1. Spirit Fanfics >
  2. Minha namorada de mentirinha - Park JiMin >
  3. Capítulo 09

História Minha namorada de mentirinha - Park JiMin - Capítulo 9


Escrita por: e DayBarbosa


Notas do Autor


Espero que gostem 💕
Perdão se houver erros ortográficos 💕

Capítulo 9 - Capítulo 09


Fanfic / Fanfiction Minha namorada de mentirinha - Park JiMin - Capítulo 9 - Capítulo 09

. . .

-: Terminar com o que JiMin?

JM- Esse namoro.

-: Oi?

JM- Não quero mais.

— Eu estava sem reação.

-: Você começou isso, agora termine.

— Ele riu.

-: Nao vejo nenhuma graça.

JM- Você não entendeu. Eu quero terminar o namoro de mentira.

-: Hã?

JM- Quero namora você de verdade.

-: J-JiMin. . .

JM- Você não quer?

-: Quero, eu quero!

— Me joguei encima dele caindo pro lado. Enchi ele de beijos. Eu poderia estar me precipitando em aceitar seu pedido, não vou negar que ao vê-lo na biblioteca sentir uma paixão por ele.

JM- Então, namorados oficialmente.

-: Namorados. - Lhes dei um selinho.

JK- JiMin-Ssi. - Grita.

JM- O que?

JK- JiMin-Ssi.

JM- Eles já estão indo.

— Saí de cima dele e nos levantamos, coloquei minha saída de banho e ele colocou sua camisa. Saímos da praia voltando pro hotel.

. . .

[No hotel]

— Mesmo passando pouco tempo no Sol e eu estava queimandinha. JiMin estava no banheiro enquanto eu estava tentando tirar o biquíne.

-: Aí. . .

— Vejo ele sair do banheiro.

JM- Você está marcada. - Toca em meu ombro.

-: Está ardendo.

JM- Tome um banho frio.

-: Huh.

— Sai do quarto entrando no banheiro. [...]

Eu estava me sentindo melhor, estava mais frio. Saí do banheiro enrolada na toalha, JiMin estava na cama com o notebook em mãos me joguei ao seu lado.

JM- Não vai se vestir? - Fala olhando pro notebook.

-: Não. O que está fazendo?

JM- Huh, revendo umas coisas pra hoje.

-: Ah sim! Tem a ver com o evento?

JM- Sim, eu já estou terminando. - Passa a mão no pescoço.

-: Está com dores? - Fala sentando na cama.

JM- Huh. Não muito.

-: Se vira pra mim. - Tirei o notebook de sua mão.

— Ele se virou pra mim, puxei sua camisa.

Ele ficou em meio as minhas pernas, massageei suas costas subindo pro pescoço. JiMin soltou um gemido rouco.

-: Está bom? - Senti seu corpo se arrepiar.

JM- Huh. - Geme. - Você está no meu ponto ‘G’.

-: Ponto ‘G’? - Inocente.

JM- Huh. Não se faça de boba, desentendida!

— Acabei rindo e ele se virou pra mim.

-: O que está olhando? - Ar de riso.

JM- O quão você é perfeita.

-: Para JiMin.

JM- Estou falando sério.

-: E eu também, para.

JM- Está vermelha por isso?

-: Sim, eu estou!

JM- Você é muito fofa. - Morde minha bochecha.

-: Ya. . . Não faz isso.

JM- Você faz isso comigo.

-: Eu sou eu, você é você. E eu não sou fofa. - Põe a mão na bochecha.

JM- Que dizer que você pode e eu não?

-: Isso.

JM- Sapeca. - Me rouba um selinho. - Descanse um pouco, a noite você não vai parar.

-: Como?

JM- Eu falei no bom sentido. - Riu.

-: Aham. Okay!

JM- Você tem uma mente muito malicosa.

-: Os romances tem culpa.

. . .

Eu estava no banheiro quando o JiMin entra.

JM- Você vai acabar a água do planeta inteiro S/n.

-: Eu já terminei. - Fala desligando o chuveiro.

JM- Depois de quiser meia hora aí dentro.

-: Não exagera Park JiMin. - Enrola a toalha no corpo.

— JiMin olhava seu reflexo no espelho.

-: O que foi? - O abracei por trás.

JM- Eu estou nervoso.

-: Por que?

