1. Spirit Fanfics >
  2. Minha missão. >
  3. Será amor?

História Minha missão. - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Será amor?


Fanfic / Fanfiction Minha missão. - Capítulo 2 - Será amor?

POV~Eve

Ao deixar aquela caixa idiota se lado fui ao banheiro, tomei um banho quente e sai logo para escolher uma roupa para ir ao cinema mas logo meu telefone tocou ao chegar no meu quarto.

Eve: a-alô?

Jeff: Eve? Bem...basicamente seu irmão não vai voltar cedo hoje, tô indo pra sua casa agora pra ficar de babá.

Sem ao menos deixar eu falar aquele garoto estranho desligou o telefone na minha cara, após alguns minutos ouvi alguém batendo na porta parece que queriam arrombar, corri de toalha apenas para a porta e abri era ele o Jeff, meu vizinho que sempre cuidava de mim quando meu irmão ia atrasar muito no trabalho dele.

Eve: en-entra!

Falei corando minhas bochechas de um jeito que não conseguia me controlar, ao terminar de falar ele entrou e foi direto pro sofá, naquela altura já era quase 16:50 da tarde, neguei rindo sozinha e fechei a porta.

Eve: Jeff tenho um compromisso hoje...se importa se eu ir?

Jeff: depende, quem vai?

Ele perguntou enquanto olhava para a TV e mudava constantemente os canais, até que parou no canal que só passava filmes de terror.

Eve: minha amiga Dandara, seu namoradinho Jack e meu amigo Mick.

Jeff: Mick é aquele que é afim de você desde a 4° série?

Eve: si..sim é por que?

Gaguejei? Por que eu gaguejei porra Eve, respirei fundo naquela hora então vi Jeff se levantar todo raivoso vindo em minha direção, sem ração apenas dei passos para trás até bater na parede ali poucos centímetros atrás de mim.

Jeff: você... não vai!

Eve: aaah..poxa Jeff, mas por que não?

Jeff: hmmm...deixa eu ver...por que eu não quero e pronto!

Ele exclamou gritando comigo e logo selou um beijo rápido aquilo foi demais pra mim, corri para meu quarto com meu corpo que parecia ter um incêndio dentro dele de tão quente e com vergonha eu estava logo que troquei de roupa e coloquei meu pijama liguei para Dandara e esclarece a situação ela compreendeu e acabou me dando boa sorte.

Eve: não sei por que tenho que ficar com esse idiota...bem... vamos ficar com ele então né?

Sorri e voltei para a sala me sentei ao seu lado no sofá ele me puxou para deitar no seu peito, meu coração disparou e minhas bochechas esquentaram a ponto deu colocar minhas mãos sobre elas.

POV~Jeff

Estava em casa, admirando as fotos que havia tirado de Eve, eu era loucamente apaixonado por ela mas tentava ao máximo não demonstrar este sentimento mas cada vez crescia mais e mais eu tenho 17 anos logo farei 18 anos, sou um serial killer psicopata e não me envergonho do meu trabalho se é que podemos chamar essa porra toda de trabalho.

Jeff: merda.....esse corpo tá pesado.

Havia uma corpo morto ali dentro da minha casa, era meu trabalho então constantemente tinha corpos ali mortos quando meu celular toca.

Jeff: que seja uma puta de uma emergência Erick, tô no meio de uma assassinato e preciso enterrar a merda do corpo.

Erick: é bem de seu interesse, preciso que fique com minha irmã até 00:20 mais ou menos, irei chegar tarde... faremos um assalta demorado.

Nessa hora meu coração disparou ficar com ela das 16:30 até às 00:20? Uau isso sim melhorava meu dia, vou fazer de tudo para que hoje eu confessasse meus sentimentos por aquela garota filha da puta que tomou meu coração para si.

Jeff: tá bom...Erick...isso só por que eu gosto da sua irmã.

Erick: eu espero que esse gostar dela seja pra proteger ela...como sabe precisamos dela viva até ela completar 15 anos.

Jeff: sim capitão...agora tchau idiota!

Exclamei rindo enquanto ele desligava o celular me xingando de coisas como filha da puta, idiota, ridículo.

Jeff: antes de ir pra lá preciso colocar esse corpo ao menos no porão.

Arrastei aquela mulher pesada, por que puta que pariu essa mulher estava o que 30kg acima do peso? Mas não importa, pra mim isto era o de menos ao chegar na porta do porão apenas empurrei e escada abaixo.

Jeff: bye, bye...vadia!

Ri sozinho, com a roupa suja de sangue troquei ao tomar um banho rápido, me vesti adequadamente e fui para a casa de Eve, ao chegar lá bati na porta com impaciência e com o coração acelerado, logo Eve abriu a porta de toalha aquilo fez uma excitação subir pelo meu corpo.

Eve: en-entra!

Entrei e me joguei no sofá dela enquanto ela me observava, ela se aproximou de mim.

Eve: Jeff eu tenho um compromisso hoje...se importa se eu ir?

Jeff: depende, quem vai?

Falei concentrado na TV onde mudava os canais sem ao menos dar descanso, até encontrar o canal de filmes de terror deixei ali.

Eve: minha amiga Dandara, seu namoradinho Jack e meu amigo Mick.

Jeff: Mick é aquele que é afim de você desde a 4° série?

Perguntei com me sangue fervendo por dentro, não podia arriscar se quer deixar ela ir e eles se beijarem, ou eu mato esse Mick.

Eve: si...sim é por que??

Ela gaguejou isso foi um motivo para não deixar ir, e se ele fizesse algo que ela não queria, acho que não é a melhor ideia e seu irmão deixou bem claro que era pra ela ficar comigo então definitivamente não.

Jeff: você... não vai!

Eve: aaah...poxa Jeff, mas por que não?

Jeff: hmmm...deixa eu ver...por que eu eu não quero e pronto!

Me levantei e falei gritando com ela e de impulso eu a beijei, ela saiu correndo dali parecia assustada.

Jeff: que bom Jeff...agora a karalha da menina tem medo de ti.

Passou por volta de uns 30 a 40 minutos e ela chegou logo se sentou eu a puxei fazendo cair sobre meu peito e abraçando a mesma.

POV~Eve

Três horas se passou ainda estávamos assistindo filmes de terror, precisava criar coragem e dizer meus sentimentos sobre o Jeff mas algo me impedia de falar isso, então acabei que deixei para lá, logo peguei no sono meio que cochilando sobre o Jeff quando ele me pegou no colo e me levou para meu quarto no colo dele foi quando eu acordei.

Eve: hmmmm...Jeff?

Jeff: sim pequena?

Sorri gentilmente e beijei ele rapidamente com as bochechas quentes.

Eve: quantas horas são?

Jeff: por volta de umas 21:00 por que?

Eve: já vai embora? 

Perguntei quando chegamos em meu quarto e ele me colocava em minha cama cuidadosamente.

Jeff: seu irmão só chegará por volta de umas 00:30 preciso ficar até 00:20.

Eve: então deita aqui comigo?

Ele coçou a nuca de um jeito desajeitado, peguei em sua mão e o puxei fiz ele cair do meu lado, então acabei por esconder meu rosto em meu peito logo pegando no sono.

Jeff: estou aqui pequena.

Escutei ele sussurrar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...