História Minha pequena fada - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Diane, Dreyfus, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gilthunder, Gowther, Griamor, Guila, Hauser, Hawk, Helbram, Hendriksen, Jericho, King, Liz, Meliodas, Merlin, Oslo, Personagens Originais, Veronica, Vivian, Zaratras
Tags Baine, Kiane, Melizabeth, Nanatsu No Taizai
Visualizações 199
Palavras 1.102
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Luta, Policial, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Deixei o capítulo maior para compensar a demora

Capítulo 16 - Me conta ( P.1)


Fanfic / Fanfiction Minha pequena fada - Capítulo 16 - Me conta ( P.1)

( AUTORA )

Elaine tava deitada no sofá ,avia acabado de acorda ,os seus olhos estavam um pouco avermelhados pelo choro excessivo

- pega - colocou uma caneca de chocolate quente na mesa de vidro

- obrigada - se sentou e tomou a metade do chocolate 

- desculpa ...Por ontem não sei o que me deu - Ban falou sentando no sofá

Um silêncio vez com que o ar ficasse pesado

- ainda espera que eu conte o que aconteceu? - Elaine adivinhou 

- sim ,não vai contar? - Ban era muito insistente ele não parava até conseguir o que queria

- porque quer tanto que eu conte os meus problemas? - Ban passou a mão na cabeça

- sou responsável por você , quero sua confiança - palavras sinceras

- já confiei em muitas pessoas ,mais só me ferro - Ban pensou

- tipo quem? - Ban perguntou

- .......Helbram.....- Elaine falou baixo mais Ban escutou

- o que ele te fez? - ban queria saber

- apenas traiu minha confiança - Elaine pegou a caneca de chocolate e deu três goles

- eu acho que tem mais motivos , estou certo?  - Ban faria de tudo para obter respostas

- talvez , talvez eu te conte ou talvez você não deva se meter nos meus problemas pessoais - Elaine tentou não parecer rude

- você é difícil ,porém não vou forçar a nada até porque você vai me contar de qualquer jeito - ban não ligou muito para o jeito da Elaine

- como tem tanta certeza? - elaine arqueou a sobrancelha

- só tenho - Ban deu os ombros - Aliás vamos hoje para o bar do meliodas....

- não quero.....

Elaine foi interrompida

- não foi uma pergunta - Ban saiu da sala

*droga* - elaine pensou

♤♤♤♤♤♤♤♤♤♤♤♤♤♤

- vamos - Ban batia na porta

Elaine abriu a porta 

- não precisava ficar batendo - Elaine estava com uma calça preta tênis branco um suéter creme e por cima uma casaco preto ,o dia estava bem frio

- você tava demorando - Ban tava com uma camisa preta ,calça preta e tênis preto com uma jaqueta vermelha de couro 

Saíram andando em direção a porta

- eu ainda não quero ir - Elaine se encostou na parede

- você é muito anti-social - Ban abriu a porta e saíram da casa 

O vento gelado bateu no rosto da loira effez com que ela fechasse o casaco preto ,Elaine olhou para o platinado ele apenas estava com uma jaqueta 

- você não tá com frio? - Ban entrou no carro e a loira entrou junto

- não sinto muito frio - Ban deu partida no carro e foram para o Bar

(BAN )

Fiz uma lista na minha cabeça dos motivos da Elaine chorar daquele jeito

1- Helbram fez alguma merda e causou "problemas"

2 - ela sofreu um trauma 

3 - Hendrikson está envolvido nós "problemas"

4 - todos os 3 acima

Eu vou descobrir o motivo , a se vou

 fui tirado dos meus pensamentos por um toque de celular ,olhei para o lado e a Elaine estava com o celular na mão ainda tocando

- quem é? - ela desligou o celular

- ninguém importante - isso ficou na minha cabeça , quem será? 

(ELAINE )

Como o Ban e irritante

Chegamos no tal Bar e estou surpresa em como aquilo ainda esta de pé, o Bar só falta pedir pra ser demolido ,fomos recebidos pelo meliodas ele se vestiu como um garçom ,blusa branca social com um colete preto e uma gravata vermelha, e por incrível que pareça ele estava usando uma bermuda preta no FRIO!!! ,esse povo não sente frio? 

- Elaine!!! - um ser pulou em mim

Espera!!! eu conheço esse cabelo

- Elizabeth? - e mesmo ela!!!

- ainda bem que você tá viva!!! - sei que ela não falou por mau ......mas - achei que nunca mais ia te ver ,depois de ouvir os seus gritos......

- Elizabeth precisamos limpar o Bar antes que o pessoal chegue - meliodas puxou a Elizabeth ,concerteza foi para mudar o rumo da conversa

E mais uma vez me lembrei do buraco onde eu fiquei por 4 fodidos dias ,me sinto uma idiota por ainda pensar naquilo eu já devia ter superado 

Senti as mãos do Ban em meu ombro 

- você tá bem? - sei que não estou nada bem ,mas é sempre melhor mentir

- estou.....

Ninguém precisa saber o que eu realmente estou sentindo

Me sentei na mesa coloquei os meus braços sobre a mesma ,mais rápidamente tirei os braços a mesa estava empoeirada e tinha ficado as marcas dos meus braços na poeira 

- faz bastante tempo que meliodas não abria o Bar - nem olhei na cara dele , tava ocupada tirando o pó dos meus braços

- quanto tempo , quando? - na verdade nem estou interessada

- 5 anos - definitivamente não estou interessada - ele fechou o Bar quando o amor da vida dele morreu

Ok. Agora estou interessada

- o amor da vida dele? - e engraçado ver o Ban falando de amor

- pois é ,ele ficou depressivo , ela era tudo pra ele - perder alguém que ama ,nunca perdi ninguém que amasse

Olhei para o lado e vi uma cena que certamente acabou com o meu dia

- s-senhor m-meliodassss  - o anão tarado apalpava os peitos da Elizabeth

- ele parece bem - comentei ,e desviei meu olhar para o meu celular que vibrava pois queria evitar ligações ou mensagens de uma pessoa que não quero ver nem pintado

- MELIODAS!!! - só vi um vulto derrubar o meliodas e então percebi que foi a Diane que brotou do inferno e salvou a Elizabeth de um possível estrupo

O celular continuava tocando.

Desliguei.

- vai me falar quem é? - o intrometido do Ban

- não se intromete - Fui rude ,não aguento mais ele me enchendo o saco

- me acompanhe - como se eu fosse

- não foi um convite , foi uma ordem - maldito ,eu querendo ou não teria que obedece-lo pois era ele que irá me proteger caso alguma merda acontecesse

- idiota - sussurrei baixinho - antes de subir os degraus da escada só vi uma Elizabeth vermelha ,uma Diane furiosa e um Meliodas com um galo que tinha um galo

Acompanhei ele até uma porta ,ele mesmo a abriu 

O quarto tinha uma varanda que dava para ver a rua e um vento frio passou , ouvi o barulho da porta olhei para trás e o Ban tava trancando ela com a chave

- o que você tá fazendo?  - ele tinha um sorriso debochado

- me conta - ele girou a chave no dedo

- abre a porta!!! - ele riu e jogou a maldita chave pela varanda nem deu para ouvir ela batendo contra o asfalto - IDIOTA

- vamos ficar aqui até você me contar - idiota ,idiota ,idiota

Continua.......



Notas Finais


Amo vocês

"Me aguardem vou fazer vocês chorarem muito"😎😎😈😈

Roupa da Elaine - https://pinterest.com/pin/656118239436746470/?source_app=android

Roupa do Ban - http://pinterest.com/pin/487514728400104458/?source_app=android


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...