso.– falou seco e o loiro inspirou fundo. 


– Por favor eu não conheço ninguém aqui além de você.– Naruto disse e entrou na frente de Sasuke impedindo sua passagem para fora da sala. 


– Tsc...anda logo – o moreno cedeu e Naruto abriu um sorriso.– Espero que preste atenção não irei mostrar de novo. 


– Pode deixar – Naruto exclamou animado e se pôs a seguir Sasuke pela escola. 


O prédio era enorme, Naruto tentou decorar cada corredor e suas devidas salas seria um pouco difícil guardar tudo de início mais com o tempo ele sabia que iria conseguir. 


– E por fim o campus.– Sasuke disse abrindo uma porta. 


O campus...o loiro ficou fascinado com o cuidado que a escola teve com aquele local, a grama em um verde vivo destacava todo o lugar dando vida, vários bancos devidamente pintados e limpos, árvores com sombras aconchegantes, Naruto pensou seriamente em deixar sua casa de lado e viver ali. 


– Aqui é muito bonito.– falou olhando ao redor. – Podemos vir para cá mais vezes?– questionou se virando para o moreno.


– Você pode sim vir aqui mais vezes, tanto no intervalo como em aulas vagas.– Sasuke disse calmo. 


– Podemos ficar aqui nos intervalos.– o loiro disse sorridente. 


– Eu já fico aqui nos intervalos, é um lugar calmo. – Sasuke diz fechando os olhos.– Acho que sou o único que gosto desse lugar. 


– Era o único que gostava desse lugar, vou passar os intervalos aqui também.– Naruto disse se sentando no gramado perfeitamente cuidado. 


– Parece que minha paz para desenhar se foi hoje.– Sasuke murmurou, Naruto ouviu e soltou uma leve risada. 


– Eu não sou tão chato assim, diria até que sou um filósofo. – falou em um tom brincalhão e Sasuke franziu o cenho. 


– Filósofo?


– Sim, senta aqui e vamos conversar mais sobre isso.– Naruto bateu sua mão de leve na grama apontando para Sasuke sentar ao seu lado.


Sasuke se amaldiçoou internamente por ser tão curioso e se sentou ao lado do loiro. Naruto se deitou e ficou redesenhando as nuvens com seus dedos. 


– Sasuke, você acredita em destino?– o loiro perguntou depois de alguns minutos em silêncio. 


– Sim e o meu já foi traçado da pior maneira.– Sasuke diz brincando com uma pequena folha que havia achado no chão. 


– Eu não, muitos pensam que seus futuros já tem um fim determinado.– falou calmo. 


– E não tem?– Sasuke questionou retórico. 


– Pensei que fosse mais inteligente Sasuke.– o loiro brincou e Sasuke sorriu pequeno. – Se o destino existe por que você tem que fazer escolhas na sua vida?


– Isso não muda o fato de nada.– Sasuke retrucou e Naruto se sentou olhando fixamente o moreno. 


– Claro que muda, você mesmo pode traçar seu futuro. 


– Se eu pudesse mesmo traçar meu futuro teria escolhido muita coisa diferente no passado.– falou suspirando. 


– Você perdeu alguém muito importante não é?– Naruto questionou baixo e Sasuke ficou em silêncio.– Você não tem como escolher as decisões das outras pessoas Sasuke. Talvez esse alguém que você perdeu fez a decisão errada. 


Sasuke não falou nada, se negava a concordar, talvez por que sua mente já estava acostumada em pensar da mesma maneira. 


– Decisões diferentes tem consequências diferentes, até mesmo a morte. – Naruto diz calmo e Sasuke cerrou os punhos. 


– Isso é a maior baboseira– Sasuke retrucou..


– Você não acha isso realmente. – Naruto falou e o moreno mordeu os lábios. 


– E o que faz você pensar isso?– Sasuke questionou tentando manter a calma. 

Naruto ficou em silêncio e um pequeno sorriso brotou em seu rosto. 


– Quando eu tinha doze anos fui diagnosticado com câncer no pulmão...– Sasuke estava surpreso mais sua expressão seria não deixou isso evidente.– Meus pais enlouqueceram, por sorte eu não estava em um estado avançado então comecei um tratamento, por muitas noites tossia e sentia dores, eu só queria que aquilo acabasse...por um momento pensei em largar tudo de uma vez e morrer, mais isso não iria adiantar eu podia mudar tudo se continuasse a me empenhar, então foi isso que eu fiz, depois de alguns anos de tratamento fiquei 100% curado...e mudei meu "destino". 


Sasuke escutava tudo com muita atenção, Naruto tinha um passado nada agradável mais suportou isso e agora tinha um sorriso iluminado em seu rosto. 


– Sua dor pode não ser física como a minha foi, mais mesmo assim te destrói – o loiro continuou. – Não preciso saber o que você passou para tentar te ajudar, vou estar aqui se precisar. 


– Por que...– Sasuke sussurrou.


– Quando eu entrei na sala pude perceber de longe seu vazio. – Naruto explicou e Sasuke piscou os olhos.– Não pense que eu sou um louco – o loiro brincou. 


– Não acho isso – Sasuke concluiu arrancando um sorriso de Naruto. 


– Que bom...– o sinal tocou chamando a atenção de ambos.– Te vejo na sala Sasuke.– Naruto levantou do chão e se afastou aos poucos. 



O moreno ficou ali se questionado de tudo que ouviu a pouco segundos atrás, estava confuso, Naruto conseguiu lhe dar a ideia de uma perspectiva diferente, Realmente se as pessoas que perdeu ao decorrer dos anos tivessem escolhido decisões diferentes talvez não estivessem mortos. 


Quem é você Naruto?



Notas Finais


Primeiro cap tá como: uma delicinha 👌😎


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...