JM- Porquê é a primeira vez que cubro um evento sem o meu pai.

-: Oh meu amor. . . - O virei. - Não fica assim, vai dá certo. Eu tenho certeza, que você é um ótimo negociador e que vai conseguir seja lá o que você for fazer!

JM- Eu tenho sorte de ter você aqui.

-: Eu estou com você!

JM- Não me abandone, não me deixe sozinho, fica comigo por favor. Mesmo nós nos conhecendo a tão pouco tempo eu não quero ficar sem você. Eu não tenho segurança, mas você, você me passa isso. - Segura minhas mãos.

-: Enquanto der e você quiser eu estarei com você, não importa onde!

JM- Sou apaixonado por você!

-: Eu também sou apaixonada por você!

. . .

— Eu estava colocando o vestido, JiMin me olhava, ele já estava pronto.

-: Por favor. . .

— Ele se aproximou de mim e subiu o zíper do vestido.

JM- Você está linda.

-: Obrigada pelo elogio senhor Park.

JM- Com certeza será a mais bonita dessa festa. - Me dá um selinho.

-: Então, vamos?

JM- Vamos.

— JiMin pegou o seu celular e colocou no bolso de dentro do terno. Saímos do quarto, ao sair vejo a Dalia sair do quarto do YoonGi.

Achei estranho e fui vê, ao entrar no quarto vejo as malas reviradas.

-: O que houve aqui?

YG- Um show da Dalia.

JM- O que ela fez?

YG- Acusou a Hele de ter pego uma pulseira dela.

-: A Hele prefere bater nela ao invés de pegar alguma coisa.

Hele- A maldita pulseira foi achada dentro da minha mala.

-: Como?

JM- Espera, foi achada na sua mala? - Ela assente. - Como isso é possível?

YG- A Dalia faz qualquer coisa.

— Dalia entrou no quarto com uma camareira, era a mesma que serviu o quarto onde eu e o JiMin estamos.

YG- O que significa isso, Dalia?

Dalia- Ela é a camareira, ela disse que quando estava limpando o quarto do JiMin viu uma moça entrando no quarto do Jin e ela apontou características que provam que foi a Hele.

JM- Você está maluca?

Dalia- Eu sempre soube que nenhuma Choi prestava, começando pela mãe.

Hele- Não fala da minha mãe.

Dalia- Sua mãe não passa de uma empregadinha biscate.

-: Dalia, messa suas palavras, você não tem o direto de falar da minha mãe e nem ninguém tem.

YG- Dalia, por favor saía desse quarto.

Dalia- Não saio daqui até a Hillary confimar que foi ela. - Cruza os braços. - Agora diga Hillary, você viu ela entrando no meu quarto?

Hillary- Sim!

— Hele deu uma volta olhando pro teto acertou um soco na cara da Dalia.

Hele- EU NÃO PEGUEI PORRA NENHUMA GAROTA. - YoonGi a segura.

Dalia- Eu vou. . .te processar por agressão. - Limpa a boca.

Hele- Processa, pode processar, que estou me fudendo pra isso.

-: Hele calma.

Hillary- Com licença, Preciso voltar aos meus afazeres. - Falou e saiu do quarto.

Dalia- Selvagem.

Hele- Eu te mato garota.

— Elas trocaram um olhar de ódio, Dalia saiu do quarto.

JM- Acho que ela não vai cobrir o evento.

-: Você borrou o rímel.

— Jin entrou no quarto.

SJ- O que a Dalia fez?

JM- Mentira.

SJ- Essa garota está um caso sério.

YG- Peça ao pai dela que a cuide, ela estava arrumando problemas com a Hele sem motivos.

SJ- Essas brigas não é de hoje Yoonie, é de anos.

Hele- Eu deveria ter jogado ela da ponte na primeira vez.

SJ- Isso não iria adiantar de nada Hele.

Hele- Eu não quero falar sobre isso. Eu não quero vê a cara dela.

SJ- Ela não vai ao evento hoje. Você cortou a boca dela.

Hele- Era pra ter arrebentado mais.

YG- Chega de Dalia, de brigas. . .

SJ- Estão todos nos esperando lá embaixo.

— Saímos do quarto, emtramos no elevador indo pro saguão do prédio.

O elevador abriu e saímos, os meninos estavam lá, havia dois carros esperando entramos e seguimos.

. . .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